1. Spirit Fanfics >
  2. Eu (não) gosto dele! >
  3. Fazendo amizade com o inimigo

História Eu (não) gosto dele! - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Olá coelinhos!!

Mais um capítulo para vocês, queria agradecer a todos os corações, fiquei muito feliz que vocês estão gostando da Fanfic

Boa leitura ❤️

Capítulo 3 - Fazendo amizade com o inimigo


Aquela quinta-feira tinha amanhecido nublada, até o sol parecia com preguiça de sair, era perceptível que cairia uma chuvinha a qualquer momento.

Wei Wuxian tinha aulas no período matinal, então teve que largar toda a preguiça que tinha no seu corpo e tomar coragem para levantar naquela manhã fria, ao finalmente abrir os olhos e se espreguiçar ele olhou para o lado, encontrando Lan Zhan dormindo tranquilamente, o mais novo carregava uma expressão suave que podia acalmar qualquer preocupação que existisse na terra! Wei Wuxian parecia estar sendo puxado para aquele homem, ele não conseguia desviar o olhar, o céus o que estava acontecendo com ele ultimamente? 

 

— Bom dia - A voz de Lan Zhan saiu mais roca que o normal pela falta de uso assustando o Wei, ele tinha reparado seu olhar caído sobre o mesmo? 

 

— Bom dia Lan, é um milagre estonteante acordar mais cedo que você - Wei Wuxian tentou disfarçar qualquer evidência que estava encarando o outro.

 

— Não tenho aula nesse período — Oh! Então hoje era o dia que o Lan mais novo acordava de bom humor e falava um pouco mais que o normal, dia que particularmente o Wei adorava. 

 

— Então hoje é o dia que podemos passar a manhã inteira juntos desfrutando da nossa linda amizade — Wei levantou rapidamente da cama sorrindo diabolicamente na direção do outro — 

 

—  Você tem aula Wei Wuxian — Lan Zhan levantou da cama com seu pijama largo azul e bocejando, pronto para entrar no banheiro quando Wuxian o barrou na porta 

 

— Isso não é problema para mim meu querido, eu posso faltar e passar o dia inteirinho com você não acha? — Ele realmente adorava provocar o mais novo de todas as formas e jeitos possíveis 

 

— Irritante! — Lan Zhan tirou o braço do mais velho de frente da porta passando pelo mesmo e fechando com tudo a porta do banheiro 

 

Wei Wuxian riu, era realmente reconfortante ter quem irritar aquela hora, ele seguiu caminho para pequena cozinha que continha no dormitório pronto para preparar os pãezinhos de avelã preferidos de seu colega de quarto, sem nem se tocar o quanto gostava de mimar o mesmo. 

 

 

                   *~*~*~*~*~*~*

 

 

Ambos já estavam com banho tomado e prontos para mais um dia, eles estavam sentados saboreando a melhor receita do Wuxian, enquanto o mesmo falava sem parar.

 

— Ai no final das contas o Ning dormiu no meio da ligação e não contou o que a irmã dele sabia que ninguém mais sabia entendeu? — Lan Zhan não tinha nem pensado o que poderia responder, afinal ele estava degustando aquele pãozinho maravilhoso em suas mãos, era como a melhor maravilha do mundo, claro depois de um certo alguém.

 

— Eu sei que você ama esses pãezinhos Lan Zhan porque sou eu que faço, mas poxa me responda — o outro ficou levemente nervoso com a fala do menor, Wei Wuxian era bem mais carente que o normal pela manhã 

 

— Dois fofoqueiros — Ele disse terminando o último pedaço daquela maravilha. 

 

— Mas o Ning pelo menos me traz ótimas fofocas — Ele riu se levantando — Muito bom conversar com você Lanzhanzinho — Ele riu da cara do outro — Mas infelizmente tenho que ir para aula daquela professora ranzinza — Ambos se levantaram juntos em perfeita sincronia, era engraçado e fofo de se ver 

 

— O que vai fazer agora? — Wei colocou seu prato na pia vendo aquela louça só aumentar 

 

— Lavar louça! — Wei faltou bater na testa do mais velho, por céus.

