História Eu não vou morrer por você - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Derek Hale, Isaac Lahey, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Personagens Originais, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski, Theo Raeken
Tags Gay, Histórias Originais, Novela, Romance, Scisaac, Sterek, Teen Wolf, Thiam, Universo Alternativo, Yaoi
Visualizações 50
Palavras 2.456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem
Próximo capítulo provavelmente sterek mas não tenho certeza.

Capítulo 8 - Brincadeira


*capítulo anterior*

Fico  com sede e decido me levantar para beber água. Me levanto e vou em direção a cozinha, como o lobo me segue pergunto mesmo sem saber se ele vai me entender

Stiles: quer água?

O lobo balança a cabeça em afirmação, acabo me surpreendendo por ele ter entendido e ainda me respondido. Pego uma vasilha, coloco água e a ponho no chão. Ele bebe um pouco e depois volta a me encarar

Stiles: O que foi Derek. Precisa de alguma coisa?

Nesse momento ouço o meu celular vibrando, vejo no visor quem estava me ligando, quando vejo que era Peter fico animado para saber se ele tem algo que possa me ajudar.

*agora*

*Theo on*

Saímos do Loft do Derek e fomos direto para a casa do Liam. Chegando lá fomos almoçar, depois do almoço ficamos vendo televisão até umas seis horas, quando começamos a ficar com fome novamente fui na despensa ver o que tinha para nós comermos mas infelizmente a criatura não tinha ido no supermercado e ja tinhamos comido tudk no almoço então adivinha só, não tinha nada para comer

Theo: Liam não acredito que você não comprou nada para você comer. Como você pretendia sobreviver em?

Liam: Eu não sei tá bom? Eu só acabei esquecendo de comprar mas sabe, eu acho que foi por um bom motivo tipo quase ser morto ou ter uma reunião com a pack e quase atacar o meu próprio alfa para proteger uma quimera malvada.

Theo: Ok, bom ponto. Mas sério que você pensou em atacar o Scott?

Liam: claro que sim, ele ia te machucar. O elo me forçou a te proteger, apesar de eu achar que você merecer uns bons tapas de vez em quando.

Theo: ainda bem que eu sou sua âncora e consegui te segurar antes que você atacasse o Scott. Você ia apanhar muito, e eu ia apanhar junto só que a distância.

Liam: E Eu achando aqui que você ia falar que eu não podia atacar meu alfa e que isso ia causar problema na alcateia. Mas não você de cara me diz que eu ia apanhar.

Theo: meio que era óbvio que você ia apanhar.

Liam: nem sei porque eu ainda espero coisa boa vinda de você. É uma perda de tempo.

Theo: assim você me ofende

Digo colocando a mão no peito enquanto faço cara de ofendido. Liam apenas me olha, levanta uma sobrancelha e acaba dando risada.

Theo: olha que milagre....consegui fazer o pequeno beta dar risada. Acho que nossa relação de ódio está evoluindo

Liam: falando nesse negócio "relação evoluindo" você viu o Derek e o Stiles ?

Theo: vi sim, acho que a âncora do Derek é o Stiles ele só não se deu conta disso.

Liam: provavelmente, mas assim que ele perceber, vai ficar mais fácil de controlar a transformação. Acredito que o lobo dele já saiba disso.

Theo: só o Derek que é tapado e ainda não percebeu.

Liam: Theo você poderia parar de implicar com as pessoas, assim aposto que elas gostariam de você.

Theo: não depois de tudo que eu fiz. Ninguém seria capaz de esquecer tudo aquilo.

Liam: Eu não esqueci, mas eu te perdoei.

Theo: você é diferente.

Liam: porque eu sou diferente ?

Theo: É diferente porque você está sendo forçado pelo elo.

Liam: na verdade não, eu ja tinha te perdoado antes mesmo de descobrirmos sobre essa ligação.

