História Eu Nunca Irei Te Amar -(Vkook)-BTS - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Casamento Arranjado, Jeongguk, Jungkook, Jungkook Top, Lemon, Longfic, Namjin, Taehyung, Taehyung Bottom, Taekook, Taetae, Vkook, Yoonmin
Visualizações 1.418
Palavras 2.096
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura😊😊😊

Capítulo 41 - Decisão


Fanfic / Fanfiction Eu Nunca Irei Te Amar -(Vkook)-BTS - Capítulo 41 - Decisão

Taehyung on


Como sempre, estava tomando um banho para ir a um bar. Não sei quando comecei a beber....mesmo sabendo que isso não é bom para a minha saúde, eu percebi que....se eu desejo a morte...porque ter medo de viver?? Eu não tomo mais aqueles remédios, infelizmente eu ainda tenho medo do escuro. Desde aquele dia em que discuti com meu irmão, não nos falamos mais, apesar de ainda não ter me casado eu e ele não nos falamos, não porque não queremos mais o motivo é que eu não o vejo desde aquele dia....mais não é como se eu me importasse com isso, ele quem quis desse jeito então assim será.

E por precaução eu não vou mais na casa dos meus pais e não é só por causa dele mais conheço minha mãe e sei que ela vai dizer varias coisas  e reclamar por eu ter mudado tanto, meus amigos estão vivendo suas próprias vidas, Jimin ainda mora com Yoongi e depois que aquele babaca foi embora o Namjoon foi morar na casa de Jin Hyung, eu mal vejo Jennie já que ela só vive saindo com Jackson...pra ser sincero desde aquele dia que vi os dois se beijando na piscina eu sabia que algo rolaria depois e agora não tenho mais dúvidas, sei que ela está gostando muito dele... só espero que ele não a magoe, eu não entendo....a única pessoa que ainda consigo tratar com gentileza é ela e não entendo porque ELA, é como se mesmo não querendo eu não consigo trata-la com frieza como faço com todos.

Terminei de me arrumar e ao pegar minhas coisas sai do quarto, desci as escadas indo em direção a porta, quando encostei na maçaneta para sair, me chamaram.



Mark: Tae?? -me virei o encarando sério. Ele já usava um pijama e estava na porta do corredor que da em direção a cozinha. -aonde vai?? 


-Já disse que não quero que me chame mais assim. -dito sério o deixando sem graça.


Mark:desculpa, não me acostumei ainda. Está tarde, aonde vai a essa hora?? -perguntou curioso.


-voltarei logo, não espere por mim. -falo já abrindo a porta e saindo.








[....]


Depois de ter bebido muito, eu mal conseguia me manter em pé não sabia nem mesmo onde estava só sei que estava acompanhado.



???:como um homem tão lindo está solteiro?? Aigoo! Não acredito em você. -o mesmo também estava bêbado.


-Aish! Estou dizendo a verdade, não tenho namorado, só porque nasci bonito não quer dizer que tenho que ter um namorado. -dito o fazendo rir. -afinal...namorar não é algo bom, sempre alguém sairá machucado. -falei sério.



O homem ao meu lado mal conseguia ficar de pé, nos sentamos no sofá do bar, havia apenas eu, ele e umas 3 ou 4 pessoas no bar.



???: Então já que não tem namorado. -ele me puxou fazendo-me sentar em seu colo.



Ele me puxou para um beijo totalmente desajeitado e obviamente isso só estava acontecendo porque os dois estavam bêbados, eu nem o conhecia. Uma cena do passado se passou em minha mente enquanto eu ainda o  beijava.


Flashback on


Jungkook se sentou no sofá jogando a cabeça para trás e fechando os olhos, fui até o mesmo e me sentei em seu colo o assustando, ele abriu os olhos e levantou a cabeça rapidamente.



Jeon:Oque você tá faz....-o cortei.


