1. Spirit Fanfics >
  2. Eu ( Não ) sou army! - Jeon Jungkook >
  3. Atrevido

História Eu ( Não ) sou army! - Jeon Jungkook - Capítulo 7


Escrita por: e Psicodelication


Notas do Autor


Lavem as mãos, usem álcool em gel e não saía de casa!! Se cuidem pelo amor de Deus!

Capítulo 7 - Atrevido


Fanfic / Fanfiction Eu ( Não ) sou army! - Jeon Jungkook - Capítulo 7 - Atrevido


Me viro na cama abrindo os olhos devagar. Creio eu que eles queriam permanecer fechados, mas o soninho bom da tarde tinha acabado, e acabou tarde, já que estava bem escuro o quarto. Isso é uma droga, meu sono está ficando totalmente desregulado, o que me irrita. 

Suspiro frustrada me levantando. Calço meus chinelos saindo do quarto logo em seguida. Franzo o cenho ao perceber o silêncio, algo meio impossível desde que chegamos aqui. Dou alguns passos podendo ver Hyo deitada no sofá vendo filme, ela estava sozinha, isso explica o silêncio. 

- Onde estão os meninos? - Pergunto me sentando no outro sofá. 

- Ah eles, foram fazer show. - Hyo diz calmamente.

       - Você não foi? Não tinha me dito que iria? Ou eu sonhei? - Pergunto para ela e para mim mesma.

       - Eu vou no último show deles aqui. Aí depois do último show, eles vão embora. - Hyo pausa o filme. - Quer fazer alguma coisa amanhã?

       - No caso hoje? Já passou das meia noite.

       - Enfim, você quer? - Seus olhos se reviraram.

        - Quero sim. Eu tô com muito tédio..

- Como ta com tédio? Tá sempre saindo com o Jungkook... 


- Lá vem você de novo! Eu não saio com ele. Apenas, nós encontramos. - Entorto a boca. 


- E vai me dizer que não gosta desses " acasos " ? - Como eu odeio Hyo, ela me conhece muito bem. 


- Não é que eu gosto. Podemos dizer que é divertido. - Hyo arquea a sobrancelha. - Para de me olhar assim! Para! - Jogo uma almofada na mesma que ri e revida. 



Quando o sol se pôs, eu e Hyo fomos para a rua. Como eu estava com o cartão dela por ter ido assistir o treino, eu poderia e vou gastar bastante. 


- Tá, por onde vamos começar? - Digo enquanto Hyo me arrastava pelo shopping. 


- Cabelo! Vamos começar pelo cabelo! Na verdade, vamos começar pela estética. Anda! 


Enquanto Hyo pintou seu cabelo em um tom azul, eu apenas cortei as pontas e fiz um babyliss. Não gosto muito de mudar, é estranho para mim mesma. Depois do salão, entramos em várias e várias lojas de roupa. Era engraçado pois, tudo Hyo achava bonito e queria levar. Ela fez questão de colocar a roupa nova, e me arrastou a fazer o mesmo. 


Compramos bastante coisas e nós divertimos muito. Tiramos algumas fotos onde ela postou cada uma no status. Hyo é maluca, e eu tenho sorte em ter ela na minha vida. Apesar das nossas " brigas " a gente se entendi, literalmente conseguimos ler a mente uma da outra. Principalmente quando é deboche.


- Hyo, você tá com a chave não tá? - Pergunto segurando as inúmeras sacolas de compra. 


- Claro! - Hyo diz pegando a chave e abrindo a porta do quarto de hotel. 


- Boa tarde...Nossa, eu gostei do cabelo Hyo. - Jimim diz assim que entramos no quarto. 


- Eu tô plena né? Eu sei. - Ela sorri. 


- Quer ajuda S/n? - Hoseok pergunta rindo da minha situação. 


- Eu quero. - Digo e ele vem até mim, pegando algumas das sacolas. - Obrigada! 


Enquanto Hyo contava para Jimin o que ela fez a tarde toda, eu optei por ir guardar as coisas, já que, se Hyo guardasse, seria tudo desarrumado. Reviro os olhos e caminho até o quarto, abrindo a porta rapidamente. 


- Ah meu Deus! Desculpa! Eu não sabia que você estava aqui. - Me viro imediatamente ao ver Jungkook colocando sua camisa. 


- Tudo bem. - Ele diz rindo, provavelmente da minha cara. - Pode se virar. 


- Desculpa, eu deveria ter batido na porta. Meu Deus, que sem educação eu sou. - O olho rapidamente. 


- Eu entendo. De um dia pro outro você tem que dividir o quarto com sete homens...deve ser estranho para você. - Jungkook me olha atentamente. 


- Na verdade, eu divido o quarto com cinco já que o Jin e o Namjoon dormem na sala... - Falo pensativa. 


- Verdade... - Jungkook encolhe brevemente os ombros. - Ficou muito lindo seu cabelo. 


