História "eu odeio você"(namjoon) - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Kim Nam-joon / Rap Monster
Visualizações 46
Palavras 305
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - "marcas"


Eu fiquei me olhando no espelho e as marcas, caiu algumas lágrimas ,mas tentei esquecer eu fui pro outro banheiro e tomei um banho a água caindo nas marcas parecia mais dolorido do que namjoon batendo, coloquei uma roupa bem larga ,e fui ver Kai, ele tinha acordado estava no berço sorrindo

"Filho vc e oque me motiva"

Falo e pego ele no colo, já estava na hora dele comer estava no meio do caminho quando Luiza me para

"S/n oque esta fazendo?"

"Eu vou alimentar o Kai ué"

"Mas vc tem um jantar com o namjoon hoje"

"Não tenho não"

"Bom se vc não sabia agora sabe"

Ela fala e sai,eu descidi ignora fui até a cozinha e dei comida pro Kai, estava na sala fazendo Kai arrotar ,quando namjoon desce e fala

"S/n porque ainda não tá pronta?, Entrega o Kai pra Luiza e se arruma"

Eu tava toda dolorida eu mereço isso

"Namjoon não tem como eu ficar só dessa vez"

"Claro que não,agora anda"

Concerteza ele estava fazendo aquilo pra me perturbar então Luiza pega o Kai dos meu braços, e eu acabo tendo que ir,me arrumei então fomos

-QUEBRA DE TEMPO-

Como sempre estava tudo chato ,mas dessa vez o meu pai estava junto, então ficou mais difícil fala com Mark, e tudo se repetiu as mulheres se dando em cima dele ,e uns caras falando de negócios e se gabando das suas propriedades, eu me levantei mas namjoon me puxa e fala

"Nem pense em falar com ele ou com qualquer outro homem aqui"

Claro que eu não ia ficar longe do Mark fiz sinal pro Mark  discretamente, e fui pro canto escuro e Mark vem atrás

"Oi s/n como vc tá?"

Ele fala me abraçando e eu acabo gemendo de dor então ele fala

"S/n oque ouve com vc ?"

"Mark nada"

Eu não queria que ele se preocupasse as vezes ele e muito justiceiro e isso não acabaria bem



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...