História Eu queria ter a sua vida! - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Naruhina, Narusaku, Naruto, Romance, Sasuhina, Sasusaku
Visualizações 277
Palavras 3.048
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obrigada a todos que comentaram meu aviso. Eu vou responder todos antes de apagar. Pelo que entendi ninguém é contra um final alternativo então vamos que vamos kkk. Boa leitura.

Capítulo 34 - Confronto!


Pv Naruto  on

Droga!  

Mil vezes  droga! 

Bateu no volante com força  e depois  reclamou da dor. 

Porque era sempre assim pra ele? 

Ele nunca era a primeira  opção! 

Poderia até  deixar de ser o nerd baixa renda, mas ainda se sentia  um fracassado! 

Não  importava o quanto ele  tentasse nunca coseguia o que  queria.

Dirigiu para casa de Minato depois de perceber que ficar ali parado no carro não  adiantaria nada.

Sentia raiva de tudo e todos. Hinata  não  passava de uma egoista sempre do lado do maldito Sasuke. 

Largou o carro  na frente da casa sem se importar de estacionar. 

Passou pela sala ignorando  os pais  e Sakura ali.

- Filho vamos discutir como vai ser seu aniversário...- deixou kushina no vácuo. 

- Naruto  a sua mãe  está falando!.- Minato exigiu.

- Não  quero nada.- Ele gritou da escada estava  revoltado com a vida e ainda tinha que lembrar que fazia  aniversário no mesmo dia que Sasuke. 

Entrou no quarto batendo a porta e se jogou na cama. 

Sentia vontade de chorar.

Ouviu batidas leves na  porta mas ignorou. 

- Ta tudo bem?.- Sakura perguntou ao abrir.

Devia ter  trancado a porta.

- Não to com cabeça Sakura-chan.- achou de verdade  que ela havia entendido e ido embora quando sentia um peso na cama indicando  que ela se sentou ali

- Foi ela não foi?.- Sakura acusou.

Naruto a olhou irritado.

Já não bastava toda a merda que  estava passando Sakura ainda ficava naquele drama de  Hinata má? 

- Eu já disse  que não é nada disso..

- Naruto eu vi a Hinata...

- Chega! .- disse exasperado o que assustou a Haruno. - Eu to cansado de segredos.- ele admitiu passando as mãos nos cabelos.- Fecha a porta eu vou te contar tudo de uma vez.

________________x_________________

Quando terminou de narrar sobre a história de Hinata, Sasuke,  irmandade e a troca Sakura permaneceu calada. Seus olhos marejaram e ela respirou fundo antes de dizer.

- Eu não acredito, e todo esse tempo a Hinata sofreu tanto e eu só a tratei mal.- lamentou.- Naquele dia no café ela apenas contou tudo por cima mais sobre o namoro falso deles eu não imagnei que tinha tanta história por trás disso.-Naruto assentiu.- Agora eu entendo...

Eu só te contei isso porque não quero e não vou mais ficar entre você e Sasuke. Eu quero que ele seja feliz. - Hinata a encarou.- e se você é a felicidade dele eu te dou a minha bênção. - a Hyuuga disse. - Eu sei que parece estranho mas ....

- Eu entendo.- Sakura disse a ela.- Eu também tenho melhor amigo. - explicou e Hinata assentiu. - Mas eu ainda não acredito que Sasuke-kun usou o corpo do Naruto pra testar a minha fidelidade. - disse com raiva.

- Isso! Aqueles dois bricaram conosco e arg!.- Hinata disse torcendo um guardanapo de papel. 

Ficaram meia hora ali falando mal dos garotos e fazendo confissões confusas   sobre seus sentimentos embaralhados. 

- Até que você não é tão ruim. - Sakura disse. Hinata revirou os olhos.- Eu tenho que voltar ao trabalho. Mas ... obrigada por ter vindo aqui e você sabe me contado tudo. 

- Você merecia saber.- Hinata suspirou  antes de sair da lanchonete. 

- Entende?.- Naruto perguntou perdido.