-vuce tá cum raiva Jungkookie?? -pergunto aproximando meu rosto no pescoço dele, respirando fundo. -que chelinho boom.


Jeon:Eu tô falando sério, deixa de ser idi....-ele parou de falar quando eu depositei um selinho no pescoço do mesmo.


-vuce quer naum quer Kookie?? -sussurrei mordendo o lóbulo da orelha dele. -admite Jungkookie. -passei a ponta da língua no pescoço do mesmo.


Jeon:Vo-Você vai se arrepender Taehyung....pare com isso....-comecei a rebolar em cima do mesmo.


- só vou para cuando vice admiti. -falei ainda rebolando em cima dele.


Jeon:e-eu.....eu quero. -falou de uma vez e eu sorri malicioso. -ma-mais não vou me aproveitar de você. -falou arfando.


-naum ligo. -aproximei meu rosto do dele.


Jeon:Porra Taehyung!! -falou furioso após eu ter vomitado na camisa dele.


Flashback off


Me afastei rapidamente do homem e ele me olhou sem entender, me levantei saindo de cima do mesmo e ao pegar minhas coisas sai do bar. Caminhava pelas ruas cambaleando, segurava meu celular na mão direita e peguei minha carteira do bolso para comprar água, pedi uma garrafa ao ahjussi e o paguei, voltei a andar enquanto bebia a água, peguei um táxi dando o endereço ao motorista, ao chegar paguei o motorista e sai do carro indo em direção ao batente, me sentei no mesmo. Desbloquiei a tela do meu celular e entrei na galeria vendo aquela mesma foto que ainda não havia conseguido apagá-la, a única foto que eu tinha de nós dois juntos.



-Porque....Porque você fez isso comigo Jungkookie?? -funguei. -Eu te odeio. -murmurei. -Te odeio e te amo....seu idiota! E-Eu....sinto sua falta. -falo de uma vez. Meus olhos se encheram de lágrimas. -Meu desejo se realizou.... você foi embora, mais...vai voltar?? Eu acho que....quero te ver novamente, mesmo depois de tudo oque você falou e fez...eu quero te ver mesmo que seja uma última vez, mesmo sabendo que o culpado de tudo isso foi você eu também me sinto culpado....acho que...se eu não tivesse aceitado me casar com o Mark ainda estaríamos juntos. -respirei fundo sentindo um nó na garganta pela vontade de chorar. -Você me magoou muito mais eu ainda te amo, Jungkookie....estou tentando ser forte e corajoso, quero que todos me admirem, não quero que sintam pena.... mesmo tentando ser forte eu estou com medo... porque eu sinto que.... não faz sentido eu viver sem te ter ao meu lado. -uma lágrima escorreu do meu olho direito e eu a limpei. -Você deve está bem, não é?? Eu soube que... você está morando no Japão, em Tokyo. Você é um babaca frio. -eu ri mais queria chorar. -nem se despediu antes de ir.














Jungkook on


Isso estava sendo mais demorado do que pensei, já faz 1 mês e 3 dias que estou aqui e a única coisa que descobri é que a mãe biológica do Taehyung está morta, o pai dele ainda está desaparecido e sobre a minha mãe.... Namjoon e Yoongi estão investigando mais não à nada confirmado ainda, só sei que...algo me diz que meu pai está envolvido nisso tudo. Me levantei da cadeira  e peguei a chave do carro.



-Eu irei sair, podem jantar sem mim. -dito aos meus seguranças que assentiram.



Sai da casa indo em direção ao meu carro, entrei no mesmo e logo dei partida. Ao chegar no local estacionei o carro e sai indo em direção a porta, entrei no bar e me sentei em um dos bancos logo em seguida pedi um uísque ao barman.



Rosé: Jungkook?? -olhei para o lado avistando a mesma. -oque faz aqui?? -perguntou confusa.


-bebendo. -falo sem dar importância.


