História Eu por você Naruhina - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruhina, Naruto, Romance, Sasusaku
Visualizações 286
Palavras 5.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Admirada


Pv Naruto on

Dirigia o carro calado.

Observou a garota no banco do carona com o canto do olho e viu ela lendo algo absorta no próprio mundo.

Gostava dele?

Hum.Ta bom!.- pensou irônico.

Já era sexta feira. Eles voltavam da facul e ele estava se recriminando por ainda criar expectativas da Hyuuga Chamar ele pra subir para o apartamento dela.

Por um lado depois de quatro dias ouvindo.

- Boa noite Naruto-kun.- na voz doce enquanto ela saia lindamente sem lhe dar mais do que um selinho.

Podia ser hoje.

Cara como precisava relaxar. Fazer sexo gostoso o fim de semana todo. Era seu plano.

E ter Hinata era o desejo número um da sua lista de desejos.

Ou poderia ser como nos outros quatro dias. Em que eles não passaram de amaços ocasionais no carro antes da aula. E ela o dispesava com apenas boa noite.

Não podia reclamar afinal ela era gostosa pra caralho. Não era qualquer uma, mas ele queria mais. Muito mais.

A expectativa apenas aumentava sua vontade. Mas também  sua frustração. Se sentia enganado. E já estava criando mil teorias sobre a Hyuuga.

Hinata não era difícil!

Ela era impossível!

Flashback on

Na segunda feira. Depois de assistir duas aulas entediantes do curso que fazia. Rumou para buscar Hinata para lanchar com a turma.

Ela estava ao lado de uma garota de cabelos castanhos. Que a seguia para fora da sala com um tablet na mão.

- Naruto-kun?.- Hinata perguntou surpresa ao vê- lo ali.

- Oi amor. - ele disse faceiro antes de trocar um selinho com ela. Percebeu alguns estudantes tirando fotos do casal famoso. Não se importou nem um pouco.

Hinata o afastou de leve pelos ombros.

- Vamos?.- ele perguntou ao perceber o olhar de dúvidas sobre ele.

- Vamos?...

- Uai quero te apresentar para o resto do pessoal e vamos lanchar juntos não?

- Hinata-sama, o intervalo para a próxima aula é de apenas 20 minutos. Não é aconselhável se ausentar para longe.

Naruto olhou para a nerd que o repudiava com o olhar.

Calça jeans e blusa social branca. Ela tinha cabelos castanhos presos em uma trança lateral e usava óculos de grau enormes.

- Essa é a Tenten Mastashi. Minha secretaria pessoal.- Hinata a apresentou.

- Naruto Uzumaki o Namorado.- Naruto afirmou para a secretaria estendendo a mão que foi recusada, afinal ela se curvou levemente.

Naruto achou meio estranho Hinata ter uma secretaria e não uma amiga, mas deu de ombros. Gente podre de rica deve ser assim. Pensou.

- Quero deixar claro que não sou condizente com a escolha da Hinata-sama em ter qualquer tipo de relacionamento com uma pessoa como você!.- a garota foi categórica.

Naruto riu.

-Tenten!.- Hinata advertiu envergonhada.

Naruto fez sinal pra Hinata deixar.

Mordeu o lábio inferior analisando a postura daquela garota.

- Pessoas como eu?.- perguntou divertido.

- Ora. Um Conquistador barato! A Hinata-sama merece alguém melhor!

- Claro, claro!.- ele concordou vendo a nerd esbugalhar os olhos castanhos.- E é tudo que eu quero dar pra ela.- ele piscou pra Tenten.- O melhor disse se voltando para Hinata a puxando para um beijo apaixonado.

Não sabia o porque, mas estava mais do que vidrado em beijar aquele garota. Era algo natural e necessário desde a primeira vez que  havia feito.

- Fico feliz de sua amiga ter gostado tanto de mim.- ele disse ao final do beijo e Hinata riu da irônia.

Então ele puxou Hinata consigo a levando como se nada tivesse acontecido.

Sabia que Tenten estava seguindo eles. Achou cômico a fidelidade da secretaria.

Seguiam de mãos dadas até o bloco de Direito aonde Sakura o esperava.

Estava acostumado a popularidade, mas ter todos os estudantes abrindo caminho para os dois ou parando pra obervar enquanto cochichavam estava sendo inédito.

Sentiu Hinata se encolher de leve pela atenção exagerada e a trouxe mais pra si. Passando o braço por cima do ombro dela.

- Olha o Naruhina!.- Sakura disse animada ao ve-los. Deixou o grupinho e se juntou a eles. Andaram até o meio do campus aonde havia uma cantina. Ino, Sai e Choji já estavam lá.

Ino cursava moda. Sai designer. Choji cursava gastronomia. Sakura Direito e Naruto Relações públicas. Eles não tinham nada em comum além de terem estudado o ensino médio juntos.

- Oi galera.- Naruto disse.- Cade o Shikamaru?.- perguntou dando falta do amigo que cursava engenharia da computação.

- Aquele cara é caso perdido. Faltou!.- Choji respondeu antes de dar total atenção ao sanduíche.

- Hinata, estava te esperando!.- Ino chamou atenção pra si. Estava arrumada demais pra assitir aula. Não pediu permissão antes de tirar uma selfie com Hinata.- # Naruhina, minha nova best.- Ino legendou a foto ditando em voz alta.

- Valeu porca.- Sakura disse pra ela. E Ino mandou um beijo no ar pra amiga.

- Ah é .. Choji, Sai vocês ainda não a conhecem pessoalmente, essa é a Hina minha namorada. - Naruto apresentou.- e aquela é Tenten a amiga dela.

- Gata.- Sai analisou a Hyuuga dos pés a cabeça a deixando desconfortável. Levou um tapa de Ino na nuca.

- Senhoritas. - Choji assentiu pra elas.

- Boa noite.- Hinata disse de forma educada.

- Cade os fotógrafos?.- Ino perguntou olhando ao redor.

- Bem eles não tem permissão pra adentrar a Universidade. - Hinata disse pra decepção da loira.

- Foi uma das exigências da Hinata-sama pra estudar aqui.- Tenten disse ajeitando o óculos.

Ino a encarou incrédula.

- Quem não gosta de fama?.- Ino verbalizou.

Sakura se sentou em um dos lugares vagos deixando apenas dois acentos disponíveis.

Naruto aproveitou pra puxar Hinata pra sentar de lado em seu colo. Sentiu a Hyuuga meio tensa, mas não se importou estava provocando de propósito deixou uma mão sobre a perna dela na coxa sobre a fenda da saia lápis. Que batia dois palmos acima do joelho. E a outra a envolvia pela cintura trazendo a pra perto. Hinata estava quase de costas pra si então não pode ver o rosto dela. Mas com certeza devia estar vermelho. Sorriu ao pensar isso.

- Bem eu acho incômodo. - Hinata disse se lembrando da época que foi morar sozinha e até na lavanderia os paparazzi seguiam ela.- mas isso não empede de outros universitários tirarem fotos.- ela percebeu alguns tirando fotos deles de forma discreta.- por isso eu acho melhor. - ela tentou se levantar do colo do loiro mas Naruto não permitiu.

- Fica.- ele disse em seu ouvido. Com uma ordem no tom rouco da voz a fez estremecer.

Foi só uma palavra! e ainda assim havia feito uma revolução no interior dela. Ela se recriminou achando aquilo injusto.

- Eu vou buscar um suco Hinata-sama.- Tenten disse se levantando do lugar ao lado deles.

- Hai. Quer alguma coisa Naruto-kun?.- Hinata perguntou.

- Já pedimos o dele.- Sai informou.- antes de jogar a coca pra Naruto.

- Então Hinata, que curso você faz ?.- Sakura perguntou. Estava curiosa sobre a novata.

- Eu curso um combo de matérias. Entre administração e Tecnologia da Informação. - Hinata respondeu antes de segurar a mão de Naruto sobre a própria coxa. Tentava dar atenção pra Sakura, mas a mão boba do loiro ali subindo pela fenda de sua saia não estava ajudando. Manteve a mão sobre a dele para  o empedir.

- Dois cursos?.- Ino perguntou

- Bem é mais um programa especial. Por conta da empresa de tecnologia Hyuuga. Meu pai quer que eu assuma o lugar dele no futuro.- deu de ombros.

- Ser uma herdeira deve ser difícil.- Sai disse com certa malícia na voz. Naruto o encarou por cima do ombro de Hinata.

