História Eu queria ter a sua vida! - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Naruhina, Narusaku, Naruto, Romance, Sasuhina, Sasusaku
Visualizações 404
Palavras 3.168
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 22 - Encontro duplo parte 1


Fanfic / Fanfiction Eu queria ter a sua vida! - Capítulo 22 - Encontro duplo parte 1

Pv Naruto on

Finalmente estava indo a um encontro da Irmandade.

Estava ansioso, a cada passo que eu dava sentia-me um impostor. O corredor imenso da casa estilo japonês antigo parecia não acabar. Sentia vontade de sair correndo a cada guarda armado vestido de terno preto que via parado em dupla nos corredores de forma estratégica. Mas não  podia mais fugir, a ascenção de Sasuke por ter fundado a instituição para órfãos devia acontecer na cerimônia de hoje. Não que eles ligassem para caridade  muito pelo contrário Sasuke havia conseguido mais poder nas empresas Uchiha e para a Irmandade cada Vitória de um membro deve ser premiada, além disso um certo primo da Hyuuga parecia ancioso por apressar o desafio. O corpo de Sasuke estava tenso, sentia cada fibra em alerta máxima.  Tentei lembrar da conversa que tivemos mais cedo quando entrei no vestiário para trocar meu terno por um trage tradicional. O kimono preto com o símbolo Uchiha parecia pesar demais. 

Flashback on

- Não esquece Naruto.- lembrei das instruções. - apenas deve agir como eu, use  poucas palavras. 

- Traduzindo devo agir como um herdeiro  mimado.

- Tsc. E é. Meu tatará avô fundou essa organização. 

- Droga Sasuke e se eu fazer merda? E se prejudicar a você ou a Hinata? E se falar algo nada a ver?

Sasuke se colocou na minha frente sério. Meu semblante não faziam jus a intensidade do Uchiha,  apoiou as mãos nos meus ombros e apertou olhando nos meus olhos.

- Não se preocupe.- me acalmou.- Apenas lembre-se. Se fizer merda, eu te mato.- sorriu de canto.

Flashback off

Idiota. Pior que isso só me deixou mais pilhado.

- Está pronto Uchiha sama?.- uma jovem vestida com um kimono azul e vermelho bateu na porta. Ela era mais uma das empregadas da Irmandade todas se vestiam de forma igual. 

- Hum.- respondi 

- Todos os outros Daimos já estão apostos. Por favor me siga.

- Entendo.- segui ela.

Me curvei em cumprimento a estátua do avô do Sasuke e outros ancestrais que tinham foto ali. Peguei a Katana de Sasuke e sentei no lugar dele. Encarei os homens sentados ali.

 Nada era como imaginei, não parecia uma reunião arcaica. Apesar das vestes tradicionais todos estavam sentados a mesa e aguardavam em silêncio.  A mesa redonda deixava todos bem visíveis.Não foi exageiro da Hinata de política sobre a cidade, gestão de negócios e até crime organizado tudo passava por ali para aqueles homens decidirem.

Como toda organização antiga nenhuma mulher era permitida na reunião.  Era um acordo de cavaleiros aonde todos os ganhos eram divididos igualmente.  Itachi, Hiashi e Gaara eram alguns rostos que eu conhecia. Para os demais apenas era necessário acessar as memórias de Sasuke.  Hashirama senju era o mais velho e o lider da organização.  Minato Namikaze,  Orochimaru, Danzo, Sarutobi, Onoki ( um velho baixinho), Raikara kira A ( um moreno com cara de bravo), compunham o restante da mesa. Alguns membros estavam ausentes mas não pareceu anormal. Sasuke estava atrás de mim. Cada membro possuía um braço direito que ficava em pé atrás de sua cadeira, Neji Hyuuga era quem estava próximo ao pai da Hinata ele também vestia um kimono mas branco com o símbolo Hyuuga estampado. Ao todo eramos 10 pessoas sentadas a mesa. Eu torcia pra não dar bandeira de que estava nervoso me sentia um filhote em briga de cachorro grande. Todos matinham a face  séria a cada pauta aborda.Tentava seguir o roteiro do  nosso plano de ação. 

