1. Spirit Fanfics >
  2. Eu Não Gosto! >
  3. Manga;

História Eu Não Gosto! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Finalmente depois de tanto tempo eu lhes venho com esse "imagine" do Jungkook, eu tava lá de boa na minha capa e do nada me veio essa idéia. Então eu pensei: "óbvio que eu vou por em prática né oras" e aqui estou.

Boa leitura!

Capítulo 1 - Manga;


Fanfic / Fanfiction Eu Não Gosto! - Capítulo 1 - Manga;

Capítulo Único;


Jeon Jungkook é um estudante da famosa faculdade BigHit College, desde de que entrou na faculdade ele se apaixonou por Hwang [Nome] uma garota que mal sabe que ele existe. Embora aconselhado diariamente pelos seus seis amigos a parar de amar ela, do que adianta se ele não consegue?


E lá se encontrava os sete amigos reunidos no refeitório da faculdade, o assunto sendo Hwang [Nome].


— Jungkook, meu anjo.. por que você ainda insiste nisso? — Questionou Jin olhando o mesmo.


— Não sei, talvez a personalidade diferente me chame a atenção. — Respondeu Jungkook, tocando os lábiose olhando pra cima.


— Já que ela é durona, talvez eu possa dá em cima dela. Será que ela vai corresponder? — Se auto-questionou Hoseok, de olhos fechados.


— Hyung, não faz isso! — Jungkook disse dando soquinhos no ombro do mais velho.


— É brincadeira! Hahaha, você caiu direitinho maknae. — Hoseok disse enquanto dava algumas risadas junto dos meninos. — Eu jamais daria em cima da [Nome], ela é durona demais pra mim.


— É bom mesmo! — Jungkook respondeu cruzando seus braços e fazendo bico.


— Ah! Que bebezinho mais lindo, hyungs! — Taehyung provocou o jovem.


— Parem de me encher o saco! — Jungkook berrou aos quatro ventos vendo seus hyungs rindo.


— Hey Jeon.. faça silêncio, não está em casa. — [Nome] disse secamente.


— S-sim N-noona! — Jungkook respondeu enquanto via a mesma se distanciar. — Até amanhã!


— Ignorando com sucesso né, Jungkook? — Perguntou Namjoon de forma brincalhona.


— É assim mesmo. Um dia ela ainda vai me notar, tenho certeza. — Jungkook disse meio triste.


— Jungkook me faz um favor, preste atenção na frase. Parede amarela. — Jimin se pronunciou pela primeira vez na conversa, fazendo assim o maknae fazer uma cara confusa. — Vamos lá, até um burro consegue fazer isso Kookie.


— Acho que entendi… — Jungkook respondeu depois de um tempo. — Pare de amar ela.


— Exatamente Jeon Jungkook. — Todos responderam em uníssono.


— Vocês são chatos demais! Vão a merda! — O maknae respondeu raivosamente e saiu da mesa.


— Ah não se preocupa Jimin Hyung, o maknae ainda vai olhar pra você do mesmo jeito que você olha pra ele. — Hoseok pronunciou ao ver seu amigo chateado.


— Aquela vaca da [Nome] me dá raiva. — Jimin disse secamente. — Ela não liga pros sentimentos de ninguém, ela vive destruindo os sentimentos do Jungkook.. QUAL O PROBLEMA DELA?! — Jimin berrou batendo as mãos na mesa, ocasionando em todos os outros alunos olharem curiosos. — Hehe, foi mal.


— Pelo o que eu soube houve alguma coisa com a família da [Nome] no passado que fez ela ficar assim. — Taehyung disse enquanto bebia seu suco. 


— Talvez ela tenha perdido seus pais ou algum outro trauma. — Respondeu Yoongi de cabeça baixa. — Pouco me importa o que aconteceu, eu só quero dormir, então falem mais baixo.


— O Yoongi está certo, não devemos no intrometer no passado da [Nome]. Ela que quer carregar esse fardo sozinha, então deixem ela. — Jin disse enquanto comia seu sanduíche.


— Okay, vamos parar de falar nela. Isso já está ficando muito repetitivo. — Namjoon falou enquanto balançava as mãos para cima e para baixo.