O loiro com ciúmes? Isso era novidade.

- Bem, sim e não. Meu pai me da todo suporte pra me preparar então é só me dedicar.

- O Meu pai. Quando eu disse que queria ser embaixador como ele fez foi deixar claro que não ia mover um dedo pra me ajudar.- Naruto disse ressentido.- No meu primeiro dia no estágio fez meia hora de discurso dizendo que eu devia ser tratado como um qualquer sem sobrenome.

Choji e Sai riram.

- Ele deve ter fé em você. - Hinata disse carinhosa se virando pra ele.

- Você acha?.- perguntou admirado.

- Claro. Ele sabe do que você é capaz e tenho certeza que você vai trilhar seu próprio caminho com honra pra alcançar seu sonho.

Naruto se permitiu analisar o assunto por aquele ângulo.

Havia saido de casa de tanta raiva depois do que o pai fez.

- Talvez você tenha razão amor.- ele roubou um selinho de Hinata.

Tenten voltou com um copo de suco verde pra Hinata e um refrigerante si.

Hinata bebeu um pouco. Tentava focar em tudo que não fosse o calor do corpo do loiro. A mão dele na sua cintura. A respiração dele próximo a sua nuca. Naruto era forte e alto. Era difícil ignorar aquele pouco contato.

- Então não vai seguir os passos de sua mãe?.- Ino perguntou curiosa.

- Vou sim, inclusive comecei estudar teatro hoje.- Hinata respondeu.

- Namorada famosa Naruto.- Choji brincou.

- Aonde se conheceram?.- Sakura perguntou aos dois.

Naruto estava no último semestre e Hinata no segundo ano de cursos diferentes. Mesmo que o loiro fosse pegador Hinata não fazia o "tipo" dele. Ela era no minimo 4 anos mais nova que eles e Naruto sempre pegava garotas da mesma idade ou mais velhas.

- Bem.. - Hinata não sabia como responder

- Essa é fácil.- Naruto disse.- Lembra aquele evento do trabalho na embaixada?.- Naruto perguntou a amiga. - Então eu fui obrigado a ir e estava morrendo de tédio, até ver essa deusa entrando no resinto. Posso dizer que tanto eu quanto a Hinata nos salvamos de horas de palestra chata.- ele disse maroto.

Hinata se virou para encara-lo.

Sério? Ele estava dando por entender que eles do nada se viram e já ...

- Nós conversamos durante o evento e o Naruto me chamou pra sair.- ela o corrigiu. Naruto riu anasalado.

- E ela aceitou é claro. - ele complementou.

Hinata se perguntou se ele realmente se achava tanto assim.

- Que fofo.- Ino disse e Tenten revirou os olhos.

- Estão dizendo que não vai durar.- Sakura informou ao casal.

- Isso! Tem até uma página de aposta no the wall da Universidade.- Tenten disse mostrando no tablet.

Aquela página era aonde os estudantes postavam bobagens.

- Quem adivinhar quando vocês vão terminar vai ganhar uma bolada. - Choji disse de boca cheia.

- Culpa da sua fama Naruto. - Sai disse a ele.- O boato é que só ficaram juntos por causa da Tag casal mais improvável!. Dizem que você encarou como desafio pessoal. - Sai jogou a bomba esperando a reação de Hinata.

Naruto achou que Hinata ia achar ruim mas ela se virou pra Tenten e perguntou.

- Tenten em quanto está o valor do prêmio?.

- Está em Cinquenta mil.- Tenten respondeu

- Triplica a aposta, chute qualquer dia. Vamos elevar esse valor. - Hinata disse pra surpresa de todos.

- Vai apostar contra si mesma?.- Sakura perguntou absmada.

- Quanto mais alta a aposta mais vai valer a pena.- Hinata disse tranquila

- Corajosa. - Sai disse

- Ela sabe que nosso namoro é pra valer.- Naruto beijou o ombro dela

Tenten sentiu raiva dele. E pena de Hinata. Ela era boa de mais pra ser magoada por Naruto e na visão de todos era isso que ia acontecer. A maioria dos estudantes estavam apostando que não ia durar nem três dias. Afinal esse foi o record de Naruto com uma ruiva.

Hinata se virou pra ele. Largando o copo de suco ali na mesa.

