História Eu Sinto Sua Falta - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens JB, Jinyoung
Tags Bnior, Boys Love, Gay, Got7, Homens Se Pegando, Inverno, Jaebum, Jinyoung, Oneshot, Primavera, Spring Day, Tema 2, Winter Challenge, Yaoi
Visualizações 31
Palavras 545
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooooi! Essa está bem mais curta que a anterior:3 Esