1. Spirit Fanfics >
  2. Eu odeio te amar --kaisoo. >
  3. Capítulo 26

História Eu odeio te amar --kaisoo. - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


cá estou eu com mais um capítulo, boa leitura💖

Capítulo 26 - Capítulo 26


Fanfic / Fanfiction Eu odeio te amar --kaisoo. - Capítulo 26 - Capítulo 26

Jongin on

16:30

Me levantei sentindo um pouco de calor por causa do sol que invadia o quarto, fechei as cortinas e liguei o ar-condicionado,pois percebi que o Kyungsoo estava suando muito. Fui até o banheiro e liguei a hidromassagem esperando ela encher, enquanto a mesma enchia eu fui acordar o Kyungsoo.

-amor, acorda -disse baixinho no ouvido de Kyungsoo, eu sabia que aquilo o arrepiava.

-humn -ele resmungou.

Comecei a distribuir beijos pelo seu rosto até que ele acordou,Kyungsoo se sentou na cama tirando sua camisa, acho que ele estava incomodado com o suor em seu corpo, não pude evitar de ficar observando aquela belezura na minha frente.

-quero tomar banho, estou todo suado -Kyungsoo disse resmungando.

-vêm, a hidromassagem já está pronta -me levantei da cama indo para o banheiro.

Assim que entrei vi Kyungsoo ir até a hidromassagem, ele entrou de cueca e eu fiz o mesmo, me sentei de um lado e Kyungsoo de outro lado, relaxei meu corpo enquanto sentia Kyungsoo massagear minha perna. 

O puxei para perto de mim deixando nossos corpos juntos e nossos rostos próximos, Kyungsoo sorriu de forma doce o que me fez se derreter todinho por ele, sinceramente, ele é a oitava maravilha do mundo.

-sabia que eu te amo muito? -disse acariciando o rosto de Kyungsoo enquanto trocavamos olhares.

-sabia que eu te amo bem mais? -Kyungsoo sorri me dando um selinho que não demora para se transformar em um beijo afoito.

Coloco Kyungsoo sobre meu colo apertando suas coxas, Kyungsoo sorri entre o beijo e morde meu lábio inferior, o que me atiçou. Levei umas de minhas mãos para a cintura dele dando um leve aperto enquanto nossas línguas brigavam por espaço.

Kyungsoo separa o beijo por causa da falta de ar e olha para minha cueca vendo que eu já estava duro, ele sorri e passa sua mão pelo meu abdômen enquanto morde o lábio inferior.

-acho melhor você cuidar disso aí -Kyungsoo diz sorrindo.

-não vai me ajudar? -o olhei.

Kyungsoo saí do meu colo sorrindo sapeca e logo depois pega um toalha se secando.

-também te amo -ele diz sorrindo e logo saí do banheiro.

Sorri arfado e fiquei na hidromassagem por um tempinho.

....

Assim que terminei meu banho eu fui pro quarto mas não vi Kyungsoo lá, vesti uma bermuda e uma blusa regata, sequei meu cabelo com a toalha e fui atrás de Kyungsoo, encontrando ele na cozinha, como sempre kkkk. O abracei por trás virando ele de frente para mim.

-hmn -ele deu um tapa em meu peitoral -eu poderia ter me engasgado com a água.

-desculpa, desculpa -ri.

-a gente nem aproveitou a praia hoje -Kyungsoo disse se sentando no balcão que havia na cozinha.

-temos três dias restantes amor, relaxe -dei um selinho nele.

-é mesmo -Kyungsoo sorri.

-fiquei chateado porque não me ajudou no banho -fiz voz triste.

-no banho? -Kyungsoo se faz de desentendido.

Peguei ele no colo o imprensando contra a parede, Kyungsoo sorri de lado.

-agora vai se fazer de desentendido? -o olhei.

-eu gosto de provocar você -Kyungsoo disse sorrindo.

Juntei nossos lábios em um beijo quente e afoito, coloquei Kyungsoo sobre o balcão continuando o beijo, desci minha mão para sua bunda dando um aperto.

-humn nini -Kyungsoo gemeu entre o beijo.

Sorri e desci os beijos para seu pescoço deixando algumas mordidas e chupadas, Kyungsoo tombou o pescoço para o lado deixando mais exposto seu pescoço o que facilitou eu deixar mais marcas ali.

-amor...vamos subir para o -interrompi.

-vou te fazer meu aqui, agora! -tirei a roupa de Kyungsoo e depois a minha jogando em qualquer lugar da cozinha.

....

-ahn nini...ah.

Apoio Kyungsoo no balcão deixando um tapa em sua bunda, Kyungsoo sorri de lado me olhando o que foi demais para mim. Adentrei meu membro de uma vez em sua entrada vendo ele tapar a boca, sorri e comecei a penetra-lo com rapidez.

Peguei Kyungsoo no colo, ele cruzou as pernas em minha cintura e eu adentrei meu membro em sua entrada novamente, comecei a estoca-lo só que dessa vez com força.

-isso nini....isso -Kyungsoo fechou os olhos mordendo o lábio.

As expressões faciais de Kyungsoo eram muito sexy, seu rosto estava todo corado, seus lábios vermelhos, seus cabelos bagunçados, seu corpos com marcas deixadas por mim....ah, ele estava muito sexy.

(...)

Depois que me desfiz dentro de Kyungsoo formos tomar um pequeno banho e depois voltamos para a cozinha, preparei uma janta, fiz estrogonoff de carne, frango assado,macarronada e peguei um vinho que estava na geladeira.

-amor me ajuda aqui -falei olhando pra Soo.

-eu tô todo dolorido Jongin -Kyungsoo disse me mostrando o dedo do meio.

Ri e arrumei a mesa sozinho, ajudei Kyungsoo a se acomodar na cadeira e depois servi ele.

-ficou tudo uma delícia amor,obrigado -Kyungsoo disse me dando um selinho.

Sorri bobo, continuarmos comendo e conversando sobre várias coisas até que meu celular começa a tocar, pego o aparelho e vejo que era um número desconhecido, então ignoro.

mensagens - número desconhecido

-oi nini, estou com saudades, soube que tirou uns dias de folga. 

-porque não vêm aqui em casa?

......


Notas Finais


próxima será a parte 4, a última.
até💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...