História Eu não sei oque eu sou - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 518
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Magia, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - - Boas vindas a universidade


- Chegou o grande dia, eu realmente não estava preparada para deixar a ROR, mas já que estava na hora, o caminhão de mudanças já estava aqui então já era o momento! Alex, Caleb e Pedro estavam na frente da minha casa pronto para a despedida. 

- Alison, diga adeus aos seus amigos e entre no carro. 

- Okay mãe! Eu sai e fui abraçar Alex! Eu vou sentir a sua falta amiga 

- Eu também vou amiga, não se esqueça de nós! 

- Relaxa, eu não vou me esquecer! falo isso abrancando os meninos

- Vamos Filha, já está na hora! 

- Já vou pai. Tchau gente. eu amo vocês. digo isso saindo e andando de costas. 

Eu entrei no carro, coloquei meus fones e fui assistindo as minhas séries que baixei na Netflix
algumas horas depois chegamos em Nova Jersey e eu fui conhecer a minha casa nova, realmente não era aquela casa maravilhosa mas era aonde eu iria morar agora! 

- Alison? Vai arrumar suas coisas já vamos levar você para a Universidade

- Okay mãe, eu já vou. Disse isso e já pegando as minhas e colocando dentro de uma caixa grande 

Algumas horas depois eu vou para o carro me despeço da minha mãe e vou

- Está nervosa? Pergunta meu pai. 

- Um pouco. respondo com as mãos no rosto. 

- Vai ser fácil, pode ter certeza, sua avó está olhando por você orgulhosa! Ele diz isso olhando para mim e paro o trânsito 

- Espero mesmo! Mas sei lá, tenho medo de falhar em alguma coisa. Falo isso olhando para o céu 

- Já dizia seu avô vencer nunca foi uma prioridade e sim uma necessidade, todos nós um dia podemos perder e ganhar entende? 

- Entendo Pai! Digo isso virando para a janela e avistando a universidade 

- Vou te ajudar com as caixas! Ele estaciona o carro e sorri 

- Okay, obrigada Pai. Digo isto saindo do carro e retribuindo o sorriso 

Eu realmente estava com medo de entrar e me deparar com um bando de patricinhas ou um bando de atletas, isso seria horrível. Meu pai entrou comigo na Universidade e fomos falar com o diretor 

- Olá Miguel! Olá Alison. Diz meu diretor abrindo a porta para entrarmos

- Olá. Entro na sala 

- Olá Diretor Firmino. Diz meu pai entrando. 

- Eu realmente aprovei a sua entrada na Universidade Alison, porque me surpreendi com o seu perfil, dizia que você ganhou o concurso de soletração da sua escola da Inglaterra, Impressionante! 

- Ah, obrigada Diretor Firmino, eu realmente tentei me sair muito bem para entrar na UM 

Nós ficamos conversando por alguns minutos e ele me entregou as chaves do meu quarto

- Quarto 18 no 3º andar okay? 

- Ótimo. Muito Obrigada Diretor 

- Por nada. Diz ele saindo e entrando nas outras salas

Meu pai pegou as minhas coisas e foi colocando no meu quarto e eu já tinha visto que tinha outra garota dormindo, espero que sejamos amigas. Eu olho para aquilo tudo e imagino por alguns segundos a minha vida ali! 

 

Continua... 


Notas Finais


Like <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...