1. Spirit Fanfics >
  2. Eu não quero escolher (Harry Potter e Draco Malfoy) >
  3. Amortentia

História Eu não quero escolher (Harry Potter e Draco Malfoy) - Capítulo 13



Notas do Autor


Oie obrigada aos novos favoritos💛
Boa Leitura💛

Capítulo 13 - Amortentia


Fanfic / Fanfiction Eu não quero escolher (Harry Potter e Draco Malfoy) - Capítulo 13 - Amortentia

No capítulo anterior:

Quando me sinto descansado me levanto indo até a porta, apago a luz e fecho a porta cuidadosamente pra não a acordar. Saindo de lá vou até o salão principal onde vou até Cho e a aviso que S/N estava no quarto dormindo.

Novo capítulo:

S/N POV's:

Só acordei quando Cho entra no quarto para dormir.

_Olha só a bela adormecida acordou. -Ela diz.

_Quem me trouxe aqui? -Pergunto ainda confusa.

_Harry falou que você dormiu no peito dele enquanto viam o pôr do sol, aí ele te trouxe aqui. -Ela diz indo até o banheiro.

_Ah ok então, que horas são? -Pergunto indo atrás de Cho no banheiro.

_São mais ou menos 23h.

Vou até a frente do espelho, quando né vejo fico um pouco assustada, eu estava toda amassada.

_Meu Merlin eu estou horrível. -Digo dando uma leve arrumada no meu cabelo.

Cho apenas ri. Escovo meus dentes e vou novamente até a cama, me jogo nela de barriga pra baixo.

_Nossa amiga você realmente tá muito cansada. -Diz Cho saindo do banheiro.

Não digo nem faço nada, apenas me ajeito na cama pra dormir. Eu adormeço rapidamente, tive um sonho bem legal, eu, Harry e Draco morávamos juntos em uma grande mansão na floresta, nós vivíamos bem felizes juntos.

Me levanto quando o despertador toca, eu estava morrendo de fome, afinal nem jantei ontem, pelo menos estou bem descansada. Me arrumo e vou e vou até o salão principal.

Chegando lá vou até a mesa da Sonserina, já que hoje era terça, era o dia do Draco. Sento na mesa e comprimento Malfoy com um beijo e que beijo.

_Parem de se engolir, estamos comendo. -Diz Blaise.

_Sempre muito fofo, não é Zabinni. -Digo fazendo todos rirem.

[...]

Quando o café acabou Malfoy me levou até a aula de estudo dos Trouxas.

_Não sei porque faz essa aula. -Ele diz e eu reviro os olhos.

Entro na sala e ele segue pra sua aula. Minha aula foi bem tranquila, tenho bastante facilidade nessa matéria, então não precisei prestar tanta atenção.

Tive mais duas aulas e teria tempo livre até o almoço. Quando as duas aulas acabaram fui direto pra biblioteca estudar, estudei aritmância, já que tenho dificuldade nessa matéria. Quando tinha acabado de começar a estudar, Hermione chega.

_Oi S/N o que está estudando? -Ela pergunta se sentando na minha frente.

_Oi, estou estudando aritmância, não sou muito boa nessa matéria.

_Modéstia a parte, mas sou ótima nela, quer ajuda?

_Eu adoraria. -Digo retribuindo o sorriso.

Ela me ajuda a fazer alguns exercícios e ela é uma ótima professora. Ficamos ali até o sinal tocar e ela teve que ir pra sua aula e eu continuei estudando lá.

Um pouco antes do sinal do almoço tocar, guardo minhas coisas e me dirijo até a sala de feitiços para esperar Draco. Quando o sinal toca os alunos começam a sair e quando Draco sai o puxo pelo braço para ele ficar perto de mim.

Draco Malfoy POV's:

Quando saio da sala sinto algo me puxar, quando olho era S/N, ela estava sorrindo, logo a colo contra parede e a beijo, não ligava de alguém ver, eu apenas tinha sentido sua falta.

_Olha acho que alguém sentiu saudades. -Ela diz sorrindo fazendo carinho na minha nuca.

_Até parece. -Digo debochando.

_Vem vamos comer. -Ela me puxa pela mão.

Vamos até o salão principal almoçar, sentamos na mesa da Sonserina. Foi muito divertido almoçar com ela, dava pra ver como ela se divertia com os meus amigos. Quando terminamos de almoçar fomos até o pátio, Zabinni, Parkinson e Theothore estavam com a gente. Todos eles sabiam que ela também "namorava" o Potter, mas eles não ligam muito pra isso. Ficamos dando voltas no pátio até o sinal tocar, conversamos, rimos e nos divertimos muito.

Quando o sinal tocou fomos para nossas aulas, tínhamos uma aula juntos então fomos para o mesmo lugar. Me sentei com Blaise e S/N se sentou com a Parkinson.

Nem prestei muita atenção na aula, fiquei apenas focado em S/N. Quando a aula acabou fomos para a aula de adivinhação, como sempre me sentei com ela. A aula foi bem tranquila, exceto pelas previsões malucas da professora.

Minha próxima aula seria Poções junto a Grifinória, o que significava que iria ver o Potter, o Wesley e a sangue ruim da Granger.

A aula foi sobre a famosa poção do amor, amortentia.

