1. Spirit Fanfics >
  2. Eu não me controlo... >
  3. Policial diferente...

História Eu não me controlo... - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Diferentão aí, ver essas fotos do Hope me deu ideias kkkk

BOA LEITURAAAAA🏃‍♀️👋

~perdoem se ficar ruim, se tiver sem sentido ou algo do tipo, é pq não tô bem.~

Capítulo 1 - Policial diferente...


Fanfic / Fanfiction Eu não me controlo... - Capítulo 1 - Policial diferente...

Lá estava eu, com o meu bonde, atrás de uns filhos da puta que assaltaram umas mulheres na nossa quebrada. Eram apartamentos Minha Casa Minha Vida, foi complicado achar os caras. Mas achamos e arrombamos a cabeça de cada um. Tudo parecia ter saído bem, foi fácil e então estávamos indo embora, algum vizinho vagabundo chamou as putas (polícia). Quando estávamos saindo do fim dos prédios, avistamos 4 carros da bope....metade ficou procurando saída, enquanto a outra metade trocava tiros. E claro eu estava fugindo kkkkk. 

Luana (eu): Não, não vão por aí. 

Disse para os meus dois parceiros que me ignorou e logo tomou tiros e morreu. Esperei o policial que tinha feito isso, e meti bala. Os derrubei e voltei a correr, entrei em um lugar que parecia ser uma casa abandonada, mas era um pouco distante. Me escondi e fiquei esperando acabar aquilo. Vi uma sombra, o que parecia ser um policial, fiquei esperando a pessoa aparecer com a arma pronta pra atirar. Passaram minutos e ninguém apareceu, a sombra sumiu e eu voltei a relaxar...o que eu não sabia, era que havia uma entrada atrás de mim. Senti um braço e uma faca grudarem o meu pescoço, uma respiração em meu ouvido e uma força me forçando andar para frente. Em um único movimento, parei na parede e o braço da pessoa não estava mais em meu pescoço apenas a faca. 

??: Olha só quem eu achei aqui, vc não parecia ser tão vacilona assim. Ótimo que estamos aqui sozinhos, só vai aparecer morta. 

Lu: Vai se fuder, otário. 

Ele então rio e retirou a faca do meu pescoço, largando um tapa no meu rosto com tanta força que meu rosto virou. 

??: Isso é para vc me respeitar, eu sou um policial, não um vagabundo. 

Ele puxou uma pistola e a colocou na minha barriga, encostando o seu rosto do meu, olhando no fundo dos meus olhos, usou a outra mão que estava livre para pegar na minha cintura e aperta. Senti uma quentura por dentro, mas ignorei empurrando ele pra longe de mim, arriscando levar um tiro, mas fiz. Corri tentando sair mais ele me alcançou e puxou o meu cabelo que era comprido, colando os nossos corpos...ele me virou e começou a me beijar, mesmo sem querer, eu retribui pq era muito gostoso...boca macia...beijo lento e quente...mão boba, até que eu tava gostando...novamente ele me virou, tirando a minha calça junto com a calcinha que eu usava, molhou dois dedos e passou na minha intimidade, quando já tava bem molhada, ele penetrou em mim com o seu pau...caralho que grossura é essa? Que tamanho é esse? Gritei de dor, ele pegou o meu pescoço e começou com socadas fortes e fundas, senti a dor ser tomada pelo prazer...caramba aquilo era realmente gostoso, nós dois gemiamos baixo enquanto os tiros rolavam...segundos depois senti o pau dele pulsar em mim, ele retirou rapidamente e cobriu o seu pau, gozando na sua cueca. Eu tinha gozado também, vestimos as nossas roupas e ficamos conversando por alguns minutos e voltamos a nossa realidade....dei um número pra contato que não era rastreado e um beijo, seguimos o nosso caminho, assim voltando a "rivalidade". 

Fiiiiiiiiim


Notas Finais


Espero que vcs tenham gostado, comentem, me sigam, adicionem como favorito e obrigadooo. Talvez tenha parte 2....beijinhos da tia Kau❤🏃‍♀️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...