História Eu Sempre te Encontrarei - KonoHana - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Hanabi, Hyuugas, Konohamaru, Konohana, Naruhina, Naruto, Saiino, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 132
Palavras 1.786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Luta, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente! Eu tô até com medo de chegar muito animada... hehehe
Eu sei, eu sei... Quase 2 MESES sem postar nada, eu sei...
Gomèn ne!
Eu estava com um bloqueio criativo enooooooorme pra esse cap. Sério. Já no título do cap dá pra ver que eu não tô mentindo.
No entanto, quero que saibam que eu não planejo abandonar essa fic, viu??
Então não importa o quanto eu vier a demorar, eu vou sempre voltar minna!! :3
Vejo vcs nas notas finais^^

Capítulo 8 - Ciúmes


   - Hanabi, você está bem? - perguntou Ayato preocupado, se prontificando para amparar a mais nova que se desequilibrou.

- Estou bem, apenas me distraí um pouco... - respondeu sendo levantada do chão pelo Sakamoto.

- Está assim desde que deixamos a Vila da Areia, está bem mesmo, Hanabi? - Ayato a conhecia bem, por cinco anos tudo que fez foi observar seus passos e guardar sua vida, sabia que algo a afligia. Hanabi apenas sorriu em resposta e voltou a correr para alcançar os outros.

A Hyuuga não conseguia parar de pensar em tudo que poderia ter mudado em Konoha. Cinco anos não eram pouca coisa. Como estariam seus amigos? Kiba ainda seria o mesmo de sempre? Shino ainda guardaria um sorriso, por menor que fosse, para ela? Ainda teria seus treinos com Tenten? Nada daquilo era garantido. E ainda tinha o Sarutobi...

Como Konohamaru estaria?

•••

Konohamaru não queria estar lá quando Hanabi chegasse. Não mesmo. Mas Hinata convidara Naruto que, é claro, o forçou a ir. Tentou levar Moegi mas ela tinha um trabalho para fazer na academia e nem sabia se chegaria a tempo, o que o deixou desamparado, apenas com seu "irmão" para protegê-lo do olhar fuzilante de Hiashi que de vez em quando fitava, mas o Uzumaki não se abalava. Ainda torcia por ele e Hanabi, sutilmente, mesmo sabendo que ele "estava" com Moegi. Do mesmo jeito, o loiro nunca perdia a esperança, e quando o Sarutobi perguntava o motivo ele sempre dizia:

"Eu vi o jeito que você olha pra ela. É o mesmo jeito que Hinata olhava para mim, e talvez se eu tivesse percebido isso antes... Bem... Talvez eu não teria de ter ido até a Lua para saber que estava apaixonado por ela!" E gargalhava. Isso sempre remetia o moreno a pensar na noite que encontrou Hanabi na neve. A noite em que começou a vê-la com outros olhos, quando as intenções inocentes de crianças se tornaram algo mais. Não poderia esquecer, e o pior, não queria esquecer...

- Hiashi-sama, eles chegaram.

O simples aviso levou todo o corpo do moreno a esquentar.

Seu próprio coração o traíra.

O moreno teve certeza de que no momento em que avistou Hanabi pela primeira vez em cinco anos, seu coração parou de bater de bater por um segundo.

Tirando os olhos e expressão desafiadora de sempre, ela estava completamente diferente.

Não havia crescido muito, mal passara do queixo de Konohamaru, mas estava mais forte do que antes. Seu porte atlético, além da pele bronzeada, a deixou ainda mais bonita aos olhos do Sarutobi, os cabelos tão grandes quanto se lembrava, agora soltos, quase passavam da linha cóccix. Notou tudo isso em milésimos de segundos pois assim que Hanabi pousou os olhos em Hinata as duas correram para um abraço necessitado.

Um garoto alto e moreno a seguia, sempre a um palmo de distância.

...

Hanabi continuva abraçada a Hinata que chorava em seu ombro de saudades quando levantou os olhos e finalmente pôde vê-lo.

