História Eu Não Posso Amar Você... Posso!? - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Supergirl
Personagens Alex Danvers, Kara Zor-El (Supergirl), Lena Luthor
Visualizações 302
Palavras 1.450
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Ficção Científica, LGBT, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como ontem, fiquei muito feliz pois, a fic teve mais favoritos resolvi postar esse capitulo hoje

Capítulo 7 - Você Roubou Tudo de Mim!?


Anteriormente em

 

Eu Não Posso Amar Você... Posso!?

_ Finalmente a casa de El, se ajoelha a minha força!

Mas, para surpresa de todos Gael cai, soltando Lena, rapidamente Supergirl corre e pega Lena no colo e voa para longe. Lena surpresa diz:

_ O que houve!?

Mas, Supergirl não disse nada, mas, Lena pode ver os agentes do DOE, chegando. Supergirl deixa Lena com agente Vasquez.

Ela voa de volta para torre da cidade, Gael estava se levantando, podia se ver a mancha de sangue e um brilho verde vindo seu ombro. Ele olha para Kara e diz:

_ Isso foi um erro!

Gael vai para cima de Kara e a luta começa. Dessa vez Kara estava preparada, a luta estava bem equilibrada. Gael estava surpreso não estava esperando por isso. Ele também percebeu que seu homens estavam sendo encurralados pelos agentes do DOE. Com suas armas a base de Kripitonita.

Com raiva ele reúne sua força e consegue acertar Supergirl a jogando longe. E grita:

_ Eu vou matar você!!!!

 

Você Roubou Tudo De Mim!

 

Gael vai para cima de Kara, mas, ela estava mais, focada dessa vez. Ele tinha cometido um erro colocar a vida de Lena em perigo foi a gota d’agua para ela.

Com rapidez ela consegue desviar, e socar forte sua costela o fazendo se curva de dor, ele rápido usa sua visão de calor e acerta ombro de Kara, pegando ela desprevenida. Kara grita de dor.

Gael aproveita e parte para cima dela, mas, nesse momento Alex surgi usando sua armadura e luta contra ele. Kara se levanta e diz:

_ Essa e a diferença entre nós dois. Eu tenho pessoas que posso confiar! Alex!

As duas vão para cima dele, Gael estava em desvantagem. Ele não esperava a entrada Alex na briga. As duas estavam quase conseguindo por, ele encurralado. Mas, quando Kara estava prestes a dar o golpe final. Ele consegue impedir e voar para longe.

Kara estava prestes a ir atrás dele, mas, Alex a impede e diz:

_ Não! Você está machucada, além do mais, temos que levar os kripitoniano para DOE!

Kara respira fundo, depois diz:

_ Certo!

Quando ela chega ao DOE. A primeira coisa que faz, foi saber de Lena. Ao ver Vasques diz:

_ Onde está Lena!?

_ Sinto muito Supergirl! Mas, ela não aceitou vir para o DOE, ela foi para Luthor-Cop. – responde Vasques.

Sem pensar duas vezes, Supergirl voa para onde Lena estava, foi um voo rápido. Ao chegar no prédio de Lena, ela não se faz de rogada entra direto em seu escritório.

_ Porque você não foi para DOE!?

Lena olha Supergirl e diz:

_ Eu não preciso de vocês, tenho meus próprios médicos!

Supergirl tenta manter a calma, respira fundo.

_ Lena! Eu sei que você não confia mais, em mim. Mas, por favor, não ponha sua saúde e perigo. Esse inimigo e muito forte e perigoso. Por minha causa, ele pois sua vida em perigo. Nunca vou me perdoar se você ficasse ferida. Nunca!

Nesse momento Lena vê algo, que nunca tinha reparado em Supergirl, seus olhos estavam marejados, ela se preocupava com ela de verdade. Lena nesse momento respira fundo e diz:

_ Você está mesmo preocupada comigo!? Eu...

_ É logico que sim! Lena você e muito importante para mim, Muito importante! – diz Supergirl.

Lena nunca viu alguém tem esse tipo de preocupação com ela. Então ela vendo que não seria tão ruim ceder um pouco diz:

_ Bem! Não vai fazer mal, algum deixar Alex, me examinar.

Supergirl sorri e diz:

_ Obrigada! Vamos!

Lena não entende o que Supergirl, estava querendo dizer. Mas, ela pega Lena no colo sorrindo e diz:

_ Segure-se!!

Lena leva um susto, mas, depois sente muito confortável no braços de Kara. Era como se tudo fosse perfeito. Quando elas chegam ao DOE. Alex rapidamente se aproxima com um olhar furioso e diz:

_ Você está louca! Ferida desse jeito voando por ai!?

Lena fica surpresa como Alex falava com Supergirl. Afinal isso não era muito se normal. Foi nesse momento que Supergirl diz:

_ Eu estou bem agentes Danvers! Somente não podia deixar Lena sem cuidados!

