História Eu nunca imaginei - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias After, Riverdale, Shadowhunters, Skam (Vergonha)
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Clary Fairchild (Clary Fray), Elizabeth "Betty" Cooper, Personagens Originais, Vilde Hellerud Lien, William Magnusson
Visualizações 9
Palavras 1.070
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura🔥

Capítulo 2 - Duplas anuais


Fanfic / Fanfiction Eu nunca imaginei - Capítulo 2 - Duplas anuais

A aula ocorre como de uma forma tranquila, professores comuns falando sobre eles e sobre como suas matérias são importantes.

Bem, enquanto o professor fala sobre ele, percebo mesmo estando sentada ao fundo que tem alguém me encarando, olho para frente e vejo os olhos claros de Willian em mim, talvez só esteja pensando na próxima coisa idiota que pode me dizer. Olho para ele também por um pequeno momento o analisando, depois volto a olhar para o professor. Não é bem uma aula, é mais uma apresentação, o professor Fred fala sobre o quanto física foi importante na vida dele, mas eu não consigo prestar nem um pingo de atenção.

A aula toda é assim, até começar os nomes das duplas anuais, para minha sorte ano passado fiz dupla com a Megan, ela é ótima mas não está na minha classe de física nesse semestre. Eu não me imagino com outra pessoa, só de pensar que posso acabar fazendo dupla com a Elizabeth ou o Willian meu sangue já ferve.

- Bem alunos, as duplas anuais não serão trocadas de forma alguma, se tiverem algum ressentimento é melhor esquecer até o ano acabar. - ele nos olha, a sala toda esta reclamando, não sei porque se foi assim no primeiro semestre. - Não adianta reclamar, já deviam estar acostumados, sei que aqui é faculdade, mas uma dupla anual é melhor para nós e para vocês.

Por nós ele quer dizer os professores, são eles que sempre saem ganhando em tudo, na maioria das vezes nossa dupla é uma pessoa que nos odeia ou simplesmente alguem que não estava afim de fazer os trabalhos conosco. Um verdadeiro porre!

- Melhor para quem? - a voz de Willian surge fazendo o professor e os alunos se calarem.

- Melhor para todos, e como eu havia dito não adianta reclamar. - Willian revira os olhos e fica em silêncio.

Nas mãos do professor tem duas pequenas caixas, uma com nomes femininos e outra com nomes masculinos. O sorteio começa, para minha sorte o primeiro nome a sair é o de Hero, ele é chato e anda com o Will, e para minha sorte ele vai fazer dupla com a Betty. O professor continua e os alunos ainda estão reclamando, revoltados com suas duplas.

- Willian e…..- eu não por favor... Eu não... - E Clary.

- O quê? - eu e Will dizemos ao mesmo tempo. Se fosse um trabalho só tudo bem, mas é uma dupla anual! Não quero fazer dupla com ele. Olhamos um para o outro, estamos aparentemente irritados.

- Não vai rolar. - Willian diz irritado e revirando os olhos.

- Eu tenho que concordar com ele dessa vez. - digo olhando para o professor.

O professor sabe que Will me trata mal, aposto que por ele seria mudado. Ele nos olha por um instante talvez pensando em possibilidades para eu não ter que fazer o trabalho com o Will. Espero que ele ache alguma, pois seria uma merda passar o resto do ano fazendo os trabalhos com ele.

- Está bem… Clary você vai fazer dupla com o Hero, e Elizabeth com o senhor William. E não se fala mais nisso.

- Betty. - ela o corrige.

Eu dou um sorriso de agradecimento ao professor, eu ainda não consigo acreditar que ele me ajudou, eu sei que o resto da sala deve estar com raiva mas não ligo, o único problema é que o Hero é amigo do Willian, então no fundo, da no mesmo.

- Clary? - a voz de Hero me tira do transe.

- Sim… oi… - respondo um pouco sem jeito.

- Onde podemos fazer os trabalhos? - ele diz enquanto coloca um cadeira ao meu lado.

- Não sei…. - eu realmente não havia pensado nisso ainda.

- Que tal na minha casa?

- Melhor não... - digo hesitante.

- Porque não? Qual é o problema?

Porque você é amigo do Will, na verdade melhor amigo e eu não confio em você. É isso que minha mente diz.

- Não... sem problemas.. tudo bem, pode ser na sua casa, me passa por favor o endereço. - eu ainda vou me arrepender disso, sei que vou.

- Está bem então.

O sinal toca e todos saem, eu recolho minhas coisas devagar porque não quero ser atropelada no corredor cheio, o tempo que arrumo minhas coisas é o mesmo que vai levar para diminuir o número de alunos lá. Ter que fazer o trabalho com o tal Hero vai ser extremamente desconfortável para mim, principalmente porque vai ser na casa dele.

- Clary? - uma voz forte e alta surge na minha frente me assusta, levanto o olhar e dou de cara com Will.

- O que você quer Willian?- respondo ao perceber que é o irritante do Willian, acabo soltando um leve suspiro.

- Will, me chama de Will… bem, eu não quero fazer os trabalhos com a Betty. Não tem como você falar com o professor para voltar a ser minha dupla?

Ele só pode estar brincando.

- Claro que não... E você não queria fazer dupla comigo lembra?

- Sim, mas é que..

- Tenho que ir Willian. - antes que ele possa falar eu praticamente corro em direção a porta. Ele é inacreditável, primeiro diz que não quer e agora vez com essa, vai entender.

Enquanto caminho vejo o tal Hero no caminho, ele está conversando com os amigos mas tira totalmente a atenção deles quando me vê.

- Clary, espera. - ele me acompanha pelo corredor.

- O que você quer?

- Nada, é só que… você ainda vai na minha casa fazer o trabalho?

- Sim, eu vou. Porque?

- Nada, achei que ia desistir.

- Porque eu faria isso?

- Willian disse que ia falar com você. - está meio frio e as bochechas dele estão meio vermelhas, se não fosse o fato de ser amigo do Willian eu diria que é um dos garotos mais bonitos que eu já vi. - Para você fazer o trabalho com ele… e como eu sei que você gosta dele...Eu...

- Não vou fazer trabalho nenhum com ele. - eu paro um pouco para refletir o que ele disse. - E que história é essa? De que eu gosto do Willian?

- Desculpa não queria te irritar! Só estava supondo.

- Então não suponha mais!

Digo me viro para continuar andando, era só o que me faltava.


Notas Finais


Aguardo vocês no próximo capítulo🔥😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...