_A amortentia é uma forte poção do amor, porém ela não causa amor verdadeiro, já que o mesmo é impossível de ser criado, apenas causa uma obsessão pela pessoa que a preparou. Como sabem seu cheiro muda de pessoa para pessoa de acordo com o que as atrai, o pode revelar uma grande paixão. -Disse o Professor Slughorn. – Vou chamar alguns alunos para sentir o cheiro da poção.

Ele chamou o Wesley, Parkinson e depois me chamou.

_Eu sinto cheiro de morango, perfume de flores e maçã verde. -Me afasto e percebo que Potter me olhava feio, com toda certeza é porque senti o clássico cheiro do perfume da S/N.

Logo o professor chama o Potter, ele se aproxima da poção e diz que sente os mesmos cheiros que, por minha vez o olho com cara feia. Todos haviam percebido o que tinha acontecido, mas ninguém prontamente disse nada. Professor Slughorn continuou explicando sobre a poção até a aula acabar.

Quando a aula acabou me dirijo até a próxima.

Harry Potter POV’s:

Me irritei um pouco por Malfoy ter sentido o mesmo cheiro que eu, afinal sabia que S/N gostava dela, mas não sabia que era totalmente reciproco. Bom enfim não tenho muito o que fazer.

_Harry você sentiu o cheiro da S/N, não é? -Ron pergunta enquanto saímos da sala.

_Sim, acho que realmente estou gostando dela. -Digo.

_E parece que o Malfoy também. -Diz Hermione.

_Pois é. -Digo um pouco cabisbaixo.

Vou para a próxima aula um pouco quieto e pensativo. Amanhã vou falar com S/N sobre isso.

[...]

S/N POV’s:

O sinal do final da última aula acabará de tocar, quando saio da sala vou até a biblioteca pegar um livro sobre aritmância, pego e vou o lendo enquanto ando pelo corredor indo até a minha comunal. Estava andando quando ouço Draco me chamar.

_Ei Corvina, o que acha de tirar um pouco a cara dos livros e me acompanhar? -Ele diz se desencostando da parede e parando na minha frente.

_Ok, ok, mas só porque já estudei bastante hoje. -Digo sorrindo e ele estende o braço para eu segurar. -Onde vamos?

_Você vai ver. -Ele diz colocando o braço nos meus ombros.

[...]

Depois de um tempo andando chegamos em uma montanha, não era íngreme tanto é que poderíamos subir facilmente, como estava cansada de andar digo:

_Draco vamos descansar um pouco depois subimos, por favor eu to morta. -Digo ofegante.

_Ah, por favor S/N vai valer a pena eu juro. -Ele diz e eu cedo.

Quando estávamos na metade da montanha, me sento ali mesmo para descansar.

_O que foi? Vamos falta pouco. -Ele diz e eu ignoro.

_Só vou se você me levar no colo. -Digo me fazendo de “difícil”.

Ele então vem até mim e rapidamente me pega no colo e automaticamente eu grito.

_Eu estava brincandooo, me põem no chão agora, Draco Lucios Malfoy. -Ordeno e ele logo começa a correr.

Enquanto ele corria eu ria muito em seu colo. Em pouco tempo chegamos ao topo e ele me põem no chão.

_Pronto princesa chegamos. -Ele diz cansado e ofegante.

_Você é doido. -Digo enquanto sentava ao seu lado.

_Fala a verdade, você adorou. -Ele diz e eu concordo. -Eai valeu a pena?

_Valeu, valeu muito a pena. -Digo observando o local.

Era um lugar realmente lindo, dava pra ver o oceano que cercava Hogwarts, conseguíamos ver a floresta e a escola, no finalzinho da tarde então o céu estava alaranjado.

Draco deita para trás na grama para descansar e eu deito perto dele. Me levanto um pouco e o beijo, ele segura minha cintura com as mãos e eu seguro seu pescoço. Era um beijo calmo, sem pressa alguma, como se fossemos os únicos em todo o mundo. Durante aquele beijo esqueci completamente das provas que eu teria o que estava me deixando tensa. Logo me deito ao seu lado segurando sua mão e ficamos ali observando o céu.

[...]

Ficamos umas 2h lá até que voltamos para a escola e fomos até o salão principal para Jantar, me sento na mesa da Sonserina com Cho e Luna, Draco se senta junto com os Sonserinos.

O jantar foi tranquilo quando me levanto para ir até a porta do salão vejo Draco indo atrás de mim. Ele pega na minha mão e me leva as masmorras sem me dar nenhuma explicação. Quando chegamos no seu quarto ele me joga na parede e me beija, diferente do beijo mais cedo, esse era um beijo quente e selvagem, onde suas mãos percorriam meu corpo. Draco começou a descer suas mãos até minha bunda, onde ele a aperta por baixo da saia. Rapidamente ele me joga na cama e me beija. Quando ele começa a desabotoar minha camisa eu paro e digo:

_Draco, não para. -Digo e ele me encara preocupado. -Eu estou menstruada hoje não dá.

_Tudo bem então. -Ele sai de cima de mim e vai até o outro lado da cama e se senta.

Quando me sento na cama e ele diz:

_Quer dormir aqui, não precisamos fazer nada. -Ele diz enquanto me olha abotoar a camiseta.

_Acho melhor não, você precisa resolver isso aí. -Digo dando um sorriso lateral me referindo a elevação na sua calça.

Ele me olha um pouco envergonhado e me deseja boa noite, enquanto saio do quarto.

Continua...


Notas Finais


Desculpem os erros💛
Deem sugetões nos comentários!
Obrigada por lerem💛
Bjs 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...