 

— Depois né seu paspalho — Wei correu para pegar sua bolsa em cima da bancada 

 

— Falar com XingChen — A não, de novo? Ele estava tendo uma manhã tão boa, para lembrar desse empecilho 

 

— Grande porcaria — Wei Wuxian murmurou irritado 

 

— O que? — Lan Zhan estava com a torreira ligada e não tinha reparado no que o outro tinha murmurado 

 

— Nada Lan Zhan, nada — Ele pegou sua mochila irritado saindo porta a fora, deixando o outro sem entender um pingo do que se quer tinha acontecido. 

 

Wei caminhava pelos corredores com a mínima vontade de ter qualquer aula, com aquele tempinho ele só queria dormir. 

Ele parou em frente de seu armário pegando todas as apostilas necessárias para aquela manhã, quando alguém esbarrou em si fazendo o derrubar todos os itens em sua mão 

 

— Aí meu Deus, me desculpe, céus me desculpe — A pessoa supostamente com um timbre delicado ajudou a pegar os livros, Wei levantou o olhar e se deparou com nada menos que XingChen, a mas os deuses só podiam estar de brincadeira... 

 

— Não tem problema — Sua voz saiu mais raivosa do que queria, ele pegou os livros da mão do menor que o encarou preocupado 

 

— Me desculpe mesmo — O garoto era até que muito educado na concepção do Wei, assim como o Lan... a como esse comentário o deixou meio pra baixo, até que uma ideia iluminou sua cabeça maligna

 

— A não tem problema não! Está tudo bem — Wei tentou puxar aquele sorriso falso de quando ia fazer besteira a se ele soubesse o que essa besteira ia acarretar no futuro, ele com certeza não se arrependeria. — Me chamo Wei Wuxian — Ele se apresentou como se não conhecesse aquele projeto de gente 

 

— A o colega de quarto do Lan — Espera como ele sabia? Lan Zhan falava sobre ele? Um sorriso diferente brotou em seus lábios — Sou XingChen — O menor sorriu singelo demonstrando toda inocência que transbordava por ele.

 

— A sou eu mesmo, não sabia que o Lan falava de mim — Ele estava ficando... nervoso?

 

— A pois é né... — Ele iria continuar sua fala quando seus dois amigos apareceram 

 

— Me de um bom motivo para não atender o telefone Wei Wuxian — A Jiang Cheng pacífico como um cavalo

 

— Você me ligou? Nem reparei — Mas é claro que ele tinha ouvido o telefone vibrar no bolso, mas não iria perder a chance de atormentar o amigo — Bom dia Ning — Ele deu um toquinho do ombro do mesmo que resmungou em resposta 

 

— Para o Ning é bom dia né — Os dois que tinham chegado recentemente não tinham percebido o acanhado garoto na frente deles que resolveu se pronunciar 

 

— É, bom, tenho que ir para meu curso — XingChen sorriu de lado, correndo para direção contrária provavelmente atrasado, assustando os outros dois 

 

— Espere estava falando com o inimigo? — Era assim que apelidaram o XingChen 

 

 

— Já ouviu dizer que  “Você precisa ter o inimigo por perto para conhecer seus pontos fracos” — Wei Wuxian até se endireitou, parecendo até bem entendido no assunto 

 

— Isso não vai dar certo Wei, não vai mesmo — Até o pequeno Ning conhecia o amigo para saber que as ideias dele realmente nunca davam certo

 

— Não mesmo — Jiang Cheng não parava de olhar de um lado para o outro pelo corredor, dês dos acontecimentos de ontem, ele tinha ficado mais estranho que o normal, ele não andava sem antes olhar por todos os cantos, qualquer voz diferente o assustava e tudo era motivo dele sair correndo de volta para o quarto.

 

— Vocês duvidam mesmo da minha habilidade! — Ele bufou colocando um braço no ombro de cada um dos dois — Ei Jiang, para de ser perturbado, o que você tem? Parece que está fugindo da polícia até — O outro o olhou assustado enquanto andavam 

 

— Não tenho nada você que imagina coisas demais, vou para meu curso que eu ganho mais — Ele se desvinculou do braço do mais velho andando mais a frente pelo corredor, realmente estranho, Wei pensou. 