Theo: Eu não acredito, isso não é possível, eu quase fiz você matar seu alfa. E depois eu mesmo o matei.

Liam: se não acredita em mim, escute o meu coração e me diga se eu estou mentindo ou não.....Eu te perdoei Theo, e não foi por causa do elo. Viu, eu não estou mentindo.

Theo: Ok, mas você é o único.

Liam: pelo menos assim não vou ter que dividir sua atenção com mais ninguém.

Theo: não sabia que você queria a minha atenção. Se você queria era só me falar, pequeno. Não precisa ficar triste.

*Liam on*

Liam: nossa que engraçado Theo. Estou morrendo de rir.

Digo sarcásticamente e finjo uma risada. Ele vem em minha direção e me abraça.

Liam: Theo você está bem? Você está me abraçando, você bateu a cabeça?

Theo: só cala a boca Liam. Foi você que disse que queria a minha atenção. Toma ela então.

Liam: muito obrigado Theo, você é muito generoso.

Digo sarcásticamente e o abraçando mais forte ainda. Segundos depois sinto o nariz dele em meu pescoço, logo em seguida sinto uma onda de alívio e tristeza. São sentimentos dele, ele deve estar aliviado por alguém ter perdoado ele mas mesmo assim triste por eu ter sido o único. Não resisto e começo a fazer carinho em sua cabeça, sinto que ele preciona ainda mais o nariz dele em meu pescoço. Depois de algum tempo as emoções dele se estabilizam e eu resolvo perguntar

Liam: o que você acha de pedirmos pizza?

Theo murmura alguma coisa mas por estar com a cabeça escondida não consigo entender

Liam: Theo, eu não entendi nada do que disse.

Theo: eu disse que pode ser.

Liam: oks mas você precisa me soltar para eu conseguir fazer o pedido.

Theo me solta e vai andando em direção ao meu quarto. Ele para na metade da escada e fala

Theo: vou tomar banho enquanto isso.

Liam: tá, tem toalha no segundo armário a direita.

Theo: tá bom, obrigado.

Enquanto isso faço o pedido de duas pizzas. Após 15 minutos escuto Theo descer as escadas. E para a minha surpresa ele está só de toalha. Porque diabos ele está só de toalha. É porque diabos ele é tão bonito. Eu preciso contar para o Mason sobre isso. Será que ele é bonito assim mesmo ou é o elo que faz eu achar ele perfeito.

Theo: Eu sei que eu sou muito gostoso, mas você poderia prestar atenção enquanto eu falo com você?

Liam: você é gostoso e convencido isso sim.

Theo: pelo menos você assume que eu sou gostoso. Enfim...então eu não tenho roupa aqui, você pode pegar para mim na caminhonete? Está na minha mochila.

Liam: É perigoso sair agora, vai que eu sou atacado de novo. Veste uma roupa minha é amanhã de manhã eu pego suas roupas.

Theo: você sabe que eu sou maior que você não é mesmo, vão ficar minus-

Liam: o que foi?

Theo: shhhh, tem alguém aí fora.

Diz Theo vindo em minha direção, deixando a toalha cair e se transformando em coiote. Ele para na minha frente ficando entre mim e a porta. Alguns minutos depois a campainha toca. Acabo de me lembrar....deve ser o cara da pizza. Quando vou abrir a porta Theo me impede.

Liam: ei Theo relaxa, deve ser só o cara da pizza, ele não vai me machucar.

Theo então se afasta da porta mas mesmo assim fica perto de mim. Eu abro a porta e vejo um cara com as minhas pizzas. Eu entrego o dinheiro, pego as pizzas e ele parece reparar em Theo.

Entegador: que lindo o seu cachorro, como ele chama?

Liam: ele se chama.....almofadinhas.

Entregador: nome legal. E você, qual é o seu nome ?

Liam: Eu me chamo Liam, prazer.

Quando vou apertar a mão do entregador ouço Theo rosnar. Paro o que ia fazer no mesmo instante.

