História Eu preciso de você - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren G!p Lauren G!p
Visualizações 37
Palavras 798
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Capítulo 6 - E agora?


POV CAMILA 

       Assim que fecho a porta meus olhos se perdem em lágrimas.... eu não posso acreditar nisso. Sem pensar muito corro o mais rápido possivel para fora do hospital. Eu preciso pensar, eu oreciso entender tudo isso. 

       Assim que abro a porta da saída do hospital um ar frio invadi meus pulmões e me causa uma dor gostosa e necessária para aplacar a dor.

       Eu preciso sair daqui. Eu preciso ir para algum lugar refletir. Eu preciso ir para o meu lugar seguro. O tempo esta fechando eu preciso correr. 

        Sem pensar duas vezes corro com toda as minhas forças já sentindo gotas cairem em meu corpo. Meu corpo quente sente um choque a cada gota fria que cai sobre ele, mas eu preciso disso, eu preciso sentir esse choque...

         Assim que chego no meu lugar seguro me jogo no chão ja soluçando compulsivamente, Já não seguro a dor grito tão forte que meus pulmões ardem me fazendo sentir uma dor selvagem.

         Aqui estou eu enfrente ao tumulo do meu pai tentando entender a armadilha que o destino armou. Tentando entender como fui me sentir atraida pelo homem que acabou com a vida do meu pai. Em soluços e aninhada a lapide do meu pai me permito relembrar de toda dor. 

"chego em casa após um dia todo na faculdade e mais uma vez meus pais estão em guerra. A empresa esta em falência e meu pai ja tentou de tudo para manter-la funcionando. Os carros ja foram vendidos e a casa hipotecada. Minha mãe sempre foi focada em dinheiro. Acho que casou com meu pai apenas por dinheiro. Engravidou de mim apenas para manter o casamento e garantir seu futuro. Sinuhe sempre foi bem festida e bem cuidada, e sempre reclamava que eu parecia mais com uma moradora de rua. Eu sempre andei com meus jeans, blusa básica e all star, nunca gostei muito de maquiagem e roups chamativas. Dou graças a Deus por não ter nenhum traço dela, Sou uma cópia fiel de Alejandro. Assim que meu pai começou a se desfazer dos bens as brigas se tornaram costantes. E hoje não era diferente. Assim que entrei em meu quarto pude ouvir minha mãe subindo as escadas e gritando com meu pai.

- Pra mim chega Alejandro. Estou deixando você e Camila. Eu não nasci pra viver com o básico.

- Sinuhe por favor. É só um momento. Tudo vai mudar.

- Adeus Alejandro.

E com isso as crises do meu pai se iniciou. Ele começou a beber diariamente. Mas a pior fase foi qando ele perdeu a empresa para Lawrence Jauregui. Ele tentou de tudo para manter a diretoria e o conselho. Foi foi na empresa de Lawrence várias vezes para tentar negocias. Mas a resposta era sempre a mesma. Meu pai não tinha condições de manter qualquer cargo devido a bebida. Em uma noite da minha residência no hospital cheguei em casa e encontrei meu pai no chão do banheiro com os pulsos cortados e uma lamina do seu lado. Estava desacordado e cheirando a bebida. Chamei uma ambulância e realizei o primeiro atendimento para parar o sangramento. Tive que mander muito controle pra não entrar em pânico e perder meu pai. Após a tentativa ele jurou que nunca mais iria beber e tentar novmente tirar sua vida. Uma semana depois ele se enforcou. No dia do seu interro minha mãe apareceu e foi nesse momento em que pela primeira vez perdi o controle da minha vida. Dei a maior surra nela possivel, soltando toda a minha raiva. Só parei quando Shawn me tirou de cima dela e me levou para fora do cimitério. Até hoje nunca nos falamos. Um mês após a morte do meu pai descobri que naquele dia em que ele se matou ele havia passado na empresa de Lawrence. Nada me tira da cabeça quele ele fez alguma coisa q inflênciou meu pai a se matar."


    Meu ccorpo começa a tremer, a chuva cada vez mais forte e eu não tenho orças para ir embora. Ao mesmo tempo que odeio Lawrence eu o quero. E isso esta acabando comigo. Eu não posso.... eu não devo me envolver com ele. Pelo meu pai, por tudo que ele passou eu não posso.

       Eu preciso tira-lo da cabeça, dos meus pensamentos, do meu corção. Após horas me levanto e vou para casa. Preciso de um banho.

        chegando em casa retiro minhas roupas e tomo um banho quente para lavar a dor.

        Vou pra cozinha e preparo uma sopa. Enquanto aguardo pronta meu celular toca. Era uma mmensagem e para minha surpresavera dele.

        Ao ler a mensagem meu coração acelera. Seus lábio me vem a mente e ainda posso sentir a eletricidade em meu corpo quando os toquei .

Eu não posso...

Mas eu quero, eu preciso.... 

E agora?

         


Notas Finais


Camila hair em um conflito interno kkk

Talvez eu poste mais um hj ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...