História Eu Preciso de Você - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rafael "CellBit" Lange
Personagens Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellbit, Rafael Lange, Youtubers
Visualizações 45
Palavras 703
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, vortei cm mais um cap
Boa leitura❤

Capítulo 5 - Capítulo 4- Cinema


Fanfic / Fanfiction Eu Preciso de Você - Capítulo 5 - Capítulo 4- Cinema

***********Capítulo 4***********

Entrei em casa, porém Marley não me recebeu como sempre.

Estava arranhando a porta do armário

- O que você quer aí? - perguntei e ele latiu

- Ah, você tá com fome - abri o armário, peguei a ração e coloquei na vasilha para Marley

Subi as escadas e peguei meu celular

*Mensagens On*

Manu: Acho que não vou mais no shopping com vc

Clarinha🌚: pq?

Manu: Vou fazer o trabalho amanhã

Manu: A não ser que a gnt a noite

Clarinha🌚: Então ta, a noite

Manu: Chama a Feh pra ir com a gnt

Clarinha🌚: Okey

*Mensagens Off*

(Quebra de tempo)

Vi que minha tia estava prestes a chegar e se eu não estivesse pronta ela ia me matar

Então entrei no banheiro, tomei um banho

Fui para o guarda roupas e

Peguei um shortinho preto não muito curto

Uma regata preta e um casaquinho branco

Calcei uma sandalinha simples e desci as escadas

Minha tia entra em casa

- Oi Manu, vou só tomar um banho e já vamos

- Ok

10 minutos depois minha tia desceu e saímos em direção a casa da frente

Toquei a campainha e quem atendeu foi uma mulher que aparentava ter uns 45 anos

- Boa tarde - disse a senhora

- Boa tarde - respondemos

- O que deseja?

- Viemos fazer uma visita de boas vindas, se não for muito encômodo

- Claro que não, pode entrar

- Obrigada

Entramos e sentamos no sofá

- Meu nome é Deya, prazer

- O meu Cinthia, o prazer é todo meu

- Eu sou a Manuela, mas pode me chamar de Manu

-Vocês querem beber alguma coisa? Um café? Um suco?

- Eu aceito um café, por favor

- Não obrigada - disse

Elas ficaram conversando e eu fiquei sentada um pouco entediada

Até que Rafael desceu e pousou seu olhar sobre mim e eu fiz o mesmo rapidamente e depois olhei para minha tia

- Esse é meu filho Rafael

- Olá Rafael, prazer meu nome é Cinthia. - disse minha tia

- Prazer dona Cinthia- cumprimentou- Olá Manu

- Oi -disse com um sorriso

- Vocês já se conhecem?

- Sim, estudamos na mesma sala- disse Rafael não tirando o olhar de mim

Eu ja estava um pouco envergonhada.

- Onde você vai filho?

- Vou dar uma volta- respondeu- você não quer ir comigo Manu e deixar elas duas conversando?

- T-tabom, ja volto tia

Saímos da casa e fomos andando pela rua

- Onde vamos? - perguntei

- Onde quer ir?

- Você decide

- Cinema?

- Pode ser

Andamos até o shopping, que não era tão longe dali

Compramos os ingressos para assistir invocação do mal

- Você não vai ficar com medo? - perguntei rindo

- Claro que não, você que vai ficar

- Haha, vamos ver - disse entrando na sala de cinema

Sentamos e esperamos o filme começar

------Quebra de tempo------

- Sabia que você ia ficar com medo - disse Rafael rindo

- Não tenho culpa se aquela freira aparece de repente- disse rindo também

- Eaí, já quer ir pra casa?

- Já, to com sono - disse

- Vamos fazer o trabalho amanhã né?

- Sim

- Então vamos, vou te levar pra casa

Saímos do Shopping e fomos andando e conversando no caminho

- Mas aí, me conta um pouco sobre você - disse Rafael

- Bom, eu perdi meus pais em um acidente de avião, eles estavam viajando a trabalho e o avião caiu, depois disso tive que ir morar com a minha tia, ja tive depressão, mas depois conheci minhas amigas que me ajudaram a melhorar assim como a minha tia- disse - Agora é a sua vez

- Meu pai foi embora de casa quando eu tinha uns 7 anos e desde isso eu morava com minha mãe e meus irmãos em Carazinho, depois eles se casaram e eu fiquei com a minha mãe e nos mudamos aqui pra São Paulo - disse -Você tem namorado?

- Não, e você tem?

- Ainda não

Chegamos na frente da minha casa

- Tchau Manu, foi bom te conhecer melhor - ele me deu um abraço

- Tchau Rafa, também gostei de te conhecer - retribui o abraço

Entrei em casa e minha tia estava sentada no sofá da sala

- Parece que alguém se divertiu hoje

- Sim, a gente foi no cinema

- Hum, e você gosta dele?

- Tia, a gente acabou de se conhecer, somos só amigos - disse levantando e subindo as escadas

Entrei em meu quarto tomei um banho, e me joguei na cama adormecendo logo em seguida


Notas Finais


lalalalalalala
n vou falar nada 🌚
até o próximo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...