Após isso, todos foram para suas salas. As aulas passaram rápido, apenas para Jungkook claro, afinal o mesmo estava na mesma aula de química que sua crush, então o mesmo não estava prestando atenção na aula.


— Ei Jeon.. — [Nome] o chamou baixinho, fazendo o mesmo se inclinar mais para a frente para ouvir. — Você pode me emprestar uma caneta?


— Ah ah, c-claro Noona. — Jungkook respondeu e pegou uma caneta em seu estojo. — Aqui, pode usar.


— Obrigada. — [Nome] pegou a caneta e se virou para a frente novamente.


"Ela falou comigo! MEU DEUS ELA FALOU COMIGO, SERÁ QUE ELA ME AMA?!" — Jungkook se questionou mentalmente. — "Okay calma.. ela só pediu uma caneta, nada demais. Eu tô xonado demais nessa garota, céus.."


Passaram alguns minutos até o sinal tocar e [Nome] devolver a caneta ao seu dono, deixando o mesmo todo bobo. Jungkook terminou de guardar suas coisas e foi para a entrada da faculdade até que ver seus amigos e se juntar a eles.


— Hoje na aula de química a [Nome] pediu uma caneta emprestada para mim. — Jungkook disse alegremente ao se juntar aos seus companheiros.


— Se toda vez que você chegar perto da gente só pra falar da [Nome] você nunca mais vai andar com a gente. — Alertou Jimin irritado.


— Ah tá bom Hyung. — Respondeu Jungkook enquanto revirava os olhos e assim ele viu [Nome] com suas amigas. — Eu já volto Hyungs. — O mesmo foi até a garota e a cutucou. — O-oi Noona.


— O que você quer Jeon? — [Nome] perguntou enquanto olhava nos olhos do mais novo.


— V-você quer sair comigo hoje de noite? — Jungkook perguntou envergonhado.


— Qual o seu problema garoto? — [Nome] questionou o mesmo furiosamente.


— Ahn? Do que você está falando Noona? — Jungkook perguntou meio confuso.


— Até quando você vai me atormentar desse jeito, hein? Dá para parar por favor? Isso é horrível. — [Nome] respondeu com o cenho franzido e saiu dali.


— Tá vendo, ela te odeia maknae, faz o que ela tá dizendo e para com isso. — Yoongi sugeriu chegando perto do amigo.


— Por que? Por que que vocês fazem isso? — Jungkook questionou num tom choroso enquanto algumas lágrimas caiam. — EU GOSTO DELA! EU NÃO ME IMPORTO DELA ME DESPREZAR, EU APENAS QUERO FICAR COM ELA! PAREM DE ME ATRAPALHAR! — Jungkook berrou para seus amigos fazendo alguns alunos pararem com a afirmação. Mesmo seus amigos, após escutarem, pararam e ficaram boquiabertos.


— Você está certo garoto, não desista de seu amor. Diga pra ela que ama ela! — Um garoto encorajou o mesmo e logo em seguida mais alguns também encorajaram o mesmo.


— Jungkook, eu não acredito que estou dizendo isso mas.. amanhã se declare pra ela e se ela não aceitar, faça oque achar melhor. — Jimin disse derrotado.


— Era só isso que eu queria ouvir Hyung. — Jungkook respondeu enxugando as lágrimas e indo abraçar Jimin, que retribuiu e assim os dois receberam algumas palmas. — Obrigado Jimin-ssi.


— De nada, agora me solta estou ficando sem ar. — Jimin disse brincando. — Okay, agora pra casa se preparar para amanhã, vai vai Jungkook dá o pé. — Jimin começou a empurrar Jungkook que logo foi embora.


— Está doendo né? — Jin perguntou enquanto viu Jimin desfazer aquela expressão feliz.


— Dói demais amar o Jungkook, aish. — Jimin disse enquanto se espreguiçava.


— Sorte que eu não sinto essa dor, já tenho duas ótimas pessoas para mim. — Taehyung disse se gabando de namorar Hoseok e Yoongi.


— Sorte minha que eu tenho alguém pra cuidar de mim. — Namjoon disse enquanto mandava um beijo para Jin.