- Que eu agi como uma boboca esse tempo todo, meu deus eu quase matei nos três naquele galpão e tudo porque vocês resolveram me excluir e manter segredo de mim!.- Sakura deu um soquinho no braço do amigo. O encarou ressentida. 

- Foi mal Sakura-chan nós bem queríamos te proteger datebayo!-Naruto apoio as costas contra a parede. Permanceram  em silêncio ali sentados na cama.- não importa mais ela terminou comigo. - ele revelou a amiga. Eu fui tão idiota por ter pedido pra ela escolher... eu meio que sabia que ela ficaria ao lado do Sasuke. - ele pensou alto.- eu sei que é só uma farça mas eu não consigo não ter ciúmes deles... mesmo que seja infundado afinal o Sasuke voltou com você eu...

- Ai meu deus Naruto!.- Sakura disse exasperada.

O loiro levou as orbes azuis que trasmitiam melancolia a ela.

- O que ?.- perguntou sem ânimo. 

- Bem...nada!.- ela negou antes de passar a mão na nuca e depois estralar os dedos como fazia quando estava nervosa.

- Sakura-chan!.- ele pediu.- não combinamos que chega de segredos? 

Sakura respirou fundo antes de confessar o que deixou Naruto mais intrigado e preocupado.

- Nós não voltamos!.- Sakura  admitiu 

- O que? Como assim? Você desfilou com Sasuke pra cima e pra baixo no colegio e ..

- Eu sei mas... nós não voltamos. Quer dizer voltamos mas Não voltamos! Entende?

- NÃO! 

- Você sabe não rolou nada além  de alguns beijos e nada de sexo.- ela deu de ombros. 

- O que? Porque? Como assim?.- ele perguntou exacerbado. 

Sasuke não estava louco pra voltar com ela?

- Eu achei que ia ficar tudo bem não queria ficar no seu caminho e pensei que Sasuke havia mudado. Sei lá ele lavou louça pra mim quando era você mas...- ela disse confusa. - mas não dava, quer dizer nos voltamos mas Não acontecia nada demais entre nós . 

- Vai me dizer que o Sasuke...

Não ele não podia ter feito tanta merda! Terminado com Hinata ao mesmo tempo que o Uchiha admitiu os sentimentos por ela?

- Ele gosta da Hinata Naruto...e eu ..eu.- ela se aproximou dele que ficou tão desacreditado que nem teve reação até que ela  lhe beijou os labios.- eu amo você. - Sakura disse com todas as letras encarando ele com as orbes verdes. 

- Não...você..

Ela o calou com um beijo. Segurou Naruto pelos ombros e se sentou no colo dele com uma perna de cada lado do seu corpo. 

Ele não sabia se beijava de volta ou se a empurrava pelos ombros. Estava meio estático e o cérebro não concluía  como reagir. Os lábios da Haruno se delinearam aos dele. Ela lhe sugou o lábio superior e lhe deu outro selinho. Se fosse um tempo atrás ele estaria na Glória mas agora ele sentia que aquilo era errado. Seus sentimentos não estavam mais com ela.

Afastou Sakura com delicadeza pelos ombros. 

- Eu não posso só tem uma garota que eu quero beijar e...

Sakura o beijou de novo.

- Eu sei. - ela disse ao se afastar.- eu não consigo nem se quer competir com ela, e nem  mudar o passado mas eu queria que soubesse que eu me apaixonei pelo meu melhor amigo.- a Haruno disse e Naruto negou 

- Não você ama o Sasuke sempre amou ele isso não pode mudar..

- O Sasuke.. o que o Sasuke fez por mim?.- ela revirou as orbes esmeraldinas antes de limpar uma lágrima. - Você sim esteve lá o tempo todo e eu sei que foi você que me disse que a gente só da valor quando perde mas .- ela limpou outra lágrima 

- Sakura-chan não não chora! 

- Eu sinto muito Naruto!  Eu te perdi e não reconheci a tempo como você era importante pra mim mas...eu to aqui agora e vou mostrar que estou do seu lado. - ele ia falar mas ela o interrompeu. - mesmo que como amiga ... a escolha é sua. - ela segurou o rosto dele com delicadeza e o beijou novamente  antes de sair.

