História Eu não suporto você! - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Alzack, Aries, Bisca Connell, Cana Alberona, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jackal, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Sting Eucliffe, Virgo, Zeref
Tags Fairytail, Nalu, Romance
Visualizações 340
Palavras 2.049
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu realmente não levo jeito pra dar nome à capítulos kkkkkkkkkkkkk
Bom, espero que goxtem!
Boa leitura ❤

Capítulo 5 - Camisa branca.


- Porra, tinha que ser justo você rosinha. – ele olhou pra loira sem acreditar.

- Você que sai por ai sem olhar por onde anda e a culpa é minha? – ergueu uma sobrancelha – o que vai fazer a respeito disso?

Natsu apontou para a própria camisa – antes branca – que agora continha uma enorme mancha rosa. Ela encarou a cagada que fez e suspirou cansada, Lucy estava se esforçando pra se manter de pé, tanto pela bebida quanto pelo cansaço e a tontura.

- Bom, você vai encontrar um banheiro se seguir por aquele corredor e virar a esquerda – disse apontando para o fundo do salão – agora se vai estar vazio ou não já não é do meu controle. Se tiver sorte vai poder se limpar lá.

- É serio isso? E você não vai nem se desculpar? – a loira fez uma cara confusa – Ta vendo o estrago que fez né?

- É só uma camisa, rosinha. Relaxa, você deve ter várias. – piscou pra logo voltar a seguir seu rumo só que se desequilibrou e teria ido ao chão se um braço forte não tivesse envolvido sua cintura para impedi-la de cair – opaaa! Essa foi quase. – a loira deu uma gargalhada.

- Você ta bêbada? – perguntou ainda com ela em seu braço – Caraca Luce você não ta nada bem!

- Não sei, eu to? – afastou a franja da própria testa e estreitou o olhos como se aquilo a ajudasse a enxergar melhor – E é Lucy, não se esqueça. – de repente a loira começou a rir novamente e Natsu piscou sem entender nada – Pode me soltar agora Dragneel.

Natsu nem percebeu que ainda a segurava então logo a largou se sentindo... estranho? Lucy fez um sinal com a mão o chamando como se dissesse “vem" e começou a andar pelas pessoas então ele a seguiu sem entender nada. O rosado percebeu que ela tinha o trazido até o banheiro mas não sabia o porque até que se assustou com o que a loira disse em seguida quebrando o silêncio.

- Tire a blusa. – ela ordenou o deixando estático “o que essa louca ta querendo meu Deus?” pensava – Vai tirar ou não?

Natsu hesitou – sim ele mesmo, o próprio, hesitando pra tirar a roupa diante de uma mulher - mas logo em seguida resolveu obedecer. Desabotoou os botões de cima a baixo e não tirou os olhos da loira por um segundo se quer, tentando decifrar sua expressão nula. Então quando ele ia falar alguma coisa ela pegou a camisa de suas mãos e saiu, o deixando ali sozinho, sem entender nada e com o dorso nú.

Encostou as costas na parede fria e levou a mão aos cabelos, bagunçando os fios e logo se sentou no chão de azulejos brancos. Passou alguns minutos até que viu a loira entrando pela porta o deixando mais confuso ainda. Ela tinha uma peça de roupa preta em uma das mãos e na outra uma sacola com algo que parecia sua camisa de antes e que parecia molhada. Lucy estendeu a roupa em sua mão pra ele e ao desdobra-la percebeu que era uma camisa polo de seu tamanho.

- Eu pedi ao Laxus pra emprestar uma já que ele deixa umas roupas aqui de vez em quando. Talvez fique um pouquinho larga por ele ser maior mas deve servir. E sobre a camisa não se preocupe eu dei uma lavada de leve e parece que não vai ficar manchada. – ela explicou fazendo as coisas ganharem sentido “Isso, a mancha na camisa, no que eu tava pensando? Tava na cara que era isso".

- Oh sim, obrigada. – vestiu a camisa preta e tentou arrumar os fios róseos que estavam esparramados – Você ta melhor? Parece menos bêbada.

- Joguei uma agua na cara quando estava lavando isso – apontou pra sacola que já estava em mãos do rosado. – agora preciso voltar pras minhas amigas, tchauzin- Lucy estava pronta pra sair daquele lugar mas foi surpreendida por duas pessoas que entraram abruptamente no recinto aos beijos assustando tanto Natsu quando a loira.

