História Eu não vivia antes de você... - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inuyasha, Kagome, Miroku, Rin, Sango, Sesshoumaru
Visualizações 82
Palavras 1.260
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá mais um capítulo....

Capítulo 14 - Eu estava errado....


Fanfic / Fanfiction Eu não vivia antes de você... - Capítulo 14 - Eu estava errado....

E assim os dias se passaram no decorrer da semana Rin e Sesshomaru continuaram suas vidas claro que mesmo mas nas noites em que dormiram separados ainda trocaram mensagens Rin se sentia em um perfeito cinto de fadas durante a semana ela e Sango perceberam que kagome estava com um comportamento meio estranho ela estava sempre conversando por mensagens com alguém e vivia sorrindo sem um motivo aparente até que elas não se aguentaram e na quinta feira decidiram começar o interrogatório.

Sango – kagome Rin pediu para que assim que você puder ir até a sala dela ela precisa muito falar com você? - disse e se retirou indo até a sala de Rin para esperar por kagome e ficaram conversando coisas aleatórias até que kagome entra na sala e ve dois pares de olhos curiosíssimos sobre ela é logo percebe que teria que se explicar mas deixaria que elas fizessem as perguntas então resolveu se fazer de inocente.

Kagome – queria falar comigo Rin? – falou como se já não soubesse do que se trata

Rin – kagome te conhecemos bem de mais para saber que você é bem mais esperta e sabe muito bem o que queremos então... – Rin é cortada por uma Sango impaciente e curiosa.

Sango - ... desmbucha logo qual o motivo de tantos sorrisos?? Suspiros?? E saídas sem explicação estranhamente sozinha????

Kagome – nossa quanta pergunta ... eu não falei nada pois era exatamente isso que. Eu queria evitar sem neura é só um amigo bom pelo menos por enquanto.

Sango – você sabe que não se beija amigo na boca e nem trança com eles nÉ?? – disse com um sorriso muito malicioso e um sarcasmo sem igual. Dito isso kagome se rendeu afinal elas não desistiram mesmo

Kagome – ok, olha só não surtem tá legal? Eu estou saindo com um cara sim – nesta hora Sango e Rin soltaram um sonoro grito - vou é disso que eu to falando não fiquem imaginando coisas durante algum tempo na verdade dês de que seus pais desapareceram Rin eu comecei a sair para cafés esporádicos com esse amigo e acabei descobrindo que temos bastante coisas em comum.

Sango e Rin bem piscavam prestando atenção até que Rin decidiu perguntar o que as duas já estavam loucas para saber.

Rin – e esse “amigo” tem nome ou teremos que o chamar de amigo?? Kagome respirou fundo e disse.

Kagome – tá bom eu digo mas não gritem e nem julguem tá Bom? – as outras duas concordaram com um aceno de cabeça kagome respirou fundo e largou – Inuyasha. – as meninas ficaram 30 segundos processando até que bum a internet conectou elas começaram a esboçar um sorriso gigante.

Sango – hum pelo visto os Taisho delícia são realmente delícia...

Rin – não posso negar Sango mas estou chocada, kagome a puritana pegando o sócio

Sango – pois é, nem parece coisa de kagome...

Kagome – ei parem de falar como se eu não estivesse aqui... E eu não estou pegando ninguém somos amigos.

Sango – então quer dizer que você não acha ele um pecado de tanta gostosura.

Kagome – bem eu não disse isso mas...

Rin – mais nada, se você está preocupada com a HIGURASHI e NATSUHI pode ficar tranquila não tem nada a ver...

Sango – na verdade estaremos a seu lado não se preocupe.

Kagome – obrigada meninas, mas a verdade é que acho que seremos só amigos mesmo ele saiu de um relacionamento conturbado e nos nunca falamos nada a respeito de um relacionamento todas as vezes em que saimos foi apenas na amizade nunca um encontro. – podia se ver a frustração nos olhos de kagome mas as meninas a apoiariam de qualquer forma

Rin – ah é mesmo kagome quase esqueci eu e Sango queríamos saber o que você acha de uma pequena reuniazinha entre amigos? La em casa, bem eu acho que seria uma boa para que o Sesshomaru conheça o pessoal e tal.

