História Eu Prefiro Estar Aqui - 2 Temporada - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Bernard Duarte
Tags Akatsuki, Amor, Bernard, Isabelle, Lucas, Ucrânia
Visualizações 16
Palavras 556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Esporte, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu voltei pessoal... Espero que ainda tenha alguém lendo essa fic, e nas notas finais explico tudo.
Sim, a história teve um salto temporal, e não, ninguém aqui vai ficar órfão do que aconteceu nesse tempo todo...
XOXO

Capítulo 17 - De volta pra casa


/Já em 2018/

O avião mal tocou no solo e eu já queria sair correndo. E não era só pela saudade do Brasil, mas sim porque eu estava muito atrasada. Tipo, muito mesmo.

Durante o vôo todo eu ficava olhando naquela pequena tela quanto tempo faltava, a rota e qual era a temepratura que me aguardava na chegada. Era inverno no Brasil, porém em BH a gente nunca sabe se vai estar frio ou calor, e eu estava tão ansiosa que troquei de roupa a cada temperatura nova que eu via na tela. A ansiedade era algo que me perturbava a um certo tempo e em ocasiões como a de hoje, a situação só piorava.

Quando a aeromoça autorizou o desembarque eu ja era a primeira a passar pela porta, corri para a segurança e toda a burocracia de desembarque internacional foi rápida, talvez porque eu já estava acostumada, passava por ali ao menos umas 3 vezes por mês, ou porque a imprensa falava do evento de hoje fazia alguns meses e os seguranças podiam estar me ajudando a diminuir o atraso.

-Srta. Ferrari - o motorista ja me aguardava no saguão com as minhas malas - Vamos depressa, já tive que segurar seu horário no salão por tempo demais e as meninas lá estão bem estressadas, deixei seu vestido lá pela manhã e também abasteci os armários do seu apartamento.

-Ah Richard, você é um anjo sabia. Senti sua falta nessa viagem - o abracei - E já conversamos sobre essa história de me chamar de Srta.

-Como preferir, Dra. Isabelle.

-Por favor - suspirei e sorri - Só Belle.

Entrei no carro ofegante, enquanto procurava meu celular na bolsa. 12 chamadas perdidas. Isso não era boa coisa. 

Richard percebeu meu nervosismo e enquanto acelerava pelas ruas tentou desviar um pouco minha atenção.

-Mas me conte Belle, como foi de viagem? Qual foi o paraíso em que você esteve dessa vez? - senti a ironia na última frase, e apesar de entender, um leve aperto no meu peito surgiu.

-Ah nada demais, apenas uma temporada longa por algumas praias europeias.

E assim fomos conversando durante o trajeto, que hoje parecia mais longo que o normal. 

O carro mal havia parado e eu ja estava com a mão no trinco para descer, quando uma mão pousou de leve no meu ombro.

-Belle, querida, aproveite essa noite pois ela é única, torcemos para que seja, vai ser muito especial - o olhar carinhoso dele me acalmou - Eu te encontro na Igreja ok? Meu sobrinho vai passar pra te buscar aqui assim que você terminar de se arrumar.

-Obrigada Richard, eu espero mesmo que seja a única. Vá logo se arrumar ou vai se atrasar também - dei um sorriso para ele e desci do carro.

Assim que entrei no salão, as meninas ja me bombardearam de perguntas sobre a viagem e como eu iria querer o cabelo, maquiagem, unhas, falando o quanto eu estava atrasada e como iam ter que correr com o trabalho pois eu estava com "uma cara e cabelo de avião péssimos". Apenas tentei respirar e me acalmar para que elas fizessem o trabalho delas o mais rápido possível. 

Peguei meu celular e logo tratei de retornar as chamadas perdidas, sabia que assim que atendessem uma voz bem irrirada iria surgir, eu sabia o motivo. Eu sabia o quanto era feio deixar um noivo esperando no altar.


Notas Finais


Eu senti falta, eu voltei, a faculdade comeu a minha vida... Porém Isabelle merece continuar a vida.
Salto temporal por motivos de: VAMOS ATUALIZAR NÉ BBS...
Espero que vocês gostem desse retorno e juro que só sumo quando terminar..
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...