- Vai ser o dinheiro mais fácil que vou ganhar na vida.- Hinata sussurou em seu ouvido. E ele gargalhou sendo calado com um beijo 

Correspondeu.

Era a primeira vez que ela tomava iniciativa.

E Ele estava adorando é claro.

Hinata segurava o rosto dele com delicadeza. Provava os lábios do loiro com mais calma. Naruto resolveu não ser impaciente. Deixava ela ditar o beijo.

Estava se segurando até que Hinata pediu passagem com a língua. Ele sorriu entre o beijo. Apertou mais a cintura dela. Passou a exigir mais da boca gostosa de Hinata.

Não existia mais ninguém ali, apenas os dois.

Estava ficando cada vez melhor, mais quente, mais sôfrego. Mais prazeroso.

Hinata tentava se obrigar a dar fim aquilo. Estava bom demais e nesse ritmo ela acabaria perdendo a razão de vez.

Ouviu Tenten limpar a garganta. Foi diminuindo o ritmo até se afastar ofegante se deparando com o olhar intenso do loiro. Aquele azul parecia mais acesso. A respiração deles ainda se misturavam. Naruto roubou outro selinho dela, sugando o lábio inferior da garota.

- Achei que não gostava de me beijar em público. - Naruto a provocou sorrindo maliciosamente.

E que sorriso.

Provoque em dobro.- lembrou do Conselho de Sasuke.

- Tenho que dar ibope pra aumentar meu ganho.- ela sorriu da careta que ele fez.

- Hinata-sama temos que ir.- Tenten disse baixinho incerta se devia atrapalhar a conversa particular dos dois.

- Até mais tarde Naruto-kun.- Hinata disse deixando o loiro animado. - boa noite. - ela se despediu de todos ali e seguiu Tenten.

Naruto acompanhou ela com os olhos. Até ela desaparecer no corredor.

- Terra para Naruto?.- Sai tentou chamar atenção do amigo.

Naruto passou a mão nos cabelos loiros.

Encarou os quatro ali.

- O que?.- perguntou perdido.

Sakura negou com a cabeça.

- Quando você vai partir o coração da herdeira?.- Sai repetiu a pergunta.- me fala antes pra mim ganhar a aposta.- ele se justificou quando Naruto fez uma cara de desaprovação.

Ninguém levava fé em seu relacionamento.

Naruto sacou o próprio celular. Entrou na página de aposta.

- Ai meu deus você vai apostar?.- Ino perguntou escandalosa.- Sabe que seu nome vai aparecer pra todo mundo ver né?

- É maldade Naruto! Combina com ela antes de dizer a data que vai terminar tudo!.- Sakura disse a ele indignada.

Naruto triplicou a aposta igual Hinata havia feito.

Lá se vai um pouco de suas economias. Mas valia a pena.

Quase riu da cara dos amigos, cada um encarando a tela do próprio celular esperando ele postar. Curiosos pra ver quando ele ia terminar com Hinata.

Hall de aposta. A tabela apontava mais de 20 mil apostadores.

Pergunta

Data do fim do Naruhina. O poste tinha o nome do casal em uma lapide em uma cova aberta. Quem fez era comediante.

Qualquer aluno podia apostar qualquer valor acima de 10 Yen.

A maioria apostava que o relacionamento não passava dos três dias. O máximo ali era uma aposta que dizia duas semanas.

Clicou em enviar.

Naruto Uzumaki - Aposta 450 mil Yen - tempo de Duração do namoro - 100 anos.

- Ahhhhh.- Ouviu o coro

- Cara você é louco jogar 450 mil fora.- Choji disse e Naruto deu de ombros.

- Quem sabe. Talvez eu ganhe. - Riu da expressão das garotas.

Pv Naruto off

Pv Hinata on

Estavam na sala de aula aguardando o professor.

- Hinata-sama!.- Tenten mostrou o tablet abismada.

Hinata viu a aposta do loiro e sorriu.

- Eu disse que ele era legal.- Hinata disse a amiga.

Isso é o que nós vamos ver. Tenten pensou torcendo pra ser verdade

Pv Hinata off

Pv Naruto on

Estava ansioso demais. Balançava a perna como se isso fosse fazer o relógio passar mais rápido.