- Droga! .- Naruto passou as mãos no rosto. Não era pra nada daquilo estar acontecendo! - Eu passei 4 anos gostando dessa garota e agora que eu to em outra ela se declara?.- ele disse desacreditado!.- Qual é Tsunade você é mesmo um anjo da guarda? porque até aqui você não me ajudou em nada!.- ele gritou raivoso para o teto! 

Mas ficou com medo quando uma luz forte surgiu e a loira apareceu em sua frente com direito a asas brancas de anjo. 

- Eu não te ajudei?.- ela perguntou incrédula!.-Eu to me matando aqui pra concertar as coisas pra você seu muleque ! E eu não te ajudei?.- ela veio pra cima dele e Naruto se encolheu de medo.

Então lembrou de tudo e tacou o foda-se.

- Me ajudando?  Aonde você tava quando a Hinata gostava de mim e eu não sabia? 

- Está me culpando garoto?.- ela disse desacreditada. - pois deixa eu esclarecer umas coisinhas com você. - ela fez sinal e um livro branco apareceu em suas mãos. 

Naruto engoliu em seco.  Ali estava a sua vida registrada. 

- Nem vou precisar ir muito longe.- ela folheou o livro. - dia 02 de Maio.  Partida de futebol. 

- Espera eu lembro desse dia eu cai antes de entrar na quadra e passei o jogo todo na infermaria descordado!

- Quem você acha que desamarrou seu cardaço?

- Foi você? 

- Isso, agora me diz Naruto quem estava na infermaria com você? 

Ele buscou na memória. 

- Hinata...

Acordou sentindo a testa doer. Se levantou lembrando do jogo.

- Uzumaki- san calma! A infermeira disse que não deve se levantar rápido. - ouviu a voz da Hyuuga e viu que ela estava na cama do lado.

Sentiu vergonha ao lembrar do que havia acontecido.  Tinha caido na frente de todos.  O que Sakura ia pensar?

- Eu paguei mico de novo!.- lamentou.

- Hey tudo bem.

- Quanto está o jogo?.- ele perguntou queria tanto ter ido bem e imprecionar Sakura.  Seu time dos reservas iam jogar contra os titulares no caso de Sasuke uchiha. Lá se foi sua chance de vencer o idiota do  Sasuke. Havia até treinado por duas semanas para aquele campeonato escolar.

- Be-m já acabou,  vocês perderam de 0 a 10.- Hinata explicou. 

- Hum.- ele disse chateado. Resolveu ficar por ali até a enfermeira. Chegar. Viu Hinata se levantar e olhar pra ele de forma discreta.- e você o que faz aqui?

- V-ertig-em me senti meio mal e pedi pra professora me liberar.- ela explicou corada. O celular dela apitou- eu já vou indo, espero  que fique bem.

- Estou  bem, só não me recuperei da vergonha. - ele disse chateado 

- Hey você caiu e agora vai se levantar.  Amanhã  ninguém vai lembrar disso.- ela tentou animar ele

Claro o baixa renda cair nem era mais novidade.

- Se fosse o Sasuke não teria caido.

- Tem sorte Naruto. Pode cair e nada vai mudar pra você se fosse o Sasuke a escola inteira se voltaria contra ele. Não é que ele não erre ele simplesmente  não pode errar. - ela disse tristemente mas na época ele não entendeu o drama.

- Deixei você sozinho com ela e você nem a enxergou! 

- Eu estava... preocupado em impressionar  a Sakura. - Naruto disse desanimado.

Tsunade folheou mais o livro.

- Na vez que você quase reprovou de Química e Hinata por indução minha teve a idéia de fazer aulas de reforço da matéria e deixar a aula paga aberta pra todos só pra te ajudar? Ou na vez que os moleques roubaram seu dinheiro de comprar um novo unirforme e no dia da inspeção jogaram água em você no banheiro? 

- Gomem eu cheguei tarde. - Hinata disse ao ver ele sair do box estavam só os dois ali ele todo ensopado.  Estava nervoso porque além de surrado e curto agora o uniforme estava molhado as pestes que faziam bullying com ele sairam rindo.