- Gray?

- Juvia?

Os dois se soltaram quando ouviram as vozes os chamando e então tomaram fôlego e não encararam os dois à sua frente por vergonha. O moreno fingia ter algo muito interessante no teto pra olhar e Juvia não sabia a onde enfiar a cara.

- É... Lucy oi, tava te... procurando – a azulada disse sem graça tentando disfarçar.

- Me procurando na boca do Gray? – Natsu segurou o riso mas falhou soltando um riso nasal que não passou despercebido da loira que também segurava pra não rir – Bom, podem continuar eu já estava de saída e não tenho nada a ver com isso mesmo, somos adultos, não? – olhou pro rosado como se dissesse um silencioso “vamos deixar eles sozinhos" e o mesmo entendeu o recado se levantando do chão e indo em direção a porta mas não antes de sussurrar no ouvido do amigo.

- Se deu bem hein garanhão.

- Você também palito de fósforo – sussurrou de volta recebendo uma careta confusa do amigo e então se virou pra Lucy pra falar normalmente – bom te ver de novo loira.

- Digo o mesmo Doutor, só não esqueça de devolver minha amiga depois viu? – Gray assentiu e então logo Lucy e Natsu estavam fora do banheiro, no corredor.

Encostaram em uma das paredes e quando se entreolharam desataram de rir juntos pela situação constrangedora dos amigos.

- Eles pareciam dois adolescentes – Natsu limpava lagrimas de riso que se formavam nos cantos de seus olhos.

- Você viu a cara da Juvia? Parecia um pimentão – e então os dois caíram nas gargalhadas novamente. A barriga de ambos já doía de tanto rir assim como seus maxilares.

- Meu Deus, isso foi hilário. Preciso de agua, quer? – Natsu apontou em direção ao fim do corredor que dava direto no bar.

- Quero, vamos. – Lucy disse sorrindo, sem perceber.

O sorriso da loira fez algo dentro do estomago de Natsu se remexer, o fazendo engolir em seco mas logo o mesmo deduziu que seria fome então seguiu em silêncio até o balcão com Lucy atrás de si.

O lugar ainda estava cheio mais não tanto quanto antes a maioria das pessoas estavam sentadas com seus grupinhos em volta de mesas conversando animadamente e já não tinha tanta gente dançando. As amigas de Lucy tinham se juntado no balcão e quando viram ela chegando com Natsu ficaram com os olhos arregalados. Principalmente Bisca e Mira.

- Senhor Dragneel? O que faz aqui? – A esverdeada perguntou assustada com a presença do chefe no lugar.

- Natsu a Lis ta com você? – dessa vez foi Mirajane quem perguntou e o mesmo negou com a cabeça.

- Vim visitar meu padrinho Bisca – disse apontando para Makarov que estava agarrado em uma mulher que aparentava ter uns 28 anos – e me chame apenas de Natsu, não estamos no serviço pra tanta formalidade.- sorriu sem mostrar os dentes vendo a esverdiada assentir - Eu e Lisanna terminamos Mira, ela não te contou?

Todas o olharam meio pasmas menos Lucy que parecia nem estar ligando pois estava distraída pegando gelo pra por em sua água.

- Oh deve ser por isso que ela não atende as ligações. – A albina disse com um semblante pensativo.

- Ei mestre!? Por que não nos disse que tinha um afilhado? Achei que era só você e Laxus. – Cana perguntou bebericando um gole de cerveja.

- Esse renegado ai só aparece quando quer – Disse Laxus surgindo de surpresa.

- Você sabe que eu sou ocupado cara – Natsu se justificou passando as mãos pelos cabelos desconcertado– Ei Luce me passa o gelo.

- Já falei que é Lucy – disse lhe passando três cubos de gelo.

- Vai embora com quem? – Laxus perguntou pra loira – Você é a única que mora em direção contrária a de todo mundo e ta tarde pra caramba. – preocupado como sempre.

- Eu sei me virar grandalhão. – Lucy disse mas logo pareceu mudar de ideia – Ei... você poderia deixar eu ficar com a sua cama daqui hoje né. – não estava nem um pouco afim de ir pra casa que era do outro lado da cidade.

- Não. O meu apê ta em reforma e eu já... tenho planos pra aquela cama hoje – disse olhando pra albina, o que não passou despercebido pra loira e ninguém mais pareceu notar.