- Ah.... - Abro a boca sem saber o que dizer. Como ele percebeu? Foi apenas um dedo no muito que cortei o cabelo. - Como você percebeu? 


- Tá diferente. Pode não parecer mas...talvez eu note muito você. - Jungkook pareceu arrependido em ter dito. - Enfim, eu v-vou indo! 


Jungkook passa por mim saindo do quarto rapidamente.


- Ele ficou vermelho. Que fofo. - Sussurro para mim mesma. - Um homem só nota a mulher por duas razões; ou ele gosta dela, ou ele é gay.... Acho que o Jungkook é gay! 



[...] 


Eu já estava cansada de arrumar as coisas. Passei literalmente a tarde toda tirando etiqueta, dobrando e guardando as roupas novas. Meus braços já estava até doendo. Isso me lembrou de quando comecei a pintar. Eu passava horas e horas praticando. Minha mão, meu braço, meu corpo doía e pedia descanso, mas eu sabia que aquele não era meu limite. O diferente de quando eu comecei a pintar e de dobrar as roupas, era que eu gostava de pintar. 


- Meu amor! - Hyo tira meu fone de ouvido me dando um susto. 


- Ah Hyo, que susto! - Coloco a mão no coração respirando fundo. - O que você quer? 


- Desculpa! Então, a gente vai sair! Quer ir com a gente? Diz que sim! Por favor! - Hyo pedi me fazendo querer mata-la. 


- Não, eu tô muito cansada. Andei o shopping inteiro com você e meus braços estão doloridos! Não mesmo. 


- Ah por favor! Você disse que fazia tudo que eu quisesse. - Hyo sorri maldosa. 


- Eu me odeio por ter dito isso. Meu Deus, como odeio! - Falo suspirando. 


- Isso é um sim? - Seu sorriso debochado me fez rir, e ela sabia que minha risada, foi a confirmação. - Se arruma em 30 minutos. 


Em 30 minutos não deu para fazer nada, já que, só 20 minutos Hyo ficou no banheiro. Tive que tomar um banho bem rápido e me arrumar de " qualquer jeito ". Apenas coloquei algo que me sentisse confortável e fui para sala esperar os meninos se arrumarem. 


- Eles não estão tomando banho todos juntos, estão? - Pergunto para Hyo. - Não que se estivesse teria problema é só que...


- Se eles estiverem, eu quero ir lá. - A olho incrédula. - Deus me livre, quem me dera. Mas não. - Como ela sabia que não? Eu não sei, porém dei de ombros e continuei a esperar. 


Não demorou muito e eles apareceram. Meu coração errou as batidas quando vi Jungkook, ele estava tão bonito. Parecia nervoso com algo, e eu deduzi que ele estava tímido, pois, quando ele fica tímido, ele fica nervoso. 


- Pegaram tudo? Identidade? Celular? - Namjoon diz olhando para os meninos e eles concordam. 


- É..alguem me explica uma coisa. - Digo e eles me olham com atenção. - Como vocês vão sair? Tipo, a festa ou algo assim? 


- Temos nossos contatos. - Jin sorri estranhamente. Confesso que fiquei com um pouco de medo. 



Acabou que realmente eles tinham seus contatos, entramos em uma vesta vip, cheia de famosos e realmente, eu achei que iria surtar. 


- S/n, aquele ali é o Jinhyung? - Hyo segura meu braço. 


- Eu nem sei quem é Jinhyung. - Digo a olhando. 


- Ele fez o dorama...deixa pra la! Vou lá tirar uma foto com ele! - Hyo sai me deixando sozinha. 


- Eu acho que ela vai infartar. - Olho para o lado vendo Jungkook. 


- Se ela não infartou quando viu vocês, ela não infarta mais. - Sussurro e Jungkook ri. 


- Só pra te avisar, eu não sou gay. - Ele diz me olhando. 


- O que? - O olho estranhamente. 


- Você disse, Um homem só nota a mulher por duas razões; ou ele gosta dela, ou ele é gay. Aí depois disse .... Acho que o Jungkook é gay! - Arregalo os olhos. - Eu não sou gay. 


- E-eh não foi isso que quis dizer e é feio escutar atrás da porta tá? - Eu estava desesperada naquele momento. 


- Eu não estava escutando atrás da porta. É que quando eu fui sair do quarto, eu esqueci meu celular. Voltei pra pegar e escutei. - Seu olhar para mim foi como se ele estivesse procurando algo. 


- Eu não sei o que dizer. Não tem nada a minha defesa. - Rio nervosa quando Jungkook sorri. 


- Tudo bem. Mas, você falou a verdade...ou não. Porém o homem realmente nota mais a mulher quando ele gosta dela... Eu não sabia que você tinha cortado o cabelo, só vi que estava um pouco menor do que na noite passada. Enfim, curti a festa.


Jungkook sorri para mim e saí me deixando sozinha novamente. Eu fiquei sem palavras. Ao mesmo tempo que ele é extremamente tímido, ele também é atrevido! 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...