Entregador: parece que seu cachorro tem muito ciúmes de você com outras pessoas.

Liam: sim, ele é um cachorro muito ciumento. Mas é o melhor cachorro que eu poderia ter.

Falo encarando diretamente o Theo. Volto a encarar o cara que estava o na minha frente quando ouço ele falar

Entregador: desculpa perguntar assim desse jeito, mas posso pedir seu número?

Pera, o cara da pizza está dando em cima de mim ? Estou chocado, nunca nenhum cara deu em cima de mim. Ouço Theo rosnar mais alto dessa vez e sinto que ele vai atacar o entregador a qualquer momento, então para garantir a segurança do cara da pizza decido encerrar a conversa

Liam: desculpe mas eu já namoro um cara. Foi mal.

Entregador: ah, tudo bem então, bem...boa noite, adorei seu cachorro.

Liam: obrigado. Tchau.

Fecho a porta e a tranco novamente. Vou para a cozinha deixar as pizzas por lá e quando volto para a sala, Theo já está em forma humana novamente e com a toalha amarrada na cintura.

Theo: achei que ia ter que atacar o cara para ele ir embora.

Liam: que cachorro mais ciumento. Não deixou nem o cara dar em cima de mim.

Theo: ele não cheirava bem, não ia dar certo o relacionamento. É você mesmo disse que namorava um cara. Então você ia recusar ele de todo jeito.

Liam: achei que você ia matar ele.quandk ele pediu meu número, não sabia que você era tão ciumento assim Theo.

Theo: pelo menos eu não menti para um pobre coitado. Com quem vocenamora em Liam?

Liam: com você Theo, vou namorar com você a partir de agora... então não precisa ter ciúmes ta bom, amor?

Theo: eu vou me vestir da licença, sair daqui antes que sua loucura me contamine.

Liam: só não demora tá amor ? Vou ficar com saudades se você não vir logo.

Theo: já que é assim vou entrar no seu jogo. Sendo assim....já volto meu amor, só vou me vestir. Não precisa ficar triste tá?

Ouço Theo subir as escadas e logo em seguida abrir o meu guarda roupa. Minutos depois ele aparece na cozinha já vestido. Ele adentra a cozinha e me ve sentado em cima da pia, ele se aproxima de mim, fica entre as minhas pernas e diz

Theo: Sentiu saudades pequeno?

Liam: muita, amor.

Theo apoia suas mão em minhas coxas, aproxima seu rosto do meu e me dá um beijo a bochecha, coro na hora.

Theo: vamos comer pequeno?

Liam: vamos, quer assistir TV enquanto comemos?

Theo: quero, você vai ligando a TV enquanto eu pego a pizza?

Liam: por mim tudo bem, só me dá licença que eu preciso descer da pia tá amor?

Theo: Eu te ajudo amor...

Ele diz já levando suas mãos até a minha cintura, ele me ergue e depois me coloca no chão ainda segurando minha cintura. Já que ele vai continuar nessa brincadeira, eu que não vou dar para trás, eu com certeza não vou perder. Pensando nisso digo

Liam: amor, você não acha que essa blusa ficou muito justa em você? Acho melhor você tirar se não quiser que ela te aperte.

Theo: boa ideia, você me ajuda pequeno?

Liam: com prazer amor.

Até onde que ele vai nessa brincadeira. Tenho certeza que alguma hora ele vai se irritar e vai brigar comigo. É so esperar e ver. Enquanto isso ajudo Theo a tirar a blusa que realmente tinha ficado pequena nele devido a nosso diferença de altura. Após ter tirado a blusa dele fico na ponta dos pés, coloco minhas mãos no peito dele e dou um beijo em sua bochecha, logo depois sussurro em seu ouvido.

Liam: você é muito bonito Theo....bom eu vou na frente e ligar a TV tá amor?