Flash back on

- É simples Naruto você vai agir como eu e ficar em silêncio enquanto eu analiso quem pode ser o autor dos crimes cometidos contra minha família. - Sasuke disse com minha voz.- Convença Itachi a manter a farça de que ainda somos inimigos.  Assim vai ser mais fácil pra descobrirmos tudo. 

- Ok Sasuke mas e se desconfiarem?

- Você é Uchiha Sasuke. Está acima de todos e faz parte da Irmandade pra obter lucros e ganhos próprios. Mantenha a seriedade e ninguém irá  notar a diferença.

Flashback off

- Agora como de costume vamos aos assuntos privados.- Hashirama disse de forma calma.  - Uchiha Sasuke subiu mais um nível em nossa sociedade mais um emblema será gravdo em sua katana isso representa honra.- ele disse.- Sasuke pegou a espada de samurai que estava repolsada a minha frente na mesa e levou até um homem que aguardava na porta da sala.- Apresente seu braço direito.- Hashirama ordenou.

- Esse é Naruto Uzumaki. Irá se juntar a nós como meu braço direito.- eu disse a frase e Sasuke no meu corpo se curvou antes de voltar a seu lugar pouco atrás de mim.

- Neji Hyuuga desafiou Uchiha Sasuke para um duelo pela mão da Senhorita Hinata. - Hashirama leu mais um assunto em pauta.-  Apesar de ainda não ter conquistado um lugar a mesa como Sasuke nosso membro mais novo, por ser parte do clã Hyuuga ele é um membro dessa organização.  A tradição diz que se dois membros se interessam pela mesma mulher devem lutar até a morte ou que um admita a derrota para ganhar o privilégio de cortejar a moça.  Claro que isso foi criado para não haver richas entre os membros e a moça em questão que deverá decidir se aceita o namoro ou não. No fim do desafio o perdedor deverá aceitar a derrota e manter distância da prometida em questão.  Ambos de acordo?

- Sim.- Neji respondeu 

- Sim.- eu disse

- Ok o desafio será em 4 dias. Mais alguma questão ?


Todos se olharam e nada foi manifestado. A reunião estava encerrada.

Senti alívio.  Eu havia sobrevivido sem fazer nada errado. 

Pv Naruto off

Pv Sasuke on

Qualquer um ali na mesa podia ser o autor. Apesar de longa não pude chegar a nenhuma conclusão ao fim da reunião.  Apenas observei uma coisa Minato Namikaze havia me encarado a reunião inteira. E o primo de Hinata parecia confiante demais para meu gosto.

Naruto me olhou como se esperasse aprovação para se retirar. Baka, eu assenti. Estavamos os dois saindo daquela sala direto para a saída.  Ao chegar ao estacionamento que mais parecia um jardim. Gaara cumprimentou Naruto. Ele havia feito um bom aliado pra mim. Aguardei no carro me ver jogando conversa fora foi interessante.  Um dos seguranças do Namikaze me abordou. Itachi e os demais membros da irmandade já haviam se retirado.

- O senhor Kamikaze pede para ter uma palavra com você. 

- Algum problema?.- Naruto perguntou com minha voz.

Eu e Naruto nos entreolhamos não havia nada a falar com aquele homem

- Senhor Uchiha o Senhor Namikaze apenas deseja comprimentar seu novo assitente.

- Não estamos com tempo talvez outra hora.- eu disse e saquei a chave do carro do meu bolso.

- Seria muita falta de educação rejeitar Senhor Uzumaki pesso que apenas me siga. - ele disse sério. 

Engoli em seco algo estava errado.

Não parecia um pedido já que 4 homens nos cercavam. Um deles pegou a chave da minha mão. 

Entramos na limosine aonde Minato estava. Sentamos de frente a ele, que nos encarava de forma mistériosa seja o que for não devia ser bom.

- Prossiga.- ele disse ao motorista que deu partida no carro. Subiu o vídro separava o motorista de nós.  Essa seria uma conversa privada.

Eu tentava lembrar de algo que eu poderia ter feito contra aquele homem mas nada me vinha a mente. Que eu saiba ele era herdeiro das indústrias Namikaze e novo embaixador do Japão.  Nada que tivesse haver comigo. Mas e com Naruto? Não impossível ele não tinha nada que o ligasse ao nerd da escola.

