História Eu posso me apaixonar por você? - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Visualizações 104
Palavras 887
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 22 - A dúvida de um irmão


-Fique tranquila. Disse Itachi enquanto me abraçava.  

 

-Quais são as chances dele?

 

-Ele tem muitas chances, mas talvez fique com uma sequela.

 

Me afastei dele e o olhei atentamente.

 

-Que tipo de sequela?

 

-Ele pode perder sua memória.

 

-E isso é ...

 

-Pode ser apenas coisa de momento ou pode ser algo permanente.

 

-Ai meu deus... Disse isso ao colocar as mãos sobre o rosto.

 

-Não podemos nos desesperar, devemos pensar positivamente.

 

Tirei as mãos do rosto. – É, você está certo.

 

Ficamos esperando por algum tipo de notícia por dez longas horas, eu não conseguia nem respirar direito, só de pensar que algo poderia acontecer com ele, confesso que eu nunca havia rezado tanto em minha vida. Todo o nosso desespero foi acalmado quando o médico saiu da cirurgia e nos disse que tudo havia dado certo e que em poucos instantes Sasuke seria levado para o quarto, naquele momento pude ver a felicidade preencher o rosto de Itachi como eu nunca havia visto, o meu coração que estava inquieto naquele momento se acalmou momentaneamente.

 

-Graças a deus! Disse Itachi ao respirar fundo logo após o médico se retirar.

 

O olhei com um enorme sorriso.

 

-SAKURA!

 

Nós viramos para o lado e logo pude ver meu pai de pé a nossa frente me olhando friamente.

 

-Pai... O que...

 

-Eu disse que não queria mais ver você com aquele professor, então o que diabos faz aqui?

 

-Pai mais ele estava ...

 

-Não me interessa.

 

-Pai ...

 

Itachi virou de lado e lentamente sussurrou: -Vá com ele, afinal ele e o seu pai, não podemos causar problemas em um hospital.

 

Olhei para Itachi. –E se ....

 

-Não se preocupe, quando ele acordar eu cuidarei dele e direi a ele que você esteve aqui.

 

-Meu medo e que ele não se lembre de mim.

 

-Isso não irá acontecer.

 

Logo senti meu pai me puxar, sem gritar, pestanejar ou tentar escapar.... Eu apenas fui com ele. Enquanto eu caminhava para longe meu pai gritava feito louco mais eu não conseguia ouvi-lo, todos os meus pensamentos estavam em Sasuke. Assim que entrei no carro senti como se nunca mais fosse vê-lo, como se estivesse o perdendo pra sempre.

 

--

 

Itachi pov’s

 

Para a minha sorte a cirurgia de Sasuke havia sido um sucesso, me lembro de ter ficado durante três dias em seu quarto apenas esperando pacientemente ele acordar e quando finalmente seus olhos se abriram um enorme sorriso surgiu no meu rosto.

 

-Porque demorou para acordar? Disse a ele.

 

-Água. Sussurrou ele.

 

-Claro. Calmamente enchi o copo de agua, me aproximei dele, segurei em baixo de sua cabeça com cuidado. –Aqui. Disse isso guiando o copo em direção a sua boca sutilmente.

 

Sasuke bebeu toda a água, em seguida coloquei sua cabeça sobre o travesseiro novamente e coloquei o copo sobre a mesinha.

 

-Sabe quem sou? Perguntei a ele.

 

-Meu irmão?

 

-Certo. Disse isso a sorrir.

 

-Onde está nossa mãe?

 

Quando ele perguntou isso, me senti angustiado.

 

-Ela morreu há alguns anos Sasuke.

 

-Áh.

 

-E Sakura esteve aqui.

 

-Quem é Sakura?

 

Mordi os lábios quando o ouvi. –Ah, a enfermeira.

 

Era completamente estranho que ele se lembrasse de mim mas não se lembrasse de Sakura. Eu havia dito a ele que Sakura era a enfermeira porque não queria deixa-lo atordoado ou confundi-lo antes do médico aparecer.

 

-O que houve comigo?

 

-Você precisou fazer uma cirurgia.

 

Logo após as minhas palavras o médico entrou no quarto.

 

 

-Fico feliz que tenha acordado Sasuke. Disse Kakashi ao fechar a porta.

 

Sasuke deu um breve sorriso.

 

-Conversou com ele? Perguntou Kakashi a mim.

 

-Sim, aparentemente ele se lembra de mim mais não lembra de outras coisas.

 

-Hum, entendo, creio que ele perdeu sua memória recente, agora devemos fazer alguns exames e ver se isso será temporário ou permanente, mas fico feliz em lhe dizer que tudo de mal que estava dentro dele desapareceu. Disse Kakashi ao sorrir.

 

-Isso me deixa aliviado, bom vou deixá-los sozinhos. Disse isso ao pegar as minhas coisas e sair do quarto.

 

Assim que sai do quarto peguei o celular de Sasuke e liguei para o celular que Sakura havia ligado da última vez.

 

-Oi.

 

-Sakura?

 

-Não aqui e a Hinata.

 

-Droga! Sabe onde eu posso encontrá-la?

 

-Infelizmente não, tudo o que eu sei e que ela foi embora.

 

-Pra onde?

 

-Aparentemente para a França, você por acaso e parente do Sasuke?

 

-Sim sou irmão dele.

 

-Aáh.

 

-Sabe quando ela volta?

 

-Não, eu não sei, o pai dela ficou com tanta raiva porque ela foi ver o Sasuke e porque eu havia ajudado ela a sair que simplesmente pegou as coisas e levou ela embora, fiquei sabendo disso por conta do meu pai, eu creio que eles não irão voltar mais.

 

-Entendo.

 

-E como Sasuke está?

 

-Ele está bem, eu liguei apenas para avisar isso a ela. Disse isso ao respirar fundo.

 

-Sinto muito não poder ajudar mais.

 

-Está tudo bem.

 

-Se por acaso ela entrar em contato comigo eu avisarei a ela.

 

-Ok, obrigado.

 

-De nada, até logo.

 

-Até. Disse isso ao desligar o celular.

 

Respire fundo e coloquei o celular em meu bolso, eu não sabia se Sasuke recuperaria completamente sua memória. Se ele não recuperasse será que eu deveria contar a ele sobre a existência de Sakura? E sobre o sórdido e breve romance que houve entre eles?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...