História Eu posso me apaixonar por você? - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Visualizações 109
Palavras 944
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - Pequena Esperança.


Fanfic / Fanfiction Eu posso me apaixonar por você? - Capítulo 21 - Pequena Esperança.

Chegamos ao hospital e então eu fiz vários e vários exames de “Rotina”. E agora eu estava aqui esperando o médico vim me dizer se tudo estava bem ou não, mais eu tinha certeza de que nada estava bem.

 

-Bom dia. Disse o médico ao entrar.

 

-Bom dia. Respondemos Itachi e eu.

 

-Bom, devo confessar que a sua situação e preocupante.

 

-E eu imaginei.

 

-Com base nos exames creio que você tenha menos de três meses de vida.

 

Quando ele disse isso senti como se um tsunami estivesse me atingindo, eu não imaginava que tinha tão pouco tempo de vida, olhei para Itachi e pude ver a preocupação e o medo nos olhos dele.

 

-Bom, eu não quero lhe dar falsas esperanças Sasuke, mas aparentemente um médico da Itália operou uma garota com o seu tipo de tumor.

 

-Então há esperanças? Perguntou Itachi.

 

-Sim, mais não sei se ele pode ajudá-lo, afinal cada caso e um caso e ainda não sabemos as consequências que uma cirurgia dessa magnitude pode ter.

 

-Eu entendo.

 

-Esse medico estava indo para cá a pedido do diretor do hospital, ele mandou o seu caso para esse medico e ele quer ajuda-lo.

 

-Serio? Perguntou Itachi todo animado.

 

-Sim, mas não e nada garantido.

 

Eu ainda estava pasmo, havia uma chance de continuar vivo e dessa vez eu abraçaria essa chance sem pestanejar.

 

--

 

1 semana depois.

 

Itachi e eu havíamos voltado ao hospital para nos encontrarmos com o médico, devo admitir que estava cheio de esperanças e preocupado também. Eu queria ter contado isso a Sakura mais infelizmente não pude, queria que ela estivesse aqui comigo.

 

-Oi. Disse um homem com cabelos grisalhos assim que entrou.

 

-Oi.

 

Em seguida o meu médico entrou na sala.

 

-Bom eu me chamo Kakashi e analisei perfeitamente o seu caso.

 

-Então eu tenho chances? Perguntei a ele.

 

-Claro, mais temos um problema.

 

-Qual?

 

-Eu posso fazer a cirurgia e ela pode ser um sucesso e você pode não ter sequelas nenhuma, por outro lado podemos fazer a cirurgia, ela pode ser um sucesso mais você pode perder a sua memória e esquecer tudo e todos, essa perda de memória pode ser constante, ela pode ficar se repetindo e de dois em dois dias ou de uma em uma semana você pode ficar perdendo a memória, esse e o seu risco agora e você quem decide.

 

-Eu quero fazer.

 

Quando disse isso Itachi colocou a mão no meu ombro e então sorrio.

 

-Temos que opera-lo o mais rápido possível então afinal não temos muito tempo e o seu quadro pode piorar.

 

-Tudo bem.

 

-Fique no hospital hoje, faremos mais exames e se tudo estiver bem você será operado amanhã.

 

-Já?

 

-Sim, quanto mais rápido melhor.

 

 

----------------

 

Sakura pov’s

 

Eu estava a duas semanas sem ver ele, me sentia tão triste, queria ter estado ao lado dele no conselho, queria tanto poder abraça-lo, respirei fundo enquanto pensava sobre isso.  Me sentei no sofá, passei a mão sobre os cabelos quando do nada a porta se abriu bruscamente e então pude ver Hinata entrar correndo, ela estava toda descabelada e seu rosto estava completamente vermelho, me levantei rapidamente assim que a vi.

 

-O que houve? Perguntei a ela.

 

-Sasuke..... Ele ... ele ... ele. Disse ela ao respirar fundo.

 

-Ele o que? O que houve? Perguntei nervosa.

 

-Ele vai ser operado hoje.

 

-O que?

 

-O irmão dele pediu pra mim te avisar, Sasuke entrará na sala de cirurgia em menos de uma hora.

 

Quando ela disse isso meu coração disparou, eu sabia da condição dele, sabia que uma operação desse tipo era complicada, mordi meu lábio enquanto pensava.

 

-Me empresta o seu celular?

 

-Claro.

 

Hinata rapidamente tirou o seu celular do bolso e me entregou, segurei o mesmo, olhei de um lado para o outro.

 

-Eu preciso ir vê-lo.

 

-Eu compreendo.

 

-Preciso que você distraia o segurança lá fora.

 

-Ok.

 

-Devolverei seu celular quando eu voltar.

 

-Não se preocupe com nada, apenas vá vê-lo.

 

Dei um breve sorriso, em seguida Hinata correu para fora. Fiquei a observando da janela, ela correu até o segurança e se jogou no chão em seguida começou a gritar dizendo que o tornozelo dela estava doendo, ele a pegou no colo e caminhou com ela para casa novamente enquanto ele estava com ela no colo eu corri o mais rápido que pude enquanto ouvi o segurança gritar pelo meu nome. Eu corri o mais rápido que pude enquanto digitava o número de Sasuke, assim que vi que ele havia atendido o telefone, assim que vi o seu rosto na tela do celular meu coração se encheu de felicidade.

 

-Estou feliz em ver você. Disse ele.

 

 

Assim que ouvi essas palavras não pude evitar, as lágrimas começaram a cair.

 

-Eu estou indo até você.

 

Ele sorrio quando me ouviu.

 

-Não chore querida, sorria.

 

Dei um breve sorriso quando o ouvi.

 

-E assim que eu gosto.

 

-Se algo der errado saiba que eu a amo.

 

-Nada dará errado, nada, você irá voltar pra mim, eu vou te abraçar muito e te perturbar bastante....

 

-Sasuke temos que ir. Ouvi alguém dizer.

 

-Tenho que ir agora.

 

-Eu sei, eu estarei ao seu lado quando você acordar.

 

-Isso vai ser ótimo, então espero você.

 

-Ok, eu te amo.

 

-Eu também te amo.

 

Ambos desligamos os celulares e eu continuei a correr.

 

---

 

Quando cheguei ao hospital ele já estava em cirurgia.

 

-Que bom que veio. Disse Itachi ao se aproximar.

 

Dei um breve sorriso.

 

-Tudo dará certo não é?

 

-Eu queria dizer que sim, mas eu não sei.

 

As minhas lágrimas começaram a escorrer quando o ouvi, Itachi em resposta se aproximou de mim e me abraçou.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...