Rosé: Aigoo! Continua o mesmo babaca de sempre. -ela riu soprado se sentando ao meu lado. -E o...Taehyung?? Ele veio também?? -ela olhou para a porta de entrada.


-Estamos nos divorciando. -falo de uma vez a fazendo me olhar surpresa.


Rosé:Oh, mesmo?? Porque?? -perguntou curiosa.


-nada demais. -minto dando um gole da bebida. -e você?? Porque está aqui?? -encarei a mesma.


Rosé:depois que saí de Seoul e fui para Busan descobri que meus pais haviam se mudado para o Japão então eu vim até eles e para a minha sorte conheci uma pessoa muito boa. -ela sorriu e pela primeira vez vi um sorriso sincero no rosto da mesma.


-esta gostando daquele empresário alcoólatra?? Eu vi vocês dois se beijando aqui a um tempo atrás. -dito.


Rosé: Você sabe que eu não sou do tipo que namora mais quando eu conheci o Suho...-ela dizia como se estivesse apaixonada.


-Você está mesmo gostando dele?? Não é aqueles caras que você saia?? -ela negou.


???: Rosé?? -me virei e um homem se aproximou abraçando Rosé por trás. -eu demorei muito??


Rosé: Não, acabei de chegar. -sorriu.


???:Ah! Não vi que você estava acompanhada, é seu amigo?? -ela assentiu. -prazer, me chamo Suho. -sorriu erguendo a mão.


-Jungkook. -dito apertando a mão dele.


Rosé:eu conheci o Suho aqui nesse bar, ele estava muito bêbado porque a ex-namorada havia o deixado. -explicou.


Suho: Daí quando eu estava bebendo o cara tentou força-la a beija-lo então eu eu fui até ele e como ele se negou eu o expulsei do bar. -ditou se sentando ao lado do Rosé.


-você que é o dono desse lugar?? -pergunto o vendo negar.


Suho:eu o tirei da qui a força. -riu soprado.


Rosé: por isso você me viu o beijando. -disse me olhando. -ele estava bêbado e eu não achei que fosse se lembrar de mim. 


Suho:como poderia não me lembrar ?? -perguntou.


-fico feliz por você, espero que seja feliz ao lado dele. E sobre o que eu disse no passado...me desculpe, não era minha intenção ofende-la. -dito sério.


Rosé:Tudo bem, eu mereci. Estava tão sega de amor por você que fiz o Taehyung sofrer, se o ver novamente diga que eu quero muito vê-lo novamente, para me desculpar. -assenti.


Suho: Vamos?? Combinamos de ir a um lugar, lembra?? -ela se levantou e ele fez o mesmo. -foi bom conhecer você Jungkook. -ele sorriu novamente e os dois logo saíram.



Fiquei mais um tempo naquele bar, ao passar alguns minutos eu decidi ir embora, paguei o barman e sai do bar, eu não chamei o táxi porque queria caminhar um pouco. Quando estava atravessando a rua um cachorro passou correndo na frente de um carro e o motorista acabou perdendo o controle e o carro capotou, arregalei os olhos e após ficar uns 5 segundos parado corri até o mesmo e olhei para dentro do carro, algumas pessoas se aproximavam.



-liguem para a emergência. -dito vendo que um homem já discava o número. -Ei, você está bem?? Consegue sair?? -pergunto para o homem.


???:Qu-Quem é.... você??....Ju-Jungkook??? -franzi o cenho. Ele me conhece?? -Me-Meu.... filho, ele está vivo?? -olhei para o banco de trás avistando uma criança pequena, o garotinho estava desacordado, me apressei e o tirei do carro. -Cu-Cuide dele....por favor Jeon. -ele pediu.


-Oq-Oque?? Nos conhecemos?? -pergunto confuso.


???:Mi-Minha...esposa. -olhei para a mulher ao lado dele e a mesma estava desacordada e parecia estar perdendo muito sangue. -Po-Por favor...Jeon se...eu não sobreviver....cuide do meu filho. -assenti rapidamente.