Teria ido embora se não  tivesse certeza que Hinata jamais ia aceitar matar aula.

Duas horas de falação, as duas horas mais longas de sua vida.

Mas valia a paciência.

Quando o sinal tocou quase gritou uma comemoração.

Se sentiu um garoto esperando pelas férias.

Jogou a mochila nas costas e se despediu dos amigos de curso. Saiu indo direto até o carro. Esperou Hinata e Sakura impaciente quase foi atrás das duas pra poder irem embora logo.

Sakura chegou cedo mas Hinata estava demorando.

Quando ela chegou se desculpou pela demora. Havia ficado presa no final da aula discutindo uma forma de cumprir a nova agenda com Tenten.

Naruto entrou no carro. Colocou o cinto. E dirigiu no máximo da velocidade permitida.

- Naruto-kun minha casa não é mais perto do que a da Sakura?.- Hinata perguntou de forma inocente ao perceber que ele havia passado o trajeto.

- Prefiro deixar a Sakura-chan primeiro. - ele disse girando o volante.

Sakura pareceu ser a única a entender as más intenções do loiro. Viu ela revirar os olhos pelo espelho retrovisor.

Conferiu Hinata ela permanecia tranquila mexendo no celular.

Sorriu aberto.

- Boa noite Sakura-chan!.- Disse ao parar o carro na frente da casa dela.

- Boa noite.- Sakura disse rindo

Dirigiu mais tranquilo. Não entendia o porque estava tão ansioso.

Ele não ficava tão eufórico assim desde.. ele nem se lembrava.

Talvez fosse porque estava na seca a mais de um mês. Precisava disso precisava tirar o atraso.

Sorriu ao avistar o prédio e parar o carro na frente.

Viu Hinata tirar o cinto de segurança.

Era agora.

Era só correr pro abraço.

Esperaria ela dizer" Sobe comigo" manhosa ou " quer beber alguma coisa?" Não importava a desculpa ele já sabia a resposta!

Ela lhe deu um selinho doce antes de dizer

- Boa noite Naruto-kun.

- Sim.- disse baixinho contendo a eufória, demorou meio segundo pra processar que ela havia se despedido e entrava no prédio sozinha . - Espera o que?

Ele perguntou meio atordoado.

Ela não tinha se oferecido ou mesmo chamado ele pra subir? ....

Ahn?

Conferiu o hálito. Olhou no espelho retrovisor.

Não! ele estava ok.

Então porque?

Como assim?

Havia sido ...

Havia sido... REJEITADO?

Cara mas como?

O que fazer agora?. Fincou sem ação.

Ele queria tanto!

Hinata!.- choramingou mentalmente.

Isso nunca tinha acontecido antes. As garotas se jogavam aos pés dele.

Se ela gostava dele porque deixar ali?

Respirou fundo, aceitando a derrota.

Tudo bem, é segunda e ninguém faz sexo na segunda. - disse pra si mesmo meio chateado.

Flashback back off

Teria sido normal se ela não tivesse repetido o feito na terça, na quarta, na quinta e provalvelmnte faria agora na sexta.

Ele se sentia incomodado por não saber exatamente o que estava acontecendo de errado.

Estava até criando teorias nada nobres sobre a Hyuuga.

Foi assim que chegou a idéia dela estar usando a imagem dele.

Talvez Hinata tivesse um amante.

Um professor ou um sócio do pai dela. Poderia ser um homem casado. Por isso ela havia aceito sair com ele. Para afastar as suspeitas! Seu cérebro gritava.

Podia imaginar ela toda gostosa. Vestida na langerie preta e vermelha. Segurando um chicote erótico. Enquanto o homem estava amarrado na cama ali esperando para ser "punido". Ou melhor ela estaria na cama! Semi nua. Só de calcinha esperando por ele para o satisfazer. Submissa a seu bel prazer.

O pior de tudo era que em todas essas fantasias ele era o cara ali.

E em todas as fantasias dele Hinata havia se tornado a protagonista.

Passou a mão esquerda  nos cabelos loiros voltando a realidade. Olhou para o rosto inocente da garota e tirou a idéia idiota da cabeça. Não.

Hinata não era assim. Ela não iria usar ele desse jeito. E se usasse falaria a verdade.

Isso só dava vazão a uma teoria mais absurda ainda.

