1. Spirit Fanfics >
  2. Eu Sabia Que Te Amava, Mas Você Nunca Saberia - Draco Malfoy >
  3. Sentimentos

História Eu Sabia Que Te Amava, Mas Você Nunca Saberia - Draco Malfoy - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura babys❤️
Leiam as notas finais por favor ❤️

Capítulo 8 - Sentimentos


Fanfic / Fanfiction Eu Sabia Que Te Amava, Mas Você Nunca Saberia - Draco Malfoy - Capítulo 8 - Sentimentos

Eu não me lembro se já havia lido ou ouvido falar sobre essa sala, mas já a conhecia, porém nunca estive lá. Draco entrou e eu fui logo atrás dele. 
- Por que me trouxe aqui? - perguntei. 
- Descobri esse lugar há uma semana - Draco contou - achei que seria interessante conversámos aqui. 
Engoli em seco antes de perguntar:
- O que você quer falar? 
- O time teria ganhado se eu tivesse pego o pomo de ouro. Vocês estavam ganhando. - Draco parou na minha frente, bem próximo de mim e olhou nos meus olhos - Você estava ganhando. 
- Vai ficar se lamentando, Draco? - perguntei.
Malfoy suspirou, cabisbaixo. Peguei em seu queixo e o fiz olhar pra mim. Naquele momento senti muita, muita vontade de beija-lo. 
- Está tudo bem - falei para confortar ele. 
Eu o olhava. Gostava do que via. Gostava de ver Draco.
Sem pensar, o puxei para um abraço. O abracei com força, como se eu precisasse disso. Ele retribuiu o abraço na mesma intensidade. Nas pontas dos pés, consegui sentir o cheiro do pescoço de Draco. Ele era muito cheiroso. 
Afastei meu rosto e o olhei, logo depois ele me entrelaçou em seus braços, fazendo minha cabeça descansar em seu peito. Eu ouvia a batida do seu coração, e senti que era ali que eu deveria estar. Fechei os olhos, eu nunca me senti tão segura, tão confortável, tão em casa. 

P.O.V Draco Malfoy

Eu estava com Malia entre os braços, e a sensação não podia ser melhor. Com ela ali, me sentia corajoso, como se eu pudesse fazer qualquer coisa. Aquela menina me dava forças, fazia eu me sentir vivo. Fragilidade era a última coisa que a definia, mas ela parecia tão frágil com a cabeça em meu peito. Eu podia ficar com ela ali por horas e horas. Podia passar um dia inteiro com ela naquela sala, não importa o lugar, só queria estar com Malia. E ela ali, enrolada nos meus braços, sentia que ela fosse minha. Minha garota. Apenas minha. 
E eu queria que fosse. 
Hale se afastou e me olhou com um sorriso fraco. Ela estava tão bonita. Ela é muito bonita. 
- Acho que precisamos ir - ela disse. 
"Não precisamos não" pensei. 
- Certo - falei e retribui o sorriso fraco.
Acompanhei Malia até a porta de seu quarto silenciosamente. Chegando lá, ela se virou para mim. 
- Obrigada - ela disse sorrindo gentilmente. 
- Tchau, Hale - me aproximei e beijei o sua cabeça com muito carinho. 
Ela me olhou sorrindo, e disse:
- Tchau, Malfoy. 
Eu fui embora, mas queria ficar. Eu tinha muitos motivos para ficar com raiva, mas estava sorrindo. 
O que você está fazendo comigo, Malia Hale?

P.O.V Malia Hale

Toda a autoconfiança que eu trabalhei para ter pela manhã tinha desaparecido. Lá estava eu, debaixo do chuveiro, deixando a água quente percorrer meu corpo. Odiava ficar confusa, principalmente em relação aos meus sentimentos. Eu mal sabia o que estava se passando pela minha cabeça, muito menos no meu coração. 
 Eu não queria gostar de Malfoy, mas naquele momento da Sala Precisa, estar com ele parecia tão certo. Será que ele sentia algo parecido? 
Saí do banho e vesti uma calça legging preta e um moletom roxo escuro. O tempo lá fora começara a esfriar, o inverno estava se aproximando. Escovei meu cabelo e sentei na minha cama encostada na cabeceira, apertando minhas coxas contra meu peito. Samantha apareceu no quarto. 
- Oi Malia, tá tudo bem? - ela disse apreensiva.
Provavelmente ela estava pensando que eu estava brava por causa do jogo.
- Sim - respondi calmamente.
- Preciso te contar uma coisa - ela disse mordendo o lábio. 
- Conta - falei, dando espaço pra ela sentar na minha cama, e ela o fez. 
- Não conta pra ninguém, okay? - Samantha disse apreensiva.
- Tá, conta logo! - falei impaciente. 
- Blásio me chamou para o baile - ela disse parecendo preocupada.
Fiquei surpresa, mas com certeza Samantha era o tipo de garota que Blásio iria ao baile, não sei como não pensei nisso antes.
- Sério? E você aceitou? - perguntei erguendo as sobrancelhas.
- Disse que daria a resposta amanhã.. ir com o Blásio seria bom, mas não é com ele que eu realmente queria ir.. 
- Você queria ir com o Malfoy? - perguntei. 
- Sim, mas ele não me convidou, e eu não posso esperar para sempre! O baile já está se aproximando.
Isso era verdade, o baile era final de semana que vem.
- Você sabe se ele convidou alguém? - Samantha me perguntou.
Neguei com a cabeça, mentindo. Fiquei muito mal por mentir pra Samantha, mas não sabia se podia contar que ele havia convidado Pansy Parkinson.
 
-----

O fim de semana passara tranquilo. Draco foi visitar os pais dele, então ficou fora de Hogwarts. Quase não vi Crabbe e Goyle. Terminei o livro que estava lendo e o devolvi para a biblioteca. Passei o maior tempo na sala comunal, jogando xadrez bruxo. As meninas não paravam de falar sobre o baile! As vezes eu mordia o lábio apreensiva, não sabia o que esperar desse evento. Não falei com Cedrico desde então, trocavamos olhares discretos e pequenos sorrisos durante as refeições, dava pra ver claramente que ir ao baile comigo era um segredo, e eu também achava melhor assim. Eu havia falado para Samantha sobre meu par para o baile, ela havia ficado surpresa mas depois aceitou de boas. Por fim, o final de semana passou, e estávamos na semana do baile de inverno.


Notas Finais


Estão shippando Dralia??
Música do momento da Sala Precisa: https://youtu.be/0HIccyp1AJI
Favoritem, pfvv ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...