História Eu não sou loca o BTS que é... ou melhor Kim TaeHyung é! - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lay, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Tags Adolescente, Bts, Drama, Escolar, Exo, Faculdade, Grupos Coreanos, Hentai, Irmãos, Jongin, Kim Taehyung, Kpop, Loucura, Romance
Visualizações 626
Palavras 451
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - 17


Fanfic / Fanfiction Eu não sou loca o BTS que é... ou melhor Kim TaeHyung é! - Capítulo 17 - 17

S/n on

Acordei ouvindo batidas na parede de meu quarto, abri os olhos e vi o pai de Tae na porta do meu quarto me olhando.

-Você se importaria de eu dar uma olhadinha na sua porta? -perguntou.

-Não, pode olhar, por favor. -falo sentando-me na cama reçonando. -Sr. Kim, desculpe-me pelo acontecido de ontem a noite, eu não dei uma boa impreção.

-Não se preocupe S/n, eu lhe entendo, sei que é dificil de ter uma mudança tão repentina, deve ser um choque para você. Você pode não ter perdoado sua mãe, mas sei que ela te ama...

-Eu não a perdoei, mas estou tentando me acostumar com essas mudanças. -falo.

Ele sorriu e foi dar uma olhada na porta. "Será que eu posso perguntar para ele?"

-Sr. Kim. -esperei que ele me olhasse para continuar. -Posso lhe perguntar sobre sua falecida esposa?

-O que você quer saber? -perguntou se voltando para minha porta.

-Como é ver uma pessoa com câncer pessoalmente? -perguntei.

-É mais dificil quando você tem traços com a pessoa, você vai perdendo as esperanças aos pouco. Mas por que a pergunta? Curiosidade ou você quer se tornar medica? -perguntou me olhando.

-Um pouco dos dois eu acho. -respondi.

-Se você quiser posso conseguir um primeiro emprego no hospital onde trabalho para você. -ofereceu sorrindo.

-Você é medico? Que demais! -falo animada. -Mas não vou poder, vou entrar na faculdade, não terei tempo para trablhar...

-Entendo. Mas saiba que a proposta ainda está de pé. Posso lhe apresentar medicos da sua idade na janta de amanha.-fala testando minha porta.

-Obrigada.

-Você vai jantar? -fala saindo do quarto.

Confirmo com a cabeça e o sigo para o primeiro andar. Entramos na cozinha e a mesa já estava posta, Tae ajudava minha mãe a colocar as últimas coisas na mesa.

-Não queimou né? -brinco olhando minha mãe colocar a forma em cima da mesa.

-Acho que não. -ela suspira coçando a nuca. -Eu acho.

Rio dela e me sento em meu lugar, os outros fazem o mesmo e começamos a jantar, estava bom, ela não havia queimado, Tae estava muito feliz, parecia que nunca tinha comido lazanha e não o culpo afinal não deve ter lazanha da onde ele vem.

[QDT]

Todos haviam subido para seus quartos, eu estava lavando a louça depois de implorar muito minha mãe finalmente sedeu. Terminei de lavar a louça, subi para meu quarto e mandei uma mensagem para Jongin.

Mensagem on

Eu: Ei Pandinha, minha mãe pediu que você viesse cedo para nós aproveitarmos que a casa estará vazia.

Pandinha: hmmm eu quero!! Não vou precisar te sequestrar... melhor ainda!

Eu: O que você está pensando aí?

Pandinha: Te conto amanha.

Mensagem off 


Notas Finais


Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...