Ela....

Era.....

virgem!

Quase ofegou.

Não que ligasse pra isso, mas só de pensar que seria o primeiro a desfrutar daquele corpão perfeito sentia o membro reagir.

Puta que pariu. Vinte e um aninhos. Universitária e ...

Não. Riu sozinho. Isso seria impossível. Hinata era gostosa de mais pra nunca ter namorado algum sortudo antes...

Então porque ela não o chamava pra subir?

Talvez ela fosse timida demais.

Mas... Ele havia deixado claro muitas vezes que estava louco por ela.

Flashback on

- Naruto- Kun assim vamos nos atrasar!.- Hinata praticamente gemeu seu nome.

Era quarta feira. Eles estavam ali no estacionamento da facul.

Sakura deixou de pegar carona com ele. Dizendo que ia passar a ir com uma amiga do curso pra não segurar vela.

Ele agardeceu Hinata mentalmente pelo feito. Depois iria comprar algum presente para a morena. Não seria mais o chofer da Haruno. Hahahhah depois de 4 longos anos de servidão. Estava livre!

Mas agora tudo que queria era sentir o gosto dos lábios carnudos da Hyuuga.

- Você não sabe o quanto eu te desejo. - ele confessou em seu ouvido. E Hinata ofegou. Naruto passou a beijar e marcar o pescoço alvo da garota. Apreciando o perfume de jasmin que vinha dela.- Você me deixa louco Hinata. Eu quero te jogar na cama e...- ela o calou com um beijo voraz. Que durou o suficiente para lhe roubar o fôlego.

Hinata se afastou aproveitando a falta de ar dele para abrir a porta do carro.

- Boa aula Naruto-kun.- disse decidida. Saiu e quando olhou pra trás percebeu que ele secava a bunda dela.

Naruto riu quando ela colocou a pasta na frente da bunda antes de voltar a andar.

Flashback off

Ela gostava dele?

Começava a duvidar disso.

Repassava tudo em sua mente. Hoje ele teria de dar um jeitinho de subir com a moça.

Mas sem revelar o quanto queria aquilo.

Tentava maquinar alguma desculpa boba buscando a abordagem mais eficaz para conseguir a Hyuuga.

Estavam saindo a uma semana. E sim ele já havia conhecido Hiashi Hyuuga.

Flashback on

Buscou Hinata em casa. A pedido dela vestia um terno cinza e estava formal como se fosse a uma reunião de negócios.

Hinata vestia um vestido de seda amarelo gema folgado que era bem comportado indo até os joelhos em comprimento. Mas isso não escondia a beleza natural dela.

- Qual a história?.- Naruto perguntou seguindo o GPS.

- Você está super apaixonado por mim. Demorou anos pra me convencer a sair com você usando bilhetes e mensagens. Não faz tempo que eu aceitei. Suas intenções são as mais sérias possíveis, mas depois de conhecer minha mãe está receoso pois ela deixou claro que eu não acredito em relacionamentos duradouros.

- Certo eu quero casar mas você não.- ele assentiu e Hinata pediu forças a kami pra Naruto  e ela sobreviverem ao pai tradicionalista.

Chegaram no horário marcado.

A governanta abriu a porta. Foram conduzidos até a sala de jantar da propriedade.

A casa do pai de Hinata parecia a do presidente dos Estados Unidos de tão grande.

Ele se perguntava como aquele homem conseguia viver ali sozinho.

Afinal era divorciado e Hinata morava em um apartamento.

- Hinata.- ouviu uma voz firme e encarou o homem no final da escada.

Meia idade. Cabelos longos. Feições sérias.

Naruto ia estender a mão a ele mas Hinata deu um leve tapinha em sua mão e puxou a gravata 

- Otossan.- Hinata se curvou levando Naruto a fazer o mesmo.

- Venham eu pedi que deixassem tudo certo para a cerimônia do chá.

Hiashi disse.

Ele era tradicional. Ao extremo. Seguiram para trás da propriedade e a fachada ocidental deu lugar a oriental japonesa. Havia um pequeno lago. Uma ponte e uma casa menor.

Quando Naruto pensou em deboche que daqui a pouco teria que vestir a rigor não estava errado.