- Vou ser brevê Uchiha Sasuke. - ele disse olhando pro Naruto que engoliu em seco.- Como descobriu? E o que quer?

- Do que está falando?.- Naruto me olhou pedindo ajuda.

- Não gosto de joguinhos.- Minato disse sério. 

- Então temos algo em comum.- eu disse e ele me encarou.- Seja o que for diga sem rodeios para que o Senhor Uchiha possa responder. - eu disse 

- Então você não sabe?.- ele constatou encarando Naruto com mais raiva. O que eu podia ter feito?Pensa Sasuke!- Naruto.- ele me olhou.- Exijo que se afaste de Sasuke e tudo que tenha a ver com a Irmandade!.- ele me disse sério.

Sorri de canto. Quem ele pensa que é?

- Exige?.- eu disse com desdém. 

- Espera porquê o Senhor faria tal exigência?.- Naruto perguntou com minha voz. 

- Porque sou pai dele. Mas você já deve saber disso.- ele me acusou.

- P-pai?.- Naruto disse com minha voz.

- Todos os meus esforços para te manter fora desse mundo e você se associa logo ao Uchiha!.- Minato me perguntou.

- Pai?.- O baka repetiu.  Parei ele com o braço. Ele esqueceu que está com meu corpo? E mesmo que tivesse esquecido como ele pode ter esse impulso de querer abraçar esse idiota?

Um dos homens mais poderosos do país e a dona kushina teve que se matar pra criar o Naruto sozinha? Eu devia dar uma surra nesse filho da puta.

- Pare o carro!.- eu ordenei

- Essa conversa ainda não acabou.- Minato proferiu a sentença. 

Naruto olhava de mim para ele. 

- Acabou sim. Eu não  tenho pai.- eu disse encarando as orbes azuis.

- O que está fazendo?.- Naruto me perguntou. - Ele é meu ... quer dizer seu pai.- ele disse abobado.

- Não. Ele é o filho da puta que abandonou a Kushina pra me criar sozinha!.- eu disse.- e não tem o direito de me dizer o que devo ou não fazer.

- Naruto!.- Minato disse sério 

- É senhor Uzumaki pra você! Quero evitar qualquer tipo de familiaridade com pessoas como o senhor. 

- Eu tive os meus motivos. Não pode agir assim.- ele tentou me persuadir.- A Irmandade e tudo que meu nome pode trazer você deve se manter longe disso!

- Não finja se importar! Apenas  faça como fez todos esses anos e finja que eu não existo.- eu baixei o vidro e ordenei ao motorista pra parar. - Vamos!.- eu disse a Naruto que se manteve parado sem ação. 

Saimos do carro. Peguei a chave do meu que estava na mão do segurança que seguia atrás da  limusine.

Entrei esperei Naruto entrar do meu lado e diriji de volta pra casa.

- Não acha que exagerou?.- Naruto disse com minha voz. Parecia chateado.

-Claro porque eu devia abraçar ele e chorar como um idiota!.- respondi com desdém. - sai do carro. 

- Sasuke é meu pai!

- Ele abandonou vocês! 

- Ele mesmo disse ele teve seus motivos!

- Olha Naruto já pensou que perdoa as pessoas fácil de mais?

- Você já pensou que sempre guarda muito rancor?

- Ótimo filho você!.- eu disse.- Sua mãe sofreu todos esses anos pra te criar e você perdoa ele assim ?

- Não Uchiha eu não perdoei ele! Eu só queria ouvir o que ele tinha a dizer e sim abraçar meu pai pela primeira vez. Mas você estragou tudo! E eu não posso fazer nada já que to preso nesse seu corpo e nesse situação ridícula!.

- Está me culpando por essa situação? 

- Estou te culpando por ser idiota? Não apredeu nada ? Se fosse por você e esse seu rancor ainda estaria de mal do seu irmão! 

- Eu sou grato pelo que fez Naruto mas dessa vez é diferente! 

- Me diz como? 

- Ele é um cretino idiota!  

- Ele é meu pai!

- Você é muito baka mesmo!

- Quer saber Sasuke você ta é com inveja! Meus pais estão vivos. Ah e me desculpa por não querer perder tempo brigando com eles.- ele saiu sem olhar pra trás. 

