1. Spirit Fanfics >
  2. Eu odeio amar você - Taegi - Jikook >
  3. A crise

História Eu odeio amar você - Taegi - Jikook - Capítulo 35


Escrita por:


Capítulo 35 - A crise


-Jimin, espera.

-Eu tenho que achar a enfermeira Laura.

-Pra que?

-Ela precisa ver minha filha..ver se..Laura, Laura.

Jimin passou a chorar e a andar por todo lado chamado essa Laura, ele andava tão rápido que eu não o alcançava, logo estavamos correndo, só me toquei que ele estava em crise quando ele correu em direção a uma das janelas do hospital. 

Eu o segurei no ar pela cintura . Foi por pouco. Jimin se debatia nos meus braços, os gritos eram os mesmos.

-LAURA! !LAURA SOCORRO! LAURA!ELE PEGOU MINHA FILHA  ! LAURA! 

Jimin estava gritando tão alto que daqui a pouco quase o hospital todo estava a nossa volta. 

-NÃO FIQUEM PARADOS! ME AJUDA!

Não dava pra chegar perto,Jimin estava se debatendo demais, Tae veio direto até mim.

-Jungkook! Joga ele no chão com força! 

-Não! Vai machucar!

-Faz o que eu disse! Bate têmpora dele! Ou no chão ou na parede! Único jeito dele parar.

-Não! 

Não teve outra saída, eu bati Jimin na parede, a tempora bateu na parede, ele não desmaiou,  ficou tonto nos meus braços, informeiros e medicos correram para pegar Jimin.

-Espera, o que farão com ele?

-Ele precisa de calmantes urgente.

Tae me respondeu pegando ele no colo. 

-Cuide de Sara, eu cuido dele.

-Tae. .

-Ele estava gritando por Laura. Era o nome da enfermeira que cuidou de Jimin a gravidez toda, ela o ajudou quando Jimin tentou abortar..era a única que sabia que Sara era fruto de um estupro, ela prometeu que não ninguém tocaria em Sara aqui dentro. Quando ela morreu, Jimin nunca mais confiou em nenhuma enfermeira.Ela costumava trazer flores pro quarto de Sara, por isso Jimin está sempre enviando flores pra Sara.

-Laura. .

-Calma..tenho que levar ele pra algum quarto.

-Cadê o cara?

-Com a polícia.  Não antes de Yoon socar nele.

-Quer dizer socar ele.

-Não. .Não eu quis dizer socar nele mesmo. 

-Pau?

-Punho. 

-Eu converso com Jimin sobre isso. Vou ver Sara. 

Quando cheguei no quarto, dei de cara com minha filha arrastando o cilindro de oxigênio. 

-Filha! Não pode arrastar isso!

-Papai..papai me ajuda!

Minha filha me pedia chorando desesperada. 

-Que foi?

-A mamãe!  A mamãe tá gritando! Eu tenho que salvar a mamãe!  Pai!

-Eu eu...não posso ajudar..eu o condenei.

Abracei minha filha, choramos juntos. Ela não entendeu nada, mesmo assim me abraçou. 

-Papai também tá gritando. .só que aqui.

Ela apontou meu coração. .chorei o dobro.

……

-O que está havendo? Onde..cadê  Sara?

-Ei..Jimin. está tudo bem?

-Tae? Não tá nada bem..que dor de cabeça. .o que houve?

-Você teve uma crise por causa de Sara.  Jungkook está com ela. 

-Quero ve-la.

-Não! Jimin..é de madrugada. 

-Foi tanto calmantes assim que me deram?

-Pelo que Jungkook falou, você tentou se matar.

-Tentei?

-Tentou...você chamou por Laura.

-A …

-Você assustou Jungkook. Ele chorou a tarde toda, Sara ficou preocupada ouvindo seus gritos. Fui brincar com ela depois. Yoongi foi ficar com Sophia. 

-Machuquei Jungkook?

-Só no coração.

-Tenho que conversar com ele. ..eu disse muita merda?

-Disse, insinuou que ele tocou na Sara. Jimin você tem que esquecer .

-Não foi de propósito.

-Mesmo assim. Passe no quarto, tenho certeza que ele não dormiu.

-Vou passar.

-Vem, te ajudo.

Tae me levou até o quarto, esperou eu bater pra sair.

Jungkook abriu a porta, todo inchado, rosto vermelho..ele chorou muito.

-Oi.

-Oi. Como você está, Mochi?

-Com dor de cabeça.

-Desculpe por isso.

-Como está Sara?

-Dormiu.

-Podemos conversar?

-Baixinho, dentro do quarto.

-Está bem.

Entrei totalmente envergonhado ..isso vai ser difícil. Esse não é o mesmo Jungkook, preciso fazer a minha cabeça entender isso.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...