 - Estou perdido o que eu vou fazer agora?.- O sinal tocou seria o dia da inspeção aonde ele deveria estar apresentável e fazer uma prova pra manter a bolsa de estudos naquela escola. Sua mãe ia o matar se descobrisse que ele perdeu o dinheiro do uniforme novo agora ele ainda ia perder a bolsa. Estava ferrado! 

- Espere aqui!.- Hinata pediu. Voltou minutos depois com um uniforme.- Sã-o do Sa-suke ele nem usa e po-de fica-r

Ele não tinha escolha. Estranhou a etiqueta.  Hinata tirou e disse

- Ele esque-ce de tira-r a etique-ta as vezes.- ela garantiu.

- Depois eu devolvo.

- NÃO! Quer dizer Se Sasuke descobrir que você usou vai jogar fora então fica.- ela disse e ele se sentiu diminuido. Claro que o riquinho o rei do Colégio teria uniformes novos pra jogar fora. 

Começou a tirar a camisa e Hinata corou se virando de costas pra ele se trocar. Ele se perguntou porque ela não saia e o porque dela estar ali?

- Porque ta no banheiro masculino?.- ele perguntou 

- Bem esse é o feminino.- ela disse.- trocaram a placa acho que você não viu. - ela deu de ombros. 

Naruto se sentiu envergonhado.

- Pode se virar.- ele disse ao terminar de se trocar.- Obrigado. - agradeceu. 

- Não é por nada é só porque você é um bom aluno e eu vi que iam...- ela passou a mão nos cabelos nervosa.- Não conta que eu te ajudei isso seria...

- Pegaria mal pra sua reputação..- ele disse entendendo.

- Não.. é que você sabe eu tenho namorado e...

- Eu entendi princesa mesmo  assim obrigado. - ele disse e Hinata assentiu antes de vê-lo sair.

- Ela gosta de mim  a tanto tempo assim?.- Naruto se surpreendeu. 

- E sempre esteve lá por anos! E eu fiz minha parte mas você..sinceramente teria sido mais fácil cuidar de um guaxinim! 

- Eu estava tão preocupado em ganhar a Sakura que ..- nem percebi.

Agora pensando bem haviam várias lembranças  em que Hinata o auxiliava de alguma forma.

Mesmo que  ele tivesse  deixado claro que gostava de Sakura. Hinata o ajudou por várias vezes desde a 5° série quando mudou para o Colégio novo.

Se Sentou na cama. Levou as mãos ao rosto. 

Teria que  consertar as coisas.  Precisava resolver tudo de uma vez. 

Resolveu que iria ligar pra ela.

- Eu não faria isso se fosse você!.- Tsunade disse.

- Porque não?.- perguntou 

- Akai no Ito. Parabéns você mudou o seu.

- Você só pode estar brincando!- ele gritou irritado.- Isso tá errado a Hinata é minha alma gêmea e isso é o destino. Destino não se  muda!.

- Destino é o que você faz todos os dias Baka! E não fui eu quem resolveu fazer a Hinata amar o Sasuke assim eu fico com a Sakura. - ela remedou.

- Isso ta errado! Mude  de volta! .- ele exigiu

Tsunade o encarou com raiva.

- Quer saber eu desisto! Quem sabe assim eu seja rebaixada a cupido.

- Como se você fosse boa nisso!.- Naruto disse com desdém 

- Eu Não sou boa? então tudo bem, ta aqui no seu destino que você  vai levar um tiro semana  que vem. Pronto eu não vou estar lá pra te livrar!.- ela disse e Naruto a encarou com os olhos esbugalhados. 

- Você não pode fazer isso!

- A Hinata merece alguém melhor com o cerne dela.

-Cerne?.- 

- É dom. Você sabe o dela  é cuidar. Sasuke proteger.  Sakura perdoar e o seu  unir as pessoas. Por isso que ia se tornar um grande embaixador garantindo a paz entre os povos e evitando guerras! 

- Sério? Eu o ex nerd baixa renda?