Corri atrás dele e o empurrei

- Repete essa merda que você falou?.- gritei

- Você não passa de um muleque birrento que sempre Insiste em odiar todo mundo!.- ele disse e eu dei um soco nele.

- Seu idiota!.- ele  disse partindo pra cima de mim com ódio.  Recebi alguns golpes mas revidei.

Caimos na grama ainda brigando.

- O que estão fazendo?.- Itachi perguntou - Asuma me ajuda aqui!

Aproveitei a distração de Naruto pra socar o queixo dele. Fodase que era a minha cara. Eu só queria fazer esse baka engolir cada palavra.

Levei alguns socos na costela. O nerd tava com raiva. Chutei ele tirando de cima de mim ia me levantar e chutar ele mas Itachi entrou na frente.

- Chega Naruto!. Chega Sasuke.- Asuma leva o Sasuke pra dentro. Você garoto vem comigo.

Aos poucos a raiva foi passando meu lábio tava cortado, meu olho inchado  e minha costelas doiam. Itachi me levou pra cozinha e pegou gelo em uma toalha pra mim.

- O que aconteceu?  Eu viro as costas e vocês estão se matando!

- Aquele idiota ficou com raiva por eu não perdoar o pai dele.- Itachi me olhou estranhando.- quer dizer meu pai o Minato é meu pai.

- Surpreendente. Entendo Você ficar chateado. Sabe Naruto talvez seja porque Sasuke ficou órfão muito cedo ele tem a tendência em exagerar as vezes.

Droga ouvir duas vezes no dia que eu sou racoroso não vai ser legal.

- Hum.

- Sério ele é muito sentimental. Então tende a afastar as  pessoas mas não é porque ele seja ruim é porque ele simplesmente não quer sofrer e nem ver ninguém sofrendo. 

- Tsc. Eu compreendo Itachi.- qual é ouvir Naruto me encher era ruim mas ouvir meu irmão falar mal de mim na minha cara estava sendo horrível. 

- Não eu tenho que te falar. Você é o primeiro amigo do Sasuke em anos e não quero que por um mal entendido vocês deixem de se falar. Ele é antipático? é. Ele leva tudo muito a sério? leva. Mas no fundo, bem no fundo. Lá no fundo do coração dele se você cavar bem vai encontrar uma boa pessoa

- Eu entendi.- disse entre dentes.

- Eu sei você está com raiva. Mas tenta relevar cara. 

- Eu vou.

- E seja compreensivo com meu irmão, agora que ele está recuperando a memória pode ser que ele volte a ser bruto, rústico e sistemático.-Fechei o senho.- Só vou te avisar que  o Sasuke tem a tendência de ser um pouco narcisista,  cheio de manias e mandão mas é o jeito dele de proteger as pessoas. Não me olha com essa cara você conheceu ele agora pelo que sei.

- Então você também prefere a versão do Sasuke de agora?.- perguntei chataedo. Será que todo mundo me odeia? Já não basta a Sakura ter raiva de mim. Itachi também? Será que a Hinata é a única que me entende?

- Na verdade foi legal ver ele relaxado e brincalhão no começo, mas eu sempre admirei o Sasuke.  Mesmo quando ele tinha ódio mortal de mim ele se manteve forte. Sempre cuidou de quem ama e sempre se manteve firme diante de tudo. Ele cresceu bem.  É inteligente,  determinado, e cara você tá chorando?.- Ele dizia tudo olhando pra mim. Não pude conter as lágrimas. Na verdade não consegui evitar o choro.- Vem cá. - ele disse me abraçando. 

- Me- e per-doa Ita-ch-i.- eu disse entre o berreiro

- Tudo bem você só estava protengendo meu irmão. - ele respondeu, achando que eu me referia ao dia em que fui contra Naruto assinar os papéis.Eu chorei como uma criança,  por tudo que eu havia passado,  por tudo que eu me arrependia e por tudo que havia me magoado até ali.- chora irmão,  poem tudo pra fora. - Itachi me dava tapinhas nas costas. - Cara descobrir sobre seu pai mexeu com você. 

Eu tentava parar de chorar mas não conseguia. Maldito sentimentalismo do Naruto. Minha garganta doia.