-mais nos conhecemos?? Quem e você?? -eu não entendo porque estava tão nervoso.


???:Kim Ye-rim....Kim Yugyeom. -arregalei levemente os olhos.


-O-Oque?? -gaguejei.



Ye-rim era uma garota muito tímida na escola, estávamos no último ano, Yoongi e Namjoon não estudavam mais e eu meio que fiquei sem companhia mais graças a Yugyeom, o novo aluno, eu consegui um novo amigo. Quando já estávamos na metade do ano eu descobri que ele gostava dela e como um bom amigo eu quis ajuda-lo, eu conhecia Ye-rim, era amigo dos dois então eu meio que os ajudei a ficarem juntos mais nunca imaginei que um namoro de escola fosse formar uma linda família, mais graças ao destino os dois estão a beira da morte e eu não sei o que fazer.



-eu lembro!!! Yugyeom, por favor...fique acordado, uh? Você tem que sobreviver. -dito aflito.


Yugyeom:Pr-Promete...que vai...cuidar dele...e da Ye-rim. -ele murmurava e eu quase não entendia.


- não se esforçe para falar, vocês vão sobreviver. -falei.


???:a ambulância chegou!!! -uma mulher falou.


Yugyeom: Promete... Jungkook. -ele pediu novamente e eu vi uma lágrima escorrer do olho direito dele.


-Eu prometo. -falo já o vendo fechar os olhos. - Yugyeom!! -o chamo.







[....]


Infelizmente Ye-rim não havia sobrevivido, eu pensei que ela havia desmaiado no carro mais com o acidente...ela morreu na hora e agora eu estava esperando por notícias de Yugyeom, o filho dos dois foi o único que saiu daquele carro ileso, sem nenhum arranhão oque foi estranho. O doutor havia dito que Yugyeom faria uma cirurgia e que a 85% de chance dele não sobreviver.



???: Licença. -uma enfermeira se aproximou e eu me levantei. -o senhor é parente d Kim Jong-hyun?? 


-ele é filho dos meus amigos, aconteceu algo com ele?? -pergunto sem entender já que haviam dito que ele estava bem e dormia.


???:ele acabou de acordar e.... não se lembra de nada. -franzi o cenho.


-como assim?? -pergunto.


???:ele não se lembra do acidente, e nem dos pais. -fiz uma expressão de surpreso. -isso pode ser temporário. -ditou calma.


-pode ser?? Meu Deus! E o pai dele?? Ainda está na cirurgia?? - a mesma assentiu e logo saiu.


Yixing:senhor Jeon!! -olhei para o lado avistando meus seguranças. -Oque houve??



Enquanto não recebia notícias do médico eu contei oque havia acontecido para os meus seguranças, ao terminar se passaram alguns minutos e um médico logo se aproximou.



???:o senhor é amigo do Yugyeom?? -me levantei assentindo. 


-ele está bem?? -o doutor tinha um semblante sério.


???: sinto muito...ele não sobreviveu. -eu estava perplexo, não conseguia acreditar.


Yixing: Senhor...oque fará agora?? -perguntou.


Jong-dae:a criança ficará sozinha?? -apos um tempo pensando eu neguei.


-Eu irei adotar o Jong-hyun. 


Notas Finais


AVISO: eu quero pedir um favor a vocês, bom...METAMORFOSE é uma nova fic minha que é totalmente diferente dessa. Nela a relação do Taehyung e do Jungkook "crescerá" mais rápido, digo...as coisas entre eles aconteceram mais rápido, em EU NUNCA IREI TE AMAR meio que demorou um pouco para ele se gostarem e tals, mais nessa nova fic isso será totalmente diferente e se vocês são do tipo que gostam de fics assim....espero que gostem bastante dessa fic. O link está abaixo:

- https://www.spiritfanfiction.com/historia/metamorfose-vkook-bts-13352988


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...