História Eu que mando em você Kedamono - Capítulo 1


Escrita por: e SaladinhaFofin

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Kedamono X Popee, Popee The Performer, Popee X Kedamono, Yaoi
Visualizações 2
Palavras 731
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, LGBT
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Fanfic "Eu que mando em você Kedamono" também postado no Wattpad, lá tem mais uma imagem que infelizmente não dá para mostrar aqui
Link nas notas finais.

Capítulo 1 - Mal...é um garoto muito mal...


Fanfic / Fanfiction Eu que mando em você Kedamono - Capítulo 1 - Mal...é um garoto muito mal...

Kedamono andava procurando Popee, que desapareceu algumas horas atrás. Ele estava preocupado, oque iria acontecer com ele depois de falar a Papi sobre isso? Mas claro que isso não iria acontecer, Popee sabia se cuidar muito bem e Kedamono não era uma babá, já que Popee tinha 17 anos sabia muito bem das coisas.

-Popee cadê você? -ele o procurava por todos os cantos, até que o acha dentro de um barril, mas suas pernas estavam para fora do barril, ele não conseguia sair de lá dentro.-Popee? Oque fazia aí dentro?

-eu estava andando distraidamente e acabei caindo aqui! ME TIRA DAQUI!! RÁPIDO!! -sua voz saia abafada, e ficava balançando as pernas com velocidade.

-ok ok, mas se ficar balançando as pernas eu não conseguirei te tirar daí -Popee para de balançar, e Kedamono o puxava pelas pernas, depois de tanta força ele consegue de o tirá-lo do barril, mas Popee acabou caindo sentado em Kenamoto, sentado no peito dele, o impedindo de de respirar-Po...pee...nã-não...-Popee sai de cima dele, fazendo o conseguir respirar novamente.

-vai se levante! Precisamos ensaiar! Wolf Circus não vai acontecer sozinho! -Popee falava com um tom de ordem, e Kedamono se levantava rapidamente-vamos fazer balabarismos com facas! -ele falava sorrindo como se aquilo fosse algo normal, Kedamoto não gostava de fazer isso, claro que Kedamono conseguia até fazer sem falhas mas às vezes acontecia uns acidentes. Kedamono alguns tempos atrás começou a pensar que Popee fosse um garoto psicopata e masoquista, por motivos de quase mata-lo toda vez, e por ele parecer curtir da dor de tantos acidentes que aconteceu naquele circo, tinha até um dia que Popee estava tão machucado mas parecia ter prazer naquilo. Kedamono ainda se lembrava do que ele falou daquele dia:



"-viu Kedamono? Não é tão ruim assim.." mesmo que Popee tivesse gostado, Kedamono ficou preocupado pelo Popee, e sabia que depois daquilo ele teria que cuidá-lo.

-sério? Não quer treinar outra coisa? -ele pergunta para Popee, com um leve sorriso na máscara que ele usava, e Popee ficava pensativo.

-hmmmm...não, só se tentar acertar a faca na maçã...-Kedamoto só tremeu de imaginar Popee o acertar pela cabeça.

-acho... está melhor essa...-Kedamono fala se sentindo que iria morrer a qualquer momento, Popee dava as facas para ele.

-tudo bem! Vai lá! Sei que consegue, que nem nos dias anteriores! -Kenamono tremia, mas teve que manter a calma para não acabar se ferindo.

...

As horas se passaram, e Kedamono estava em sua tenda descansando, por sorte ele não acabou se cortando mais uma vez.

-Kenamono! -Popee grita seu nome, e Kenamono se levanta por rapidez, vendo que o garoto não estava com o seu chapel de coelho, e que seus braços estava fora do macacão listrado que ele usava, e suas bochechas estavam vermelhas, sim, as bochechas de Popee era levemente vermelhas mas agora estava demais.-tome banho comigo!-Kedamono corou com isso, essa era a ordem mais estranha que Popee acabou de pedir.

-m-mas...p-po...

-sem perguntas! Só tome banho comigo! -o jovem lobo não entendia o que estava se passando na mente de Popee para pedir isso (aqui Kedamono seria um híbrido).

-o-ok então...-Kedamono aceitou, não queria acabar morto por bombas que Popee poderia jogar em uma hora dessas.

Kedamono entrou no banheiro junto com Popee, Popee que já estava com os braços fora do macacão, ele tira por completo, e Kedamono fica admirando corado, vendo que como Popee cresceu muito e que...ele é muito feminino, seu rosto, corpo, tudo dele parecia feminino, não pelo fato de também usar vestimentas rosas, mas ele é...mesmo...muito feminino...

-o-oque está olhando!? -ele pergunta corado também, e Kenamono desvia o olhar.

-n-nada! -Kedamono tira os shorts que estava usando, e os dois entram na banheira sem falarem nada, se encarando, Popee o olhava com um olhar famindo que deixava até Kenamono com medo.

-é...é...porque?...

-porque sim e cala boca! -ele se joga em Kedamono o beijando, e logo em seguida pedindo passagem e Kedamono acaba aceitando.

(-oque estou fazendo?! Porque estou o deixando me beijar!?)Kenamono  pensava sem entender nada. Eles se separam pela falta de ar, e Popee sorriu de lado.

-você aceitou sem eu mandar -ele fala, sua expressão era maldosa, maldosa junto com malícia, Kenamono sabia que aquele garoto era mal...muito mal, mas bom ao mesmo tempo.

-...



Continua???


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...