Estava mais alto do que se lembrava, e mais forte também. Hinata lhe deixara à parte do desenvolvimento de Konohamaru com shinobi (mesmo depois da morena insistir que preferia não saber). Ele era uma das maiores apostas para Konoha como sensei e (Hinata não teve de lhe dizer pois já era óbvio) para as mulheres como companheiro.

Pensou que depois de cinco anos ele perderia o ar abobalhado que conquistara a Hyuuga, mas quando o viu desviar o olhar envergonhado e corar, sentiu com se tivesse quinze anos de novo, como se nada tivesse mudado.

Foi tirada de seus devaneios quando uma ruiva familiar apareceu no meio dos dois.

E foi a vez de Hanabi desviar o olhar.

Hinata fez questão de descrever nos mínimos detalhes a vida que o Sarutobi levava na vila. Seus feitos no trabalho que escolhera e fora dele, mas nunca falou que ele estava vendo alguém, nem sequer mencionou a ruiva em suas cartas. Mesmo assim lá ela estava.

Hanabi sentiu algo horrível subindo pêlo estômago e apertando seu peito, algo que nunca havia sentido. Enquanto cumprimentava o pai estranhame que respondeu do mesmo jeito

Num ímpeto, Hanabi se aproximou de Ayato, que não estava muito longe, e o beijou com afinco. Mesmo confuso Ayato correspondeu.

A Hyuuga não sabia o porque mas queria muito queria muito que o Sarutobi visse aquilo.

...

Konohamaru com certeza viu aquilo.

Viu, e como num passe de mágica, começou a se sentir muito mal. Sentia uma dor percorrendo seu estômago e esmurrando seu peito, a garganta quente, assim como as prelhas e um aperto atrás dos olhos. Naruto pareceu perceber pois o puxou para o canto sem que os outros notassem.

- Konohamaru, você está bem? Seu pescoço parece um pimentão, datebayo! - ele perguntou com as mãos no ombros do amigo levemente mais baixo.

- Está?! Ah, eu não sei nii-san! Eu só estou sentindo um aperto na barriga e... uma dor dor aqui. - disse apontando para o próprio peito - E estou com muita vontade de quebrar alguma coisa. - completou ficando ainda mais vermelho, lutando contra a vontade - desconhecida - de ver se Hanabi e o estranho ainda estavam se engulindo.

Naruto nem tentou esconder o riso.

- Você tá com ciúmes!

- Claro que não! Porque eu estaria c...?! - não terminou de perguntar pois já sabia a resposta. Estava indubitavelmente com ciúmes de Hanabi.

- Tem razão. Você não deve estar com ciúmes, afinal você a esqueceu, certo? Está com Moegi porque realmente gosta dela e não porque não consegue esquecer da Hanabi. Certo, Konohamaru? - disse Naruto voltando ao seu lugar ao lado de Hinata conseguindo o que queria.

Fez, pela primeira vez em cinco anos o Sarutobi parar de negar seus sentimentos por Hanabi.

...

Após se separar de Ayato e de ignorar o olhar raiovoso e cheio desaprovação do pai, Hanabi olhou em volta procurando por um moreno de cabelo espetado que logo viu voltando da sombra de uma árvore seguindo atrás de Naruto. Ele estava levemente vermelho, e isso o deixava ainda mais bonito aos olhos de Hanabi, que xingou baixinho por tal pensamento. Hinata pareceu perceber, pois a puxou para um abraço e sussurrou ao seu ouvido.

- Parece que nem você nem Konohamaru-kun conseguem disfarçar o ciúme que sentem um pelo outro. - soltou uma risadinha doce ao mesmo tempo que Hanabi lançava uma expressão descrente para a irmã.

Mas é claro que não sentia ciúmes do Sarutobi...

•••

Todos os Hyuuga e sua comitiva se encontravam no salão de festas do clã, onde acontecia a enorme festa de boas vindas para Hanabi.

Ayato não saía do encalço da kunoichi para nada. Hanabi entendia, ele estava em um lugar estranho, cercado de pessoas estranhas, do mesmo jeito que ela se encontrava anos atrás em Suna. Lembrava-se bem que a única coisa que a fazia se sentir menos intimidada com a enormidade da situação era sentir o calor de Ayato sobre o seu. Em uma tentativa de acalmar o rapaz, Hanabi segurou a mão dele e com a outra segurou o seu rosto e beijou sua bochecha suavemente, sentindo de imediato a tensão deixar o semblante do companheiro.