Ele foi separado de Hinata e levado a um quarto aonde teve que trocar de roupa. Colocou um roupão tradicional japonês preto. Como um samurai.

Se sentiu um shinigami.

Teve que deixar o celular desligado no quarto. E depois foi conduzido até a sala aonde Hiashi o esperava.

Haviam katanas espalhadas como decoração na parede. Bonsais, quadros e vasos de porcelana, eles se sentaram no chão em frente a mesinha pequena.

- Aonde está a Hinata?.- perguntou curioso.

- Ela se juntará a nós em breve.- O homem lhe informou tranquilo.

- Claro.- ele ajeitou a postura. Se sentando sobre as pernas.

- Somos um clã muito antigo os Hyuugas. E Hinata é a minha única herdeira.- Hiashi disse sério e calmo.- tanto eu como ela fomos criados de forma tracional valorizando a cultura de nossos antepassados.- Naruto engoliu em seco. Mal ouvia a ladinha sobre tradição.

Ao que lhe desrespeitava aquele homem poderia decapta-lo e ninguém iria sentir falta do corpo além de seus pais.

Hiashi fez uma pausa antes de fazer a pergunta. Você entende isso senhor Uzumaki?

Não daria pra mentir pra ele. Ele perceberia. Se perguntou como os pais de Hinata podiam ser tão diferentes?

- Eu compreendo Senhor. Na verdade meu pai é estrangeiro, mas a minha mãe é japonesa nascida e criada aqui. Eu aprendi cedo que um homem de verdade mantém a sua palavra e valorizo isso acima de tudo.- Naruto disse sério. Teria de ser o mais verdadeiro possível. Hiashi assentiu dando permissão para ele continuar.- Eu conheci a Hinata a pouco tempo. A estimo da melhor forma possível. Jamais a enganaria ou desejaria fazer ela sofrer. - bem era verdade ele havia sido sincero com ela.

- Fiquei impressionado da Hinata ter apresentado você a mãe dela Primero.- Hiashi traspareceu seu incômodo.

- Na verdade isso foi coincidência. A Hinata não havia planejado como ia me apresentar aos dois.- Naruto a justificou.- eu sei que o certo seria pedir sua permissão antes mas foi difícil conseguir sair com a sua filha.- Naruto coçou a nuca. Teria que mentir.- e estou apreensivo já que a senhora Hyuuga deixou claro que não vai durar afinal Hinata é um espírito livre como ela.- fez a melhor cara de coitado que pode.

- Ela disse isso?.- Hiashi perguntou

- Ela deu a entender senhor. Algo como não acreditar no amor duradouro.

Naruto sentiu a mão de Hiashi no seu ombro esquerdo. E se apavorou.

- Eu entendo garoto. - o homem disse solidário.- E vou te apoiar. Contudo eu e Myto temos um acordo, então não posso interferir nas escolhas de Hinata. Mas ela é uma Hyuuga o sangue dela irá falar mais alto. Ela vai seguir a tradição.- os lábios de Hiashi se curvaram levemente e Naruto acreditou que aquilo era um meio sorriso.

- Obrigado Senhor.- Naruto disse mostrando respeito.

Foi ai que a porta se arrastou para o lado e Hinata entrou com mais duas servas.

A Hyuuga vestia um kimono azul escuro bordado em azul claro e rosa. Seu cabelo estava preso e adornado de com um enfeite de ouro. Ela se juntou a eles.

As servas vestiam uma roupa clara nada luxuoso.

Hinata começou a preparar o chá. Suas mãos se moviam em sincronia ensaida. Eram ágeis ao usar os utensílios antigos.

Naruto estava vidrado. Ela parecia uma verdadeira deusa dos contos de fada japonês.

Seus lábios se destacavam na cor vermelha do batom. Sua pele alva parecia brilhar de tão clara.

Ela estava linda.

Parecia uma pintura. Uma verdadeira obra de arte.

Hinata depositou o chá em três recipientes que pareciam feitos de jade. Entregou um a Hiashi se curvando levemente e depois fez o mesmo gesto entregando um a Naruto.

Ela o olhou intrigada antes de sorrir e fazer um gesto de fechar o próprio queixo. Então Naruto entendeu que estava de boca aberta.