 

 

                      *~*~*~*~*

 

 

Lan Zhan estava terminando de arrumar a bagunça que o mais velho tinha feito no dormitório, Wuxian era pior que um furacão, aquele quarto vivia revirado mesmo que o mais novo entre eles vivia puxando a orelha do outro para arrumar. 

Era engraçado, Lan Zhan era o oposto do outro, mas se combinavam tão bem, e mesmo que ele negasse para si mesmo que gostava da companhia ou até mesmo dos comentário ele sabia no fundo que não era verdade. 

 

— Cheguei! — XingChen abriu a porta do dormitório afobado, daquele jeitinho que ele sempre foi 

 

— Já? — Lan guardou o pano de pó na gaveta do armário 

 

— Sim! Só tenho uma aula no período matinal — Xing colocou sua bolsa no chão e sentou na poltrona que continha ali — Aliás encontrei Wei Wuxian no corretor antes da aula — Ele pegou seu celular abrindo no aplicativo de mensagens — Ele foi até que simpático comigo acredita? Pensei que ele não gostasse de mim 

 

— E porque ele não gostaria de você? — Lan Zhan pegou o seu livro de sempre “ O indomável” e folheou para a página que tinha parado 

 

— Por favor né Lan, quando ele me viu no refeitório me olhou como se fosse me matar ali mesmo, só você que não repara essas coisas — A XingChen poderia ser inocente, mas era esperto o bastante para saber o que estava acontecendo ali, já Lan Zhan continuava sem entender, porque o outro olharia tortura para Chen? 

 

— Deve estar viajando — Ou será que realmente Wuxian poderia estar olhando torto para o mais novo, Wei era tão confuso que Lan Zhan não saberia dizer. 

 

— A não mesmo, nesse angu tem caroço — XingChen riu para alguma coisa que tinha recebido no celular, E o moreno soltou um abafar, da onde o mais novo tirava essas coisas?.

 

 

— Lan Zhan — XingChen largou o celular na poltrona e se jogou na cama ao lado do maior — Você gosta do Wei? Não gosta? 

 

— O QUE? — Em todos os seus dias de vida XingChen nunca ouviu o mais velho elevar se quer o tom de voz, nem nas situações mais apavorantes, isso era realmente estranho e tinha algo aí sim 

 

— Qual é, você fala dele o dia inteiro quase, e olha que isso é difícil você quase não fala, mesmo que você disse que vivem em pé de guerra eu percebo que você gosta da rotina de vocês, não acha isso sei lá, um pouco estranho se quer? — Lan Zhan encarou o mesmo refletindo, ele gostava do mais velho? Mas da onde o outro tirou isso, gostar do Wei? Realmente esse menino estava ficando louco...

 

Ou Lan Zhan estava prestes a pirar? 

 

                   *~*~*~*~*~*

 

As aulas passaram correndo aquele dia, e quando menos esperavam eles já estavam no refeitório para o almoço.

 

— Me sigam hoje iremos sentar em outro lugar — Já que Wuxian teve a brilhante ideia de se aproximar do inimigo, ele tinha que fazer as coisas direito

 

— A não Wei, a gente não pode ter um almoço tranquilo não? — Cheng pelo menos estava aliviado que as pessoas que trabalhavam na universidade almoçavam em um lugar diferenciado 

 

— Por mim tudo bem — Wen Ning pegou sua bandeja seguindo o mais velho

 

— Até você? Aí tudo bem — Jiang Cheng falava bastante das ideias malucas do outro, mas no fim sempre ia junto com ele, afinal era o que amigos faziam. 

 

— Olá meus amigos — Wei assustou os dois presentes ali a mesa, Lan Zhan apenas continuou comendo seu purê já XingChen sorriu na direção do mesmo — Vimos que vocês dois estavam sozinhos aqui sabe, e pensamos porque não sentar aqui com vocês?

 

— Você pensou né Wuxian — Jiang apenas sentou no espaços vazio, enquanto Wei lhe olhada como se falasse para ele calar a boca 

 

—  Wen Ning esse é o XingChen, e aquele rabugento ali é o JiangCheng

— Eles sorriam um por outro 

 

— Como se a gente não soubesse — Wei deu um pisão no pé do amigo que faltou gritar um palavrão ali mesmo, não tinha outro jeito de mandá-lo calar a boca?