Vejo que ele se arrepia, quando sususro em sua orelha, parece que eu achei um ponto fraco. Bom saber, bom saber....

Saio da cozinha e vou para a sala, pego o controle e fico em pé na frente da televisão tentando achar alguma coisa boa para vermos.

Ouço Theo se aproximando e deixando os pratos em cima da mesinha de centro. Logo depois sinto ele me abraçando por trás e enterrando o nariz em meu pescoço, soltando uma suspiro, fazendo com que eu me arrepie por inteiro.

Liam: pescoço não vale, o pescoço é golpe baixo.

Theo: parece que também descobri seu ponto fraco. Agora estamos empatados né pequeno ?

Liam: parece que empatamos então. O que faremos para desempatar?

Theo: não sei, o que você sugere?

Liam: não sei, decidimos depois da pizza.

Theo: Ok, depois da pizza.

Apesar de termos decidido que iríamos comer, continuamos abraçados por um tempo até que eu digo

Liam: Eu sei que você me ama mas você precisa me soltar para nós comermos.

Theo: verdade.

Ele me solta e logo sinto minhas costas ficarem geladas. Ele não estava mais ali, me sinto triste por um segundo mas lembro que vou comer pizza, logo a tristeza vai embora.

Me sento ao lado de Theo no sofá e começamos a comer. Se passa uma hora desde que sentamos no sofá o tempo começou a esfriar. Como estou com preguiça de pegar um cobertor me viro para Theo e falo

Liam: Theo, você não quer se transformar e coiote para eu poder abraçar você e me esquentar?

Theo: sério liam? Você quer me usar como um cobertor ?

Liam: vai por favor.

Theo: Que tal nós irmos dormir em? Assim a lua não nos afeta tanto e você pode se esquentar.

Liam: tudo bem então.

Nos levantamos, fomos para o meu quarto, dei uma escova para Theo e fomos escovar os dentes. Após terminarmos tudo, vou até o meu armário e pego uma blusa me grande, tiro a minha roupa ficando só de cueca na frente dele e logo em seguida coloco a blusa. Assim que coloco meu pijama ando na direção do Theo, seguro sua mão e digo.

Liam: vamos dormir meu amor?

Theo: claro pequeno.

Saio o puxando pela mão até a minha cama, me deito primeiro e fico olhando que ele ainda está de pé.

Liam: o que foi ?

Theo: tem certeza que quer continuar na brincadeira?

Liam: absoluta, não vou perder para você.

Theo: já que você insiste.

Theo finalmente se deita ao meu lado, e nos cobre. Após algum tempo decido me aproximar e colocar uma perna minha sobre a dele. Algum tempo depois sinto ele por sua mão em minha cintura e me puxar para mais perto. Quando vejo já estamos abraçados novamente. Eu paro para pensar um pouco e vejo que mesmo isso seja apenas uma brincadeira eu sinto como se para mim fosse mais do que isso, para mim isso poderia ser real, eu não sei se e por conta da ligação ou se sou eu mesmo mas acho que eu estou apaixonado pelo Theo.

Não sei de onde eu tiro coragem mas resolvo que é melhor contar para ele agora. Pique se ele descobrir depois pode ser pior.

Liam: Eu Theo, preciso te falar um negócio.

Theo: pode falar pequeno.

Sinto que cada hora fico mais nervoso. Pelo visto ele percebe e por isso começa a mexer a mão que estava em minha cintura me fazendo carinho.

Liam: Theo, eu não sei se é por causa do elo ou se sou eu mesmo, mas eu não estou achando ruim essa "brincadeira" para mim isso é confortável, é gostoso e parece certo para mim.

Eu acho que eu estou apaixonado por você Theo, desculpe por isso. 


Continua....


Notas Finais


Acho que ficou meloso de mais, mas espero que tenham gostado. Eu tentei colocar um tom de brincadeira e romance ao mesmo tempo. Bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...