História Eu (não) odeio irmão tarado (Jikook) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 186
Palavras 681
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei galera, espero que todos gostem desse novo capítulo, estou tentando voltar com minha Fanfic "Meu escravo sexual" então quando eu iniciar novamente eu deixo o link.

Boa leitura.

♥️♥️♥️♥️

Capítulo 5 - Hora do prazer.


Jimin olhava para o chão enquanto encostava seu corpo no carro.

- Me desculpe, não queria que terminasse assim. - Falei vendo o mesmo confirmar.

- Você me defendeu, obrigado. - O menor falou e me abraçou, depositei um beijo na cabeça do Park e logo em seguida selando nossos lábios.

- Eu fiz o que foi necessário, agora é só esquecer. - Acariciei o rosto do menor e o ajudei a entrar no carro.

- Jungkook, ajude Ele, te vejo mais tarde. - Namjoon falou e eu confirmo.

Entrei no carro e o liguei, senti a cabeça do Park em meu ombro e soltei um leve sorriso. Dirigi até a nossa casa onde os seguranças esperava do lado de fora, dei um breve selinho em Jimin e sai do carro, logo andando em direção aos ali presentes.

- Senhor Jeon, limpamos toda a casa, tiramos qualquer digital e mancha de sangue. - Um dos seguranças fala.

- Estão liberados.

Jimin adentrou a casa e sentou-se no sofá, deixando ali sair um suspiro de seus lábios.

- Me desculpe, se você quiser podemos nos mudar, não queira te ver triste. - Jungkook acariciou a bochecha de Jimin e beijou, em um beijo carinhoso, os lábios do menor.

- Eu quero dormir e esquecer isso tudo, mesmo que seja praticamente impossível dormir. - Jimin disse e se levantou.

- Não quer comer ? - Jungkook segurou a mão do Park e logo se levantou também.

- Não.

- Eu posso te beijar ? - Jungkook se aproximou e pôs sua mão na cintura do menor.

Jimin confirmou e ali se inciou um beijo ardente, os corpos já estavam juntos e as línguas dançavam. Jimin puxou Jungkook para perto e sentiu a mão boba de Jungkook. Uma risada sapeca de Jimin fez Jungkook o por no colo. Os dois seguiram ao quarto, onde começaram a se despir. Jimin empurrou Jungkook sobre a cama e subiu em cima do mesmo. O Park começou a rebolar sua bela raba em cima da ereção de Jungkook, o tecido da calça de Jungkook já o incomodava. Seu pênis pedia arrego, a bunda de Jimin se friccionava contra o pau já sujo de pré gozo.

- Jimin... Me deixe te comer. - Jungkook inverteu as posições e deixou o menor por baixo.

- Eu gosto de provocar antes. - Jimin sorriu de lado.

- Já que esse é seu jogo...- Jungkook começou a ir e voltar contra as nádegas de Jimin, sua boca beijava e chupava o pescoço branquinho do Park.

As mãos de Jungkook apalpavam as coxas de Jimin, enquanto a velocidade de seu quadril aumentava.

- Agora eu que te quero...por favor...desfrute de mim. - Jimin se via submisso aos desejos do Jeon. Seus gemidos finos excitavam cada vez mais Jungkook.

- Você me quer ? Então pede con jeitinho.

- Por favor, Daddy, me fode com força. - Jimin disse enquanto suas mãos arranhavam as costas nuas e musculosas de seu namorado.

Jungkook abriu seu zíper e retirou seu pênis, logo o introduzindo no cuzinho rosado de Jimin. Os movimentos contínuos começaram e Jimin soltou gemidos, um beijo intenso e malicioso se iniciou, os dois corpos pedindo por mais era um briga, Jimin abria mais suas pernas e Jungkook estocava com força, ambos queriam se satisfazer e ganhar seu tão desejado ápice.

- Isso...geme pra mim garoto...abre esse cuzinho vai. - Jungkook encarou Jimin enquanto estocava com força e rapidez.

- Papai..oh...Me deixa sem andar. - Jimin pediu manhoso e Jungkook assim fez, deu mais algumas estocadas e se desfez dentro daquele orifício tão apertado.

- Não pense que acabou, apenas comecei a te foder. - Jungkook riu vendo seu pau ainda ereto.

- Agora eu que comando, você só tem o direito de gemer agora. - Jimin sorriu e tratou de chupar o pescoço do Jeon.

Jimin enfiou o pau de Jungkook novamente em sua bunda e começou a rebolar. Jungkook mordeu o lábio e fechou os olhos sentindo seu pau ir e voltar no menor.

- Agora irá começar a hora do prazer. 


Notas Finais


Me desculpem pelo capítulo minúsculo, estou sem tempo para escrever.

Digam o que acharam, isso me ajuda bastante para saber se vocês estão gostando.

Até a próxima.

♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️😘😘😘😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...