- Claro. Porque não? Essa inferioridade está  só na sua cabeça. Toda a dor, tristeza e sofrimento deve ser superado. Seu dom depois de tudo  garante que você vai conseguir vencer qualquer obstáculo na vida. -Ela lhe explicou.

- Então me diz que que eu faço pra arrumar tudo de volta? 

- Isso não é  mais problema meu, você fez a merda então  resolva!- ela disse antes de desaparecer. 

Droga! Estava por sua conta novamente! 

Se permitiu deitar no chão desolado.

O celular tocou.

*Fala.- atendeu sem humor e nem ver quem era.

* Naruto o Sasuke está com você?.- Itachi perguntou 

*Não Porque?.

* Ele saiu a algum tempo transtornado e até agora não voltou. A Cunha...Hinata se trancou no quarto acho que ela descobriu sobre a mãe dela. Tenta falar com ela deve ter sido um baque forte para os dois. Eu vou procurar aquele tolo.

* Eu Não posso! Nós meio que terminamos hoje. - Naruto lamentou. Ainda mais essa! Ela tinha  que descobrir logo hoje?. Pensou no quanto  Hinata estaria decepcionada.

* Ah...desculpe eu..

* Deixa que eu procuro o Sasuke e você tenta ajudar a Hina. Minha princesa  não merece mais sofrer. 

Desligou. 

Precisava mesmo falar com Sasuke. Colocar os pingos nos iis. 

Não importava mais essa coisa de fio vermelho do amor.

 Iria lutar pelo que queria de acordo com o que sentia.

________________x__________________

Chegou até aonde treinavam e não demorou muito pra encontrar Sasuke sentado no tatame do ringue. Ele estava de costas pra si mas resmungava algo.

- Sabia que ia te achar aqui Uchiha.- Naruto entregou a caixinha de suco e se sentou ao lado dele antes de abrir o refri.

- Eu estraguei tudo.- Sasuke disse depois de um tempo. - Eu ferrei as coisas e estraguei tudo. Ela nunca mais vai olhar na minha cara. - ele levou as mãos ao rosto.

- Calma Sasuke. A Hinata é generosa ela deve estar chateada agora mas ela te venera.

- Não eu fiz ela chorar, menti sobre a mãe dela, perdi sua confiança e droga!.- Sasuke lamentou.

- Você magoou a Hinata, qual é mesmo o procedimento  com quem faz isso ?.- Tentou quebrar a tensão. Mas Sasuke se levantou e assentiu pra ele.

- É sério me da um soco eu não vou reagir.- Sasuke disse a ele

- Cala boca Sasuke eu não vou te bater.- Naruto se levantou ficando de frente dele.

Sasuke fez uma pausa como se pensasse.

- Eu  eu  me confessei.- Sasuke disse incomodado. Esperava um reação negativa de Naruto mas o loiro apenas passou a mão nos cabelos.- Eu ferrei as coisas e estraguei tudo!

- Me diz logo o que a Hinata te respondeu?.- Naruto exigiu.

Uchiha Sasuke admitindo os sentimentos era outro  nível

- Nada. Eu não perguntei eu só me confessei e sai de lá como um idiota depois de pedir pra ela esquecer.

- Você tem razão Sasuke, eu quero te socar!

- Você é o mais próximo que eu já tive  de um amigo Naruto.  E é por isso que eu vou ser sincero com você.- Sasuke o encarou com as orbex ônix.- Eu disse a Neji Hyuuga que nem em mil anos  abriria mão da Hinata pra quem não a merecesse, mas a verdade é que eu não sei se quero abrir mão dela.

Naruto fechou os olhos como se tentasse se controlar. Coçou a nuca antes de  fechar a mão em punho e o  socar.

Sasuke sorriu de canto depois do golpe, mesmo com o canto dos lábios machucado.

- A escolha não é sua Uchiha.- ele disse sério. Não iria hesitar. 

- Que vença o melhor.- Sasuke estendeu a mão  mas ele não pegou.

Naruto revirou os olhos antes de sair sem olhar pra trás.







Notas Finais


Posto o próximo em 15 dias


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...