— Mas do que adianta se ele sempre vai te bater se você quebrar as coisas dele? — Hoseok perguntou, fazendo todos rirem.


— Affs só pra estragar o clima Hoseok. — Namjoon esbravejou chateado. — Bom.. vamos Jin?


— Vamos. Tchau pestes, cuidado na volta. — Jin se despediu e segurou a mão de seu namorado, indo embora.


— Tchau! — Os restantes responderam em uníssono.


— Jimin quer que a gente te deixe em casa? — Perguntou Yoongi girando a chave de seu Audi TT.


— Pode ser, obrigado. — Jimin respondeu, dando um joinha. 


Já longe disso, Jungkook havia chegado na sua casa e estava tomando seu banho para comer.


"Ah amanhã vai ser um dia super legal, achei estranho o Jimin-ssi me encorajar para me declarar. Quer saber? Tanto faz! Sei que ele fez isso com boas intenções." — Jungkook pensou enquanto se enxugava.


— JUNGKOOK MEU FILHO SAI LOGO DESSE BANHEIRO, O JANTAR ESTÁ PRONTO! — A mãe de Jungkook gritou da sala.


— SÓ VOU ME VESTIR OMMA! — O mesmo respondeu enquanto rapidamente vestiu uma calça.


No dia seguinte


Jungkook e seus amigos estavam no pátio, conversando sobre coisas aleatórias.


— Então maknae, falou com ela? — Taehyung perguntou se referindo a [Nome].


— Ahn? Sim sim, falei. Daqui a pouco ela vai estar aqui. — Jungkook respondeu enquanto se lembrava do momento em que ele chamou ela.


{Flashback}


— N-noona posso falar com você? — Jungkook perguntou à garota na sua frente.


— Se for para me convidar para sair de novo, pode dar meia volta e ir embora. Já estou de saco cheio. — Alertou a jovem de braços cruzados.


— Não, não é sobre isso! — Jungkook explicou enquanto negava com as mãos.


— Então o que é, Jeon?


— No intervalo você pode ir no pátio? Quero falar com você a sós lá. — O mesmo disse esperando receber um "não".


— Okay, estarei lá. Espero que você não vá furar comigo, se fizer isso eu vou te lascar na porrada. — Alertou [Nome] séria.


— Sério? — Perguntou Jungkook sorridente.


— Sim. — [Nome] respondeu.


— Sério mesmo? — Perguntou o mesmo mais uma vez não acreditando no que ouvia.


— SIM É SÉRIO DIACHO! SE VOCÊ PERGUNTAR MAIS UMA VEZ SE É SÉRIO EU TE PARTO AO MEIO! — Esbravejou [Nome] irritada.


— C-certo estarei te esperando lá. — Gaguejou Jungkook com medo e saiu correndo.


{Fim}


— Foi assim que eu convidei ela. — Confessou Jungkook.


— A gente não precisava ouvir isso. — Concluiu Yoongi de cabeça baixa.


— Isso daria uma ótima matéria de Jornal, "Jeon Jungkook chama Hwang [Nome] para se confessar". — Brincou Taehyung imaginando como seria a matéria.


— Nem ouse fazer isso Taehyung Hyung! — Disse Jungkook desesperado.


— Jungkook, o Taehyung é o editor-chefe do jornal da faculdade. Se ele quiser ele pode mandar os ajudantes dele fazer essa matéria agora mesmo. — Hoseok explicou apontando para Taehyung.


— Orgulho do meu trabalho. — Taehyung disse se gabando todo orgulhoso.


— Vá se ferrar. — Jimin e Jungkook responderam em uníssono.


— Vamos sair logo daqui, ela está chegando. — Namjoon disse apontando para [Nome] que estava se aproximando. 


— Boa sorte maknae. — Os seis desejaram ao mais novo e saíram dali.


— Queria falar comigo Jeon? — Perguntou [Nome] vendo o mesmo se levantar do chão.


— Uhum uhum. — Jungkook respondeu com um pouco de medo.


— Diz logo então.