Alex se recompõem ao ver Lena ao lado dela, mas, mesmo assim ela olha sério para Supergirl e depois diz:

_ Vamos conversar mais, tarde!! Venha Lena, preciso te examinar, você Supergirl também!

Supergirl ri da cena, vai junto de Lena para a enfermaria. Para surpresa de Lena, Eliza mãe da Alex e Kara estava no DOE. Ao ver Supergirl, Eliza diz:

_ Você está ferida! Venha vou cuidar de você!

Eliza com todo cuidado, retira a parte danificada do uniforme de Supergirl, foi nesse momento que Lena pode ver um grande queimadura em seu ombro. Alex percebe e diz:

_ Ela não se preocupa com a própria saúde e segurança. Principalmente quando pessoas que ela, se importam podem estar feridas.

Lena sente um pouco de culpa. Quando Eliza estava cuidando de Supergirl, ela não tirava os olhos de Lena. Eliza ri e diz:

_ Você está dando muita bandeira!

Supergirl fica corada e diz:

_ Desculpe!

Eliza ri, depois de cuidar de Supergirl, Eliza diz:

_ Algumas horas na câmera de raios solares, você vai estar nova em folha, mas, depois um pouco de descanso seria bom.

_ Eu vou prometo! – mas, olhar de Kara era somente para Lena. Até Alex já tinha percebido os olhares de sua irmã.

Alex termina de examinar, Lena e diz:

_Ela está bem. Somente tentar descansar um pouco esses dias. Certo!

_ Vou tentar! – diz Lena sorrindo. _ Posso ir embora?!

_ Sim! Vou pedir para alguém te levar embora! – responde Alex.

_ Eu vou levar ela! Afinal eu a trouxe! – diz Kara.

_ Eu não acho...

_ Você está certa Supergirl! Leve Lena, assim você vai ficar mais, tranquila sabendo que ela, chegou em segurança. – diz Eliza interrompendo Alex. Que não entende muito bem o que sua mãe estava fazendo.

Supergirl sorri e mais, sem avisar pega Lena no colo, e voa para Luthor-Cop.

Quando chega no prédio, Lena meio sem jeito diz:

_ Obrigada!

_ De nada Lena! Mesmo que você ainda não confie em mim. Sempre farei de tudo, para proteger você. – Supergirl.

Depois ela, vai embora deixando Lena pensativa com suas palavras. Quando ela chega a DOE. Dessa vez ela, não teve escapatória Alex.

_ O que você na cabeça Kara! Sair assim ferida, Gael podia aproveitar esse momento para feria você!

_ Eu precisava saber se ela, está bem! – responde Kara.

_ Porque! Ela não confia em você Kara, na verdade ela e perigosa! – responde Alex.

_ ELA NÃO É! ESCUTE BEM Alex, LENA E IMPORTANTE PARA MIM! NÃO VOU DEIXAR NINGUÉM, NINGUÉM FERIR OU FALAR ALGO DELA. ESTAMOS ENTENDIDAS! – grita Kara, Alex fica assustada nunca viu sua irmã defender alguém assim. Eliza que observa a briga de longe, resolve intervir e diz:

_ Já chega! Kara vá para câmera de sol. Alex você comigo!

Kara somente sai sem falar, nada. Alex por sua vez diz:

_ Qual e problema dela?!

Eliza nesse momento diz:

_ Não julgue sua irmã!? Ela está passando por algumas mudanças, você mais, do que ninguém devia entender isso. – Eliza fala e vai para ver a Kara.

Ao chegar onde Kara, estava se preparando para deitar, ela diz:

_ Você está bem?!

_ Estou bem! Obrigada por intervir, eu quase falei tudo! – responde

_ Eu sei! Mas, acho que não seria o melhor momento, vocês duas precisam conversar quando estiverem sem adrenalina do combate. – responde Eliza.

_ Sim! Mas, não estou conseguindo manter, esse sentimento por mais, tempo guardado preciso contar Alex como me sinto sobre Lena. – diz Kara.

_ Você ama certo! – pergunta Eliza.

_ Sim! Quando Gael pois, a vida dela em perigo Eliza eu quase perdi a cabeça, o mataria ali mesmo se algo acontecesse com ela.

_ Você ama Lena Luthor!?

As duas se viram e veem Alex, na porta da sala, seu olhar era incrédulo. Kara tenta dizer:

_ Alex eu...

_ Não! Isso e alguma piada para você. Agora vai dizer que e lésbica também. Vai tentar tirar isso de mim, já não bastou entrar na minha família e por sua causa perdi meu pai, Agora vai querer essa atenção também! – diz Alex com raiva.

_ Eu não quero roubar nada Alex, simplesmente aconteceu, eu não posso...

Mas, ela não teve tempo de terminar, Alex tinha lhe dado um tapa, mesmo não sentindo dor física na hora, mas, a dor sentimental foi pior olhar que Alex tinha sobre ela...

Depois do tapa Alex sai da sala, com Eliza chamando seu nome. Kara nesse momento chora, não queria ferir sua irmã assim.

 

 

 


Notas Finais


Até próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...