Travou o maxilar. Hinata olhou dele pra Hiashi e ele entendeu que devia saldar o mais velho com as duas mãos segurando o pequeno recipiente de chá. Assim o fez. Hiashi repetiu o gesto e ambos beberam.

Aquilo era morninho mas não era igual aos chás que ele havia bebido na vida. Era uma delícia e tinha um sabor reconfortante surreal.

Acabou bebendo tudo de uma vez sem querer.

As servas trouxeram alguns doces e salgados desconhecidos por ele. Naruto provou um pouco de cada. Hiashi explicava sobre a tradição por trás da cerimônia mas Naruto não ouvia nada de verdade. Estava mais focado em observar Hinata. Ela bebia o chá e provava um doce de forma tão natural e requintada que ele se pegou admirando ela sem conseguir desviar os olhos.

O que não passou despercebido pelo mais velho.

- Não vai beber mais garoto?.- Hiashi perguntou

- Eu meio que bebi tudo.- Naruto disse envergonhado.

Hinata reprimiu um riso. E serviu mais chá para ele.

- Não pode exagerar Naruto-kun esse chá é um combo de ervas medicinais, mas em excesso pode fazer mal. Beba lentamente.- Hinata explicou ele assentiu.

As conversas de Hinata e o pai se resumiam a assuntos da empresa. Myto não fora citada em momento algum. Hinata falou do curso. De projetos. Na hora de se despedir Hiashi os convidou para jantar.

Naruto foi conduzido ao quarto para trocar de roupa. Assim como Hinata. O jantar fora servido na sala de jantar da casa principal.

Naruto viu Hinata encarar o prato. Um tipo de peixe. Reconheceu o mesmo que Myto havia servido a Hinata.

- Seu prato favorito.- Hiashi disse e Hinata assentiu.

Hiashi contou histórias sobre os Hyuugas.Parentes distantes da família real japonesa. Que apoiavam o imperador etc.

Após o jantar eles se despediram prometendo voltar mais vezes.

Até que não foi difícil. Pensou

Mas a pergunta que ele não conseguiu calar foi

- Para o seu pai você disse que vai assumir as empresas. E para sua mãe seguir a carreira dela. Como pretende fazer ambos? Ninguém pode estar em dois lugares ao mesmo tempo.- ele disse a Hinata enquanto levava ela pra casa.

- Eu tenho ajuda do meu primo Neji na empresa. E por hora só preciso fazer as aulas de ambos.- Hinata deu de ombros.

- Não seria mais fácil dizer a eles qual você quer fazer?.- Naruto perguntou

- Regra número 5. Hinata disse séria.- foi a primeira vez que ela usou uma das regras.- Não preciso responder se não quiser nenhum assunto relacionado a minha família.- ela o lembrou.

Naruto assentiu mesmo não gostando dessa distância que ela impôs. Mas por outro lado seria bom eles terem um limte. Afinal aquela relação teria prazo de validade.

Flashback off

Parou o carro em frente ao prédio da Hyuuga.

Observou Hinata tirar o cinto como de costume.

- Boa noite Naruto-kun.- ela disse antes de lhe dar um selinho.

Mas dessa vez ele a parou.

- Hey, espera.- disse calmo. Hinata o encarou esperando ouvir o que ele tinha a dizer.- eu.. estava pensando se você não quer sair comigo hoje?.- sorriu.- É sexta e bem podiamos nos divertir.- propôs.

Hinata pareceu pensar.

- C-claro. Agora?.- ela perguntou corada.

- Eu vou em casa e te pego aqui em uma hora pode ser?.- ele perguntou

- Hai.- ela sorriu genuinamente.

Saiu. Deixando o loiro animado no carro.

Gostava dele?

A maioria gostava.

Pensou dirigindo pra casa. Todas o viam como uma chance de se divertir. E Hinata não seria uma exceção a regra.

E se ela queria se divertir. Ele sabia bem como prorporcinar isso a ela.


Notas Finais


Oi. Então, tem bastante gente esperando pelo momento hot da fic mas isso vai demorar mais um pouco. E eu vi alguns comentários já shippando errado kkkkk como assim? Não é Sasuhina( mesmo que eu ame) é Naruhina meu povo. Vamos shippar certo comigo pra ninguém sofrer no final. Sasuke lindo está no próximo. E o capítulo em que ele descobre quem é o senhor azul ta chegando!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...