— Sei que isso… o meu amor por você pode ser um pouco repugnante e irritante, mas eu realmente não consigo parar de pensar em você. De cada dez palavras que eu falo, todas as dez são sobre você [Nome]. Eu realmente te amo. — Afirmou Jungkook gentilmente, o que causou uma cara raivosa em [Nome].


— Jeon eu vou tentar ser o mais direta o possível… Já que você me conhece deve saber que eu odeio manga, pra mim você é igual uma manga. — [Nome] explicou com a voz numa mistura de tristeza e raiva.


— Eu sei Noona, mas mesmo assim eu te amo com todas as minhas forças. — Jungkook respondeu ainda mais sorridente, fazendo a garota na sua frente desabar em lágrimas. — N-noona, o que foi? E-eu disse algo de errado? — Jungkook perguntou abraçando a mesma.


— Eu tô bem Jungkook-ah.. agora me solta. — [Nome] pediu enquanto enxugava as lágrimas.


— O-okay. — Jungkook atendeu o pedido e soltou a mesma.


— Jungkook-ah posso dizer uma coisa? — [Nome] perguntou sorridente.


— Claro Noona. — Jungkook respondeu confuso.


— Eu não gosto de você. — A garota falou com um sorriso no rosto. — Mas não se preocupe, tem mais coisa ainda.


— Não precisa dizer que não gosta de mim, eu já sei isso. — Jungkook respondeu em certo tom de tristeza.


— Eu sei. — [Nome] fez uma pausa antes de continuar. — Desde da primeira vez em que você me disse que gostava de mim eu achei fofo, mas desde do ano passado eu venho enfrentado alguns problemas familiares. Meu pai morreu num acidente de carro, minha mãe afundou as mágoas na bebida e meu irmão... bem ele voltou dos EUA e começou a universidade, o que fez ele ficar com bem pouco tempo para me visitar. Eu venho carregando esse fardo sozinha até agora, eu nunca tinha contado para ninguém sobre isso, você é o primeiro.


— Ah então é por isso que você tem essa personalidade fechada? — Jungkook perguntou vendo a mesma concordar com a cabeça. — Me desculpe por encher tanto o seu saco com isso.


— Que? Não, não precisa pedir desculpas. Eu que peço por não poder corresponder seus sentimentos. — [Nome] disse de cabeça baixa. — Se quiser posso te recompensar com um jantar para você e seus amigos pago por mim.


— Não vai precisar, eu gostaria de ser recompensado com sendo minha amiga... e talvez um beijo também. — Jungkook brincou.


— Tudo bem, amigos. — [Nome] chegou perto de Jungkook e deu um beijo rápido no mesmo. — P-pronto.


— Aish, finalmente vocês acabaram esse melosidade. — Pronunciou Yoongi brincando.


— D-desde de quando vocês estão aí? — Perguntou Jungkook envergonhado.


— Desde do começo. — Respondeu Jin. — Mas porque diabos você recusou o jantar grátis, hein?! — Perguntou irritado.


— Posso falar agora? — Perguntou Jimin sério.


— Sim, por favor! — Todos responderam em uníssono.


— Maknae, eu gosto de você. — Jimin falou rápido. — Me dava nos nervos ver você caído de amores pela [Nome] e ela rejeitar seus sentimentos. — Confessou Jimin corado.


— Jimin-ssi, não vou dar uma de Noona e rejeitar seus sentimentos. Também te amo. — Jungkook afirmou sorridente vendo seu “novo namorado” dar um suspiro aliviado.


— Ah que pressão, achei que você fosse rejeitar. — Disse Jimin.


— Jamais faria isso Jimin-ssi! — Gritou Jungkook totalmente feliz.


— Deixa eu ir, felicidade para o casal. — Disse [Nome] e se afastou do grupo. 


— Finalmente ela foi embora, eu tava morrendo de medo dela. — Hoseok brincou, vendo a mesma sair do pátio e assim fazendo os amigos caírem na gargalhada.




Notas Finais


Ah acabou, mas... (Calma ainda tem mais) tem mais, semanalmente vai sair provavelmente algumas OneShot ou talvez não.

× ATENÇÃO: CAPÍTULO REVISADO×

Capa por: @_Floppysx_
Revisão por: @rhyva

Obrigado por lê!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...