1. Spirit Fanfics >
  2. Eu nunca vou te deixar! (Sanezu). >
  3. Capítulo dois.

História Eu nunca vou te deixar! (Sanezu). - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capítulo dois.


— Galera, reuni aqui — Uma voz disse do outro lado da sala.

— O'que será que o Inosuke quer?

— Não sei Mi, mas vamos lá logo — Disse Nezuko, puxando Mitsuri de mãos dadas até onde havia um grupo de alunos reunidos.

— Bom, como todos já sabem, todo ano o terceirão organiza uma festa, e esse ano não vai ser diferente. — Inosuke chamou Sanemi e Giyu com um sinal de dedos. — Os pais de Sanemi viajaram, então vamos fazer a festa na casa dele.

— Bom, já organizamos quase tudo, e cada um de vocês vai precisar levar alguma comida ou bebida, a festa vai ser dia 20 e começa às oito da noite.

— E olha, quem eu ver quebrando a casa vai levar uma surra — Sanemi ameaçou enquanto encarava todos os alunos reunidos ao redor do trio.



Já havia se passado 8 dias desde que às aulas retornaram, e agora faltavam apenas três dias até a festa.

Todos estavam muito animados com a festa na casa de Sanemi, quase todos os alunos do terceiro haviam marcado presença, além de outros estudantes do segundo e do primeiro.

— Então amiga, vai levar o que para a festa? — Kanao perguntou curiosa.

— Acho que vou tentar levar um pouco de cerveja e gelo.

— Esperto, do jeito que eles são tapados vão esquecer o gelo — Respondeu rindo.

— Este é o ponto, Kanao.

— A Kanae vai, Shinobu-chan?

— Vai sim, Nezuko-chan, mas vai mais tardezinha.

— Que bom! Vai ser ótimo ter ela lá. — Sorriu com a informação.

— Meninas, uma dúvida, vocês sabem o'que eu poderia levar pra festa? Ainda não consegui pensar em nada.

— Bom, eu não sei bem, mas tenta conversar com o Sanemi, ele sabe o'que está faltando mais ou menos.

— Ok, então eu já volto — Mitsuri disse se afastando das amigas e indo em busca de Sanemi.


— Eu tô dizendo cara, a festa vai ser incrível! Iria ser legal você ir.

— Não sei não, Sanemi

— Vamos lá Obanai, acho até que a Kanroji vai, você não quer ver ela?

— Bo- — Obanai começou a falar, mas foi cortado pela repentina aparição de Mitsuri.

— Olá garotos, desculpa incomodar, mas eu queria saber o'que seria bom eu levar para festa, estou sem idéias.

— Ah, olá Mitsuri. Seria bacana tu levar copo descartável, não tô afim de lavar louça.

— Sim, claro! Pode apostar que vou levar. Aliás, eu estava pensando de eu e as meninas irmos ajudar vocês a arrumar o lugar, o'que acha?

— Na verdade, seria muito bom, Mitsuri. — Sanemi sentiu uma ideia borbulhar em sua mente. — O Obanai poderia ir buscar você e as meninas, vou estar ocupado arrumando as coisas, tudo bem por você? — Sanemi sorriu e lançou um sorriso malicioso para o Iguro.

— Por mim tudo bem, e por você, Iguro-kun?

— Aah, sim, sim. Vai ser ótimo poder te levar Kanroji-san. — Obanai sentiu seu rosto ficar um tanto quente.

— Eu já lhe disse muitas vezes, Iguro-kun, pode me chamar somente de Mitsuri se quiser. 

— Ok, Kan- digo, Mitsuri-san. Às cinco e meia está bom para te buscar? Vai dar tempo de arrumarmos tudo e você e as meninas ainda vão ter tempo para passar em casa e se arrumarem.

— Claro, e por você Sanemi-kun?

— Tudo certo, só não esqueça de avisar sua mãe — Riu — Lembra da última vez que saiu e não contou para ela?

— Ah sim, me lembro bem, estou tomando mais cuidado agora — Disse rindo e ficando um pouco vermelha. — Bom, vou indo meninos, até mais. — E se afastou acenando levemente de longe.

Mitsuri uma vez havia esquecido de avisar sua mãe que iria sair com seus amigos, e a Kanroji mais velha entrou em tanto desespero que postou nas redes sociais que Mitsuri havia desaparecido. Mais tarde, quando tudo havia se resolvido, Mitsuri pegou um castigo de 4 meses sem sair de casa, além da escola, claro.


— Olá de novo meninas, sentiram saudades?

— Sim! Morri sem você aqui conosco, ainda bem que voltou, se não, não saberia o'que aconteceria comigo. — Nezuko disse fazendo drama enquanto colocava as costas de sua mão na testa, estilo novela mexicana.

— Mas eai, decidiu o'que vai levar?

— Sim, Sanemi-kun pediu para mim levar copos descartáveis. Aliás, aonde está a Kanao?

— Ela estava se sentindo um pouco ruinzinha, dor de cabeça, então resolveu voltar pra sala antes.

— Ah, entendo, depois me lembre de oferecer a ela remédio, eu tenho na minha bolsa alguns comprimidos ainda.

— Ela já tomou, tinha um pouco na bolsa dela.

— Ata, bom, que pena que ela não está aqui, ia falar algo importante

— Oque exatamente? — Nezuko perguntou curiosa.

— Vamos ter que ir às cinco e meia pra casa do Sanemi-kun.

— Por que? Achei que a festa começava às oito.

— Bom, sim, começa às oito, mas disse para ele que iríamos ajudar a arrumar as coisas. — Mitsuri disse roubando um pedaço de bolo da Nezuko. — Obanai vai passar pegar a gente, e quando terminarmos de arrumar tudo ainda vamos ter tempo para ir para casa e nos arrumarmos, tudo bem por vocês?

— Pode ser, vai ser bacana, só espero que não tenha muita coisa para fazer. — Nezuko disse rindo.



Notas Finais


Olá, espero que gostem da minha história, eu ainda não escrevo bem, mas vou sempre tentar melhorar.

Desculpem qualquer erro gramatical. E muito obrigada por lerem :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...