História Eu queria mais que amizade! - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 12
Palavras 498
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpem pelos erros

OBS:praticamente tudo que Ruan estará sentindo nesse cap é oq eu estou sentindo...

OBRIGADO POR ME ATURAREM ATÉ AGORA❤

Capítulo 20 - Um enorme vazio


Estava tão animado, finalmente veria a única pessoa em que eu confio, admiro, que se importa comigo "eu acho"

Marcos- Eu queria te pedir uma coisa... - Ele se senta em sua cama

Ruan- Peça

Marcos- Prometa que não irá ficar me evitando? 

Ruan- como assim não ficar te evitando?!

Marcos- Sabe... Depois do que aconteceu... 

Ruan- Sim eu prometo! 

Ouço um grito de meu pai me chamando

Ruan- Tenho que ir

Marcos - tchau priminho-ele me dá um abraço quente, é percebivel que ele queria um beijo meu, mas fazer o que se eu amo outra pessoa

... 

Acabo de me despidir de minha tia e de Marcos, entro no carro e me perco em meus pensamentos, fico pensando em como seria meu reencontro com Pedro, pensei até em fugir com ele mas eu sei que ia dar merda

Fiquei curioso sobre o que minha mãe tinha pra me falar, então nada melhor que puxar um assunto 

Ruan- Mãe o que tem de tão importante para falar? 

Mãe - Ah eu já consegui um emprego! 

Ruan- Como assim?! Mas já?... - Me altero, como minha mãe já conseguio um emprego tão rapido

Mae- Em um restaurante, foi o dono do restaurante que avia me ligado por isso resolvi vir para cá-entro em um momento de dúvida, até porque como o dono desse restaurante conhecia minha mae

Ruan- Como esse tal dono te conhecia?! 

Mãe - Durante minha viagem, ou minha visita na sua tia, eu fui até esse restaurante e deixei meu número e corriculo lá, e eu também estranhei a rapidez desse homen

Ruan- Humm que bom que já conseguio serviço-Por dentro eu queria morrer

Mae-Obrigado

Coloquei minha cabeça sobre o vidro do carro e comecei a chorar silenciosamente, e sem que ninguém percebe-se lágrimas caiam sobre meu rosto

Ruan- "Então não tem geito mesmo, eu vou me mudar" - pensava comigo mesmo

Eu queria explodir por dentro, uma sensação que nunca senti antes, um vazio enorme que se encaixava perfeitamente sobre meu peito, e sobre aquela felicidade de minha mãe, lágrimas caiam sobre meu rosto, eu não queria me mudar, eu não quero ir para lá, eu não quero mais viver

É sempre assim, sempre quando as coisas ficam boas para min, minha mãe vem e estraga com essa porra de mudança, e nunca pergunta de meus sentimentos, se eu estou me sentindo bem, como estou, nada, nunca perguntou

Só esse ano já me mudei de escola umas duas vezes, e eu não aguento mais me distanciar das pessoas que eu acabo me apegando, esse vazio que não sai de min a anos, uma enorme solidão que se estende sobre meu corpo e a única coisa que penso é chorar e chorar mais e mais

Me lembro de Pedro dizendo "eu te amo", e isso acaba me ferindo mais ainda, ferindo porque vou me distanciar da pessoa que estou completamente apaixonado

Diante de todas aquelas lagrimas eu peguei no sono, com o rosto dele em minha mente, só queria poder ficar ao lado dele para sempre, um amor que quero levar para vida inteira





... 




Notas Finais


Eu odeio mudanças e já entrei em depressão seriamente por causa disso, e eu irei me mudar dnv e isso está acabando comigo...


MAS EU TENHO VCS❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...