1. Spirit Fanfics >
  2. Eu odeio amar você - Taegi - Jikook >
  3. A descoberta

História Eu odeio amar você - Taegi - Jikook - Capítulo 25


Escrita por:


Capítulo 25 - A descoberta


-COMO NÃO VÃO ATRÁS DELES?! É RESPONSABILIDADE DE VOCÊS!

-NÃO PODEMOS NAMJOON! OLHA ESSA TEMPESTADE1 PODEMOS MORRER! ELES PODEM ESTÁ MORTOS AGORA! ELES NÃO CHEGARAM NA ILHA! NENHUM DELES! É MAIS PROVÁVEL QUE.. QUE..

-Parem os dois! Estão assustando a bebêzinha.

-rainha..onde estão meus pais? Eles iam voltar hoje.

-A.. meu bem, O super Taetae e o Cavaleiro dourado estão juntos numa missão pra salvar o mundo O..príncipe e o cavaleiro foram para..para ajudar eles.

-Porque não pude ir junto?

-Pra me ajudar a preparar uma festa de boas vindas pra eles,  que acha?

-Eba!! A mamãe gosta de festas!!

Sophia fechou a boca com as mãos com os olhos arregalados.

-Desculpa! Desculpa!

-Que foi?

-Eu falei mamãe.. eu não posso ter mamãe..só appas..não Omma..

-Mas você nasceu de um deles.. você tem um Omma e um Appa.

-Mamãe disse que não, que não posso chamar ele de Omma.. o Appa não gosta.

-Sua Omma falou isso? Que tal conversarmos sobre isso, princesa?

-Não.. não posso falar..

-Mas eu sou a rainha, deve-me obediência, não é?

-É.

-Então vai me contar essa história de não ter Omma?

-Vou, mas não pode contar..pra ninguém.

-Eu juro.

-Tá..vem pro castelinho, lá é seguro. 

Eu concordei, Deixei Hoseok e Namjoon gritando com os responsáveis do programa enquanto levava Sophia no colo para o quarto. Quando chegamos eu coloquei ela na cama e a cobri com o cobertor, tranquei a porta e me cobri também.

-Então, pode contar.

-Eu tinha uma irmãzinha.

Essa foi a primeira fala de Sophia. O começo do infarto, ela me contou tudo, eu não acredito que tudo isso aconteceu e ainda acontece, Jesus, as minhas crianças, eu sabia que não devia ter deixado os dois saírem do grupo, que terrível..como será que estão lidando com isso.. tão longe do local, como Sophia foi ensinada a fazer isso.. Deus, o que meus filhotes fizeram..não sei se fico furioso ou com pena, não sei se mato ou abraço eles.. Só sei que quando eles chegarem, eu vou ter uma longa conversa com os dois...Certeza que estão me escondendo mais coisas, quanto aquele exame, eu vou pegar o resultado amanhã, quero ver mentirem para mim agora, todos fomos obrigados a tirar sangue, sete exames, quero ver esses caras de pau mentir pra mim. eles vão acabar com a palhaçada querendo ou não.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...