 

— A! Olá meninos, é bom conhecer outras pessoas por aqui — XingChen tomou um gole do seu suco de uva 

 

— Com certeza — Assim você sai do pé do Lan Zhan, foi o que Wuxian pensou e se segurou para não soltar a farpa.

 

— Podíamos marcar um final de semana para fazermos algo juntos né? — A Wuxian tinha tantas ideias de fazer o Lan se desgrudar do mais novo 

 

— Mas é claro! — XingChen ficou muito empolgado, afinal poderia fazer o Lan perceber algo que estava nítido 

 

— Hn —  Essa era a forma do mais novo concordar — Tenho aula agora — Lan Zhan estava prestes a se levantar quando XingChen se pronunciou — Vou com você então — Os dois levantaram 

 

A não vai mesmo, Wuxian jamais deixaria os dois sozinhos a partir daquele momento 

 

— Não precisa Xing — Jiang Cheng só olhava a cara de pau do amigo — Eu acompanho o Lan, afinal ele ama minha companhia — Ele levantou indo ao lado do menor que apenas continuou neutro 

 

— Se você insiste, vou organizar meu dormitório então — XingChen tinha ficado aliviado, afinal era um bom momento para o Lan se abrir aos poucos 

 

— Vamos Lan Zhan — Wuxian foi puxando o mesmo pelo braço, sem perceber o singelo toque que a mãos de ambos fizeram, deixando o Lan meramente nervoso.

 

O caminho todo Wei Wuxian estava segurando o pulso do mais velho, sem ter qualquer sinal que soltaria 

 

— Lan Zhan, quando vou finalmente ver você tocar Guqin? — Guqin era um instrumento de corda que Lan Zhan andava para cima e para baixo com ele, afinal era o instrumento que escolheu para o sua apresentação final. 

 

— Um dia — A Lan Zhan queria muito ver a opinião do mais velho, mas a vergonha e o medo se sobrepunham como sempre. 

 

— Eu espero que logo — Wei deu aquele típico sorriso lindo que alegra o dia de todos.

Eles seguiram mais pelo aquele extenso corredor em fim chegando na sala de ensaio do mais novo 

 

— Tchau Lanzhanzinho boa aula — Ele em fim soltou o pulso do menor que sentiu a falta do toque do mesmo 

 

— Tchau — Lan Zhan entrou na sua sala deixando Wei estático enfim percebendo que estava andando quase de mãos dada com o mais novo dês do refeitório, ele  corou , fugindo para seu dormitório 

 

 

                      *~*~*~*~*

 

A noite caia por aquele grande edifício, as estrelas já eram vistas pelo lado de fora da enorme janela que continha no quarto dos dois, as aulas tinham acabado e eles poderiam descansar naquele resto de noite 

 

— Wei Wuxian está com dor? — Lan Zhan tinha percebido que o mais velho entrou no quarto com as mãos nas costas e uma expressão não muito boa 

 

— Não e nada demais, acho que torci quando fui pegar o pincel que derrubei enquanto pintava o quadro — A se ele soubesse que para o Lan era sim algo demais, ele então se levantou da cama abrindo seu criado mudo tirando de lá uma pomada para dor 

 

— Tome passe a com cuidado — Ele entregou nas mãos do Wei que se assustou mas aceitou de prontidão

 

— Obrigada Lan Zhan — O sorriso estava presente nos lábios de Wei novamente, o que fez Lan Zhan não se segurar e soltar um sorriso de lado 

 

— A! Você sorriu! — Wei tinha ganhado sua noite apenas por um singelo gesto do menor 

 

— Vá dormir — Lan Zhan voltou para a cama, ignorando o bufar do menor 

 

— Boa noite Lan Zhan — Wuxian ia dormir com um sorriso no rosto e com as costas novinha em folha

 

 

As coisas entre os dois pareciam ter virado completamente, e mesmo que as discussões bobinhas ainda estivessem presentes, algo nasceu entre os dois que não sabiam denominar o que era.


Notas Finais


Com isso finalizamos mais um capítulo, e o que posso dizer é que o outro promete em.

Estou pensando se colocarei um dia fixo para postar os capítulos, talvez terças ou sexta, ainda estou vendo logo logo aviso

Até a próxima ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...