Deixei o choro lavar a minha alma. Talvez o Naruto tenha razão.  Talvez viver sentindo tudo isso, toda essa mágoa, seja pior que passar por cima do meu orgulho e perdoar de uma vez.

Eu sentia um certo alívio. Parava de chorar aos poucos. 

- obrigado. - eu disse me desfazendo do abraço. 

Até quando eu estava em outro corpo ele era um bom irmão. 

- Tudo bem garoto. Se anime viu.

Ouvi um pigarro e vi meu corpo parado analisando cena deprimente. Eu devia estar horrível. 

- Vou deixar vocês conversarem.- Itachi disse saindo.-  Ve se pega leve com ele.

Pv Sasuke off 

Pv Naruto on

- Chega Sasuke.- Assuma disse bravo.- Você nunca foi de agir por impulso garoto!.- ele havia me levado pra sala.- Porquê saiu agredindo seu amigo assim?

- Eu? Ele que me bateu. E talvez eu devesse ser mais impulsivo. 

- Sasuke você não é assim. 

 - Mas devia ao invés de agir como uma múmia sem sentimentos. 

-  Eu vi você crescer garoto. Eu sei que deve ter sido difícil ficar sozinho nessa casa mas você nunca foi de descontar seus problemas nos outros.

É verdade eu fiquei alguns meses nessa casa sozinho e mal suportei.  Imagine crescer assim?. Ponderei.

- Toda essa situação é muito injusta.- eu disse com raiva.

Droga.  Eu não devia ter dito aquelas coisas pro Sasuke. Talvez do jeito dele ele só estava tentando me proteger.

- Melhor cuidar desse lábio cortado. Ou a senhorita   Hinata pode ficar preocupada. 

Ainda mais essa. Eu esqueci do encontro.

Resolvi tomar um banho pra me livrar da grama e da terra molhada.O rosto do Sasuke não estava tão destruído.  Apenas um corte no lábio inferior e um olho meio dolorido. Nem quero ver o estrago que eu mesmo fiz no meu rosto. 

- Eu quero voltar pro meu corpo.- Choraminguei.

Vesti uma bermuda preta e uma camiseta vermelha. 

Respirei fundo antes de descer as escadas. 

Encontrei Sasuke na cozinha com Itachi o amparando.  Ele tava chorando?  

Pigarreiei pra chamar atenção. 

- Vou deixar vocês conversarem. Vê se pega leve com ele.- Itachi me disse. 

- Eu ...

- Já sei. Vou usar meu banheiro. Desço em meia hora.- ele disse 

- Eu sinto muito! Não devia ter sido um babaca.- eu disse de uma vez.

- Você ta certo, a vida é sua, o pai é seu. Eu vou seguir o roteiro até  trocarmos.- Sasuke falou sem sequer me olhar.

Era oficial Eu magoei Sasuke Uchiha. 

Pv Naruto off

Pv Sasuke on

Eu sou uma vergonha. To cansado de olhar pra cara do Naruto quando me vejo no espelho. To todo machucado e ainda vou ter que aparecer na frente da Hinata como esse mané sentimental.

Vesti uma camisa social que consegui garimpar no meu guarda roupa. O que aquele nerd fez com minhas roupas?

No mínimo meus relógios estavam ali. Intactos.  Vesti uma calça jeans e peguei um relógio.  Eram meus e eu estava cansado de tudo pra manter as aparências. 

Desci as escadas. 

Hinata estava me esperando no shopping devia me apressar.

- Vou pegar outro carro.- eu disse a Naruto que aguardava na sala.

- Sasuke você ainda ta com raiva?

- Tsc. Não idiota só vamos logo com isso.

- Cara eu sinto muito. Não queria te arrebentar na porrada.

- Você se olhou no espelho?.- respondi com raiva.

- A questão não é essa!

- Chega Naruto nós erramos e ponto final. Eu vou cumprir com o nosso combinado e você faz o mesmo.

- Tá  a Sakura. Vou ajeitar as coisas como planejado.

- Ótimo e eu conquisto a Hinata pra você. 

-  Temos que parar de brigar e resolver tudo pra podermos trocar de uma vez.

- Ótimo. 

O plano era simples.  E estava na hora de acabar logo com isso.
















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...