...

Konohamaru estava cada vez mais desconfortável com a situação em que se encontrava: Hanabi aos carinhos com o rapaz até o momento desconhecido, Hiashi os olhando fuzilantes do outro lado do salão, Naruto e Hinata haviam fugido para algum lugar e Moegi teve de voltar urgentemente para a Academia. Não via um jeito de ficar mais desconfortante.

Até ouvir um grito histérico.

Olhou para onde o grito havia vindo a tempo de ver Tenten correndo até Hanabi que gritou ainda mais alto (se é que era possível) e se por a correr também.

As duas se encontraram e Konohamaru fechou até os olhos com medo do estrago da pancada, mas quando voltou a abri-los encontrou as duas morenas em um abraço forte e necessitado.

Se separam e no mesmo momento Hanabi foi suspendida no ar por Inuzuka Kiba, que girava pelo salão agora com ela nos braços espantando os convidados, o Sarutobi só pode rir.

Ao voltar pro chão Hanabi recebeu um abraço de Aburame Shino e Konohamaru precisava admitir que nunca esperava tal ato de carinho vindo do Aburame, parece que o julgara um tanto mal.

Quando se deu conta, o shinobi já estava no meio do reencontro com todos os olhos sobre ele. Mas apenas os olhos dela existiam naquele momento...

- Sarutobi. - Konohamaru ouviu os doces lábios de Hanabi pronunciarem seu nome. Estremeceu ao pensar no quão doces os lábios dela realmente eram.

- Hyuuga. - respondeu no mesmo tom e viu ela abrir um sortiso divertido. Mas não podia falhar agora. - Fico feliz em ver que está bem. Acredito que terminou seu treinamento com êxito.

Aquela foi a deixa de Tenten e os outros que se retiraram discretamente indo para a mesa de doces.

Ele fora tão formal... Tirando a parte em a chamou pelo velho apelido provocativo dos dois. Hanabi ficava cada vez mais entretida com a situação.

- Fico feliz em vê-lo também, Konohamaru. E sim, mas não posso tomar todo o crédito, tive um excelente professor. E Suna me recebeu tão bem... Falando nisso, este é Sakamoto Ayato, - disse ela puxando o mais alto pela mão - um guarda-costas que o próprio Kazekage cedeu para a minha proteção na Vila da Areia. - Ayato se aproximou de Konohamaru com um semblante cauteloso e mesmo sendo da mesma altura do Sarutobi, ele se sentiu menor em sua presença.

- Sarutobi Konohamaru. - se apresentou o moreno estendendo a mão de um jeito sério, se controlando para não torcer a mão do Sakamoto, que estava perto demais de Hanabi, quando ele correspondeu ao aperto de mão com a mesma seriedade.

- Sakamoto Ayato.

- Oe! Konohamaru! Hanabi-chan! - todos os três se viraram na direção da voz encontrando Naruto e Hinata os chamando a poucos metros dos mais jovens. Hanabi encarou o Sarutobi e depois o Sakamoto que assentiu positivamente para mostrar que ficaria bem sozinho, antes de seguir com Konohamaru até os outros dois.

Eles sorriam como se guardassem um segredo.

- Nós estávamos com problemas em arranjar vocês na cerimônia e na festa do casamento, mas tivemos uma ideia que acho que vai dar certo. - começou Naruto sem dispersar o sorriso.

- Decidimos que vocês vão acompanhar um ao outro. - os mais jovens a olhavam confusos sem entender - Vocês vão entrar juntos, como um par. - completou Hinata e os mais novos pareceram finalmente compreender, pois logo depois perguntaram em uníssono, juntos como um par:

   - O quê?!


Notas Finais


Eu espero que tenham gostado do cap, de verdade já que eu demorei tanto pra escrever hihihi...
Vou tentar escrever mais rápido da próxima vez!
Baii


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...