Kagome – é uma ótima ideia.

Sango – é uma ótima oportunidade de levar o seu “amigo” – todas tiram com o tom de voz de Sango carregado de malícia.

Kagome – vou ver se ele quiser ir eu levo. Mas agora preciso ire trabalhar.

Rin – não vai almoçar?

Kagome – não eu tenho uma reunião de conciliação vou mais tarde.

Rin – e você Sango me acompanha?

Sango – claro por que não.

Ao saírem da sala todas conversando alegremente Rin congelou por dois segundos mas logo abriu um largo sorriso ao ver Sesshomaru sentado na sala de espera lindo, perfeito como sempre e junto com ele alguém que despertou um olhar irritado de Sango, era o sócio tarado da Taisho’s corp.

Sesshomaru – passei aqui para ver se você vai almoçar agora?

Rin – ah claro estava indo agora mesmo com Sango se não se importar...

Sesshomaru – por mim tu do bem, afinal Miroku também vai nós tinhamos uma reunião aqui perto. – Rin percebeu o incômodo de Sango com a situação mas quando foi falar algo Sango a interrompeu pous sabia o quanto Rin gostava de estar com o namorado mas também sabia que ela jamais deixaria uma amiga sozinha era capaz de ela inventar qualquer desculpa para não deixa-la sozinha.

Sango – é claro que não tem problema só vamos pegar as bolsas. – Sango quase arrasta Rin para o escritório – não se preocupe Rin eu posso sobreviver a um almoço com aquele retardado por você e o senhor tentação.

Rin – não sei por quer não gosta dele afinal é nosso sócio também, mas se te causa desconforto não irei te obrigar.

Sango – é uma longa história tudo o que precisa saber é : em hipótese alguma me deixe sozinha com ele, bom vamos seu sonho te espera – é assim saíram da sala uma Sango com cara de tédio uma Rin confusa e nesse clima gostoso só que não foram almoçar, kagome já tinha saído para seu compromisso.

Ao chegarem ao restaurante Rin ia tagarelando alegremente com Sango Sesshomaru apenas prestava a atenção em silencio e Miroku estava impressionado em ver Sesshomaru tão interessado naquela garota ele por ser amigo de infância dos Taishos sabia que o youkay nunca se interessava por ninguém era apenas um jogo onde sexo era o único objetivo mas ali naquele momento ele percebeu que ali estava a mulher que mudaria o Dom Juan seria alguém tão doce, alegre e pequena sim por que a diferença de tamanho era gritanteela era o completo oposto das outras mulheres com quem Sesshomaru saiu ela consegui chamar a atenção não por ser vulgar mas por ser bonita e transmitia uma simpatia sem igual, neste momento os olhos de Miroku foram parar um pouco mais para o lado mais precisamente nas curvas de Sango que com a saia lápis preta e a camisa social roxa eram ainda mais realçadas mas então ele começou a prestar a atenção na conversa das duas e percebeu que elas não estavam falando futilidades de mulher mas estacam discutindo sobre alguns assuntos relacionados a empresa mas falavam sorrindo como se aquilo lhes desse extremo prazer ele então percebeu o quanto foi idiota no dia em que conheceu Sango sim ela era realmente linda mas isso não lhe dava o direito de menosprezar seu intelecto afinal ela tinha ido a empresa a trabalho e ele foi o maior babaca da face da terra claro que aquele papinho já havia funcionado inumeras vezes com outras mulheres mas aquelas que queriam o sucesso sem suar a camisa o que ele definitivamente não vou em nenhuma das três mulheres ali ele já havia conhecido kagome em outra ocasião e agora teria que se redimir com ela só não sabia como ainda.


Notas Finais


É isso até a próxima....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...