- Tsc. Merda. Aproveite então os seu planos. – fez uma cara emburrada mas estava feliz pela dedução de o que seria os planos do loiro.

- Ei gente, vamos? – Juvia tinha voltado com o moreno atrás de si.

- Uii quem é o boy Ju? – Erza perguntou cheia de malícia provocando a azulada.

- Gray Fullbuster, prazer. – o moreno cumprimentou as meninas e se virou pra Natsu que brincava com um canudinho em seu copo de água – Deixa a gente na empresa? Preciso pegar meu carro.

Natsu entendeu de primeira e então passou uma ideia maluca por sua cabeça e quando viu já tinha falado em voz alta.

- Luce você mora pra qual lado? – ela o olhou surpresa pois não esperava por aquilo e hesitou em responder.

- Sul... – O rosto de Gray pareceu se iluminar.

- Vem com agente, a Juvia vai também, Natsu pode te deixar em casa já que é pro sul que ele vai mesmo.

Lucy fitou a amiga por um instante e a viu corar, sabia o que a danada estava indo fazer então resolveu acompanha-la nem que fosse até metade do caminho.

- Tudo bem então, vamos?

Os quatro se despediram dos demais e foram em direção ao carro do rosado. Natsu tateou os bolsos da calça social em busca das chaves e quando as achou tratou de desligar o alarme da Land Rover branca pra destravar o carro e logo estavam em movimento indo para a empresa pegar o carro de Gray.

- É aqui que nos despedimos loira. – Gray disse na janela de Lucy com Juvia ao lado dele.

- Lu, liga pra Cana quando chegar, pelo visto o Laxus vai estar ocupado pra ver se ela vai entrar em coma alcoólico ou não. – a azulada deu uma risadinha sendo seguida pela amiga, Mira tinha contado seus planos com o loiro pra Juvia e ela adorou.

- Pode deixar que eu ligo. Juízo vocês dois viu!

- Vai agora desencosta do meu carro stripper. – Natsu falou fazendo um gesto de “xô pra lá" com mão. Gray estava pra se afastar quando parou e encarou Natsu de fora o deixando confuso.

- Você não tava com uma camisa branca? – indagou o moreno com uma sobrancelha arqueada pro amigo.

- Aconteceu um acidente – olhou discretamente pra Lucy – e eu tive que trocar.

- Ah sim, entendo. Ta bom, até logo então meu amor – fingiu uma voz melosa pro rosado - e até mais Lucy.

- Vaza filhote de cruz-credo. – Natsu brincou e Lucy deu um aceno em despedida com a mão.

Lucy passou o seu endereço ao rosado e logo o silêncio se instalou dentro do veículo. Ele se focava nas ruas e avenidas e ela olhava distraidamente as casas passarem rápido através do vidro da janela. Chegaram até que rápido em frente ao prédio da loira e demoraram mais alguns minutos quietos, ambos mergulhados em pensamentos. A loira pigarreou chamando a atenção de Natsu pra si.

- É... foi mal pela camisa e obrigada pela carona. Até que você nem é tão ruim quanto eu pensei.

- Sabia que logo cairia em meus encantos, afinal não há quem resista né – arriscou uma brincadeira, fazendo a loira o encarar com cara de “é serio isso?”.

- Esquece o que eu falei, você é uma peste! – Natsu não sabia se ela estava brincando ou falando serio mas ficou tranquilo ao ver um sorriso ínfimo nos lábios rosados da loira. – Bom, valeu.

Lucy não demorou a descer do carro e fechou a porta seguindo em direção ao prédio sem olhar pra trás. Não precisava olhar mas sentia uma estranha vontade de dar um olhadela por cima dos ombros. “mas que porra" pensou confusa.

O Dragneel possuía um largo sorriso no rosto e mesmo que se quisesse não o conseguiria o fechar tão cedo. Não entendia o que estava acontecendo e apenas balançou a cabeça e logo ligou o carro saindo dali.


Notas Finais


Aaaaaaaaaaaaa eu morro de amores por esses dois, quatro na verdade tem a Juvia e o Gray tbm.
NÃO, SEI É SEISSS eu tinha esquecido da Mira e do Laxus kkkkkkkkkkkkk
Mas enfim, é isso, espero que tenham gostado! Beijinhos e até a proxima ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...