História Eu Não Conheço O Amor - MiTw - Capítulo 26


Escrita por:

Visualizações 241
Palavras 1.202
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooi meus amores, tenham uma boa leitura! ♥

Capítulo 26 - Visita Indesejável


Pov Mike 


Eu cansei de guardar isso pra mim.. 

Pac- Deixa eu explicar. -Diz cabisbaixo.

Me aproximo lentamente de Pac e o prenso na parede, chego bem perto de seu ouvido. 

Eu- I'm not a piece of cake

For you to just discard

While you walk away

With the frosting of my heart

So I'm taking back

What's mine, you'll miss

The slice of heaven that I gave to you last night

(Eu não sou um pedaço de bolo

Para você simplesmente descartar

Enquanto você vai embora

Com a cobertura do meu coração

Então eu pego de volta

O que é meu, você vai perder

O pedaço do céu que eu te dei noite passada)

Canto em seu ouvido, logo coloco minhas duas mãos na parede para que sua cabeça ficasse no meio delas, em seguida o encaro.

Pac- Me perdoa... 

Eu- Você não tem noção de como é ruim ter sua cabeça tão bagunçada, o que eu te disse sobre meus sentimentos é verdade, mas você não deu valor pra isso. Não é a primeira vez que você me usa assim Tarik, você sabe muito bem o que vai acontecer, agora que você já esqueceu as coisas ruins que aconteceram no seu namoro antigo você vai começar outro, e eu serei obrigado a tentar te esquecer...

Pac- Eu estava bêbado Mike, por favor tenta me entender, eu não estava controlando meus atos. Eu juro que eu nunca tive a intenção de te usar, eu não sei o que aconteceu, fiquei bêbado em um nível que eu nunca tinha ficado, eu não tive a intenção de te machucar assim... 

Eu- Mas infelizmente machucou e eu não sei quando conseguirei esquecer isso. -Dou um soco na parede do lado sa sua cabeça. -Mas não tenho ódio de você, tenho ódio de mim por ser tão trouxa e acreditar na mesma mentira duas vezes!

Pac- .... -Abaixa a cabeça. 

Me afasto dele e suspiro pesado, logo pego minha toalha e vou em direção ao banheiro, entro e tranco a porta. Tiro minhas roupas e ligo na água gelada, deixo ela escorrer pelo corpo e levar todo o estresse, cada gota que encostava em minha pele me causava um flashback de tudo o que já passei com Pac e logo levava embora. É nítida a verdade, eu amo o Pac mas não quero sofrer mais, é sempre a mesma história! 


Pov Cellbit 


Eu- Ok, vamos conversar então! -Me sento na cama perto de Sasa.

Sasa- Nosso relacionamento não anda bem faz um tempo, e você sabe disso.. -Diz me encarando.

Eu- Sim, eu senti isso também... Então, quero te contar a verdade... 

Sasa- Sabe que pode contar tudo pra mim.

Cellbit- Acho que me apaixonei por outra pessoa...


Pov MoonKase 


Jv- Olha, eu quero que você se sente e escute bem o que eu tenho a dizer, não quero você brava e nem exaltada, por favor... -Me sento na cama. 

Eu- Você já está me deixando nervosa só fazendo esse suspense! -Minha voz sai trêmula.

Jv coloca as mãos na cintura, encara o chão e solta um suspiro longo e pesado, logo passa as mãos no cabelo e se senta ao meu lado. Sinto uma tensão saindo dele e vindo direto pra mim, estou quase tremendo.

Jv- Tenho coisas sérias pra te contar, eu tinha medo da sua reação mas não posso guardar isso pra mim... -Ele pega minha mão e me encara nos olhos.

Eu- Diz logo Jv! -Me exalto um pouco.

Jv- Calma.. Primeiramente.. -Suspira e da uma tossida falsa. -Eu sou gay. 

Solto sua mão e esfrego os olhos, logo volto a encara-lo. 

Eu- Gay? Você namora comigo, como pode ser gay? -Pergunto incrédula.

Jv- Eu também nunca me imaginava gay, mas comprovei depois que te trai com um homem... -Ele abaixa a cabeça.

Meu mundo caiu, meu coração ficou em mil pedaços. Meus olhos se marejaram, desejei estar morta e não escutar uma coisa dessas. Me levantei, andei pra lá e pra cá no quarto, lágrimas começaram a rolar e meu sangue ferveu.

Eu- J-João... Eu não me importava com o fato de você ser gay e estar gostando de outra pessoa, a gente podia conversar e terminar numa boa... M-mas você m-me traiu, t-traiu a minha confiança, a m-mesma que eu depositei c-completamente em você... E-eu te amava, queria m-montar uma família c-com você, e v-você me ilude assim? -As lágrimas rolam, não consigo controlar.

Jv se levanta e agarra meus braços.

Jv- Moon, o tempo que nosso relacionamento durou, todas as vezes que eu disse que te amava, era verdade... Eu nunca menti sobre os meus sentimentos, então não é agora que eu deveria mentir, não queria em nenhum momento te machucar, mas infelizmente aconteceu e eu não consegui evitar! -Diz tentando me acalmar.

Parei e o encarei, as lágrimas caiam em abundância, eu o amo tanto mas a cada momento que penso nele me traindo me sobe um ódio.

Eu- ME LARGA! -Faço um movimento violento para que ele solte meu braço.

Jv- CALMA MOONKASE! -Ele me abraça tentando me controlar.

Sai de seus braços em um movimento brusco, logo sai de seu quarto e fui em direção ao meu, entrei e tranquei a porta. Me joguei na cama, eu só queria chorar e chorar mais, minha vida era perfeita e um único homem conseguiu destruí-la. Me sinto tão machucada, tão sensível, agora não sei o que fazer da minha vida. 


Pov Teddy


Eu- Me diga Luba... -Pego sua mão. -O que te deixa triste assim?

Luba- Eu e Well terminamos. -Diz apertando minha mão.

Eu- Oh, Luba... Eu sinto muito mesmo, eu odeio te ver assim mas nem sei o que dizer... 

Luba- Eu tô arrasado. -Ele abaixa a cabeça e suspira pesado.

Eu- Ei... -Seguro seu queixo com delicadeza e viro para mim. -Não fica assim, por favor...

Nossos olhares se encontram e ficam vidrados um no outro, logo nos aproximamos lentamente, vejo seu olhar se desviando para minha boca...


Pov Febatista


Entro no quadro depois de ver mais ou menos o que aconteceu, provavelmente o Jotinha contou pra Moon. Encontro ele sentado na cama encarando o nada, parece preocupado.

Eu- Jv? -Me aproximo e agacho na frenre dele.

Jv- Você viu o jeito que ela saiu? 

Eu- Sim... Você contou pra ela?

Jv- Contei, só não disse que foi com você. 

Eu- Olha, melhor manter isso em segredo por enquanto, quando a poeira abaixar a gente resolve isso... 

Jv- Tem razão, você consegue controlar tão bem a situação. -Ele me olha e sorri de canto.

Eu- .... -Sorrio e dou um selinho nele. -Relaxa, vai ficar tudo bem!


Pov Pac 


E agora? O que eu posso fazer pro Mike me perdoar? Eu fui um babaca, ele tem todo o direito de estar assim, devo ter o magoado muito. Eu deixei o medo tomar conta de mim, corro um perigo muito grande de perder o amor da minha vida por idiotice minha. Por que eu sou assim meu Deus? Na verdade, eu sei que eu não fiz porque quis, e sim porque estava bêbado, mas de uma certa forma eu tive culpa.

Abro a janela e observo um pouco a paisagem, preciso pensar em algo para fazer pro Mike, deve haver alguma coisa. Eu conheço o Mike muito bem, sei dos seus gostos e tudo mais, acho que consigo pensar em algo pra me redimir... JÁ SEI! Alguém bate na porta, fecho a janela e vou em passos lentos para atender, quando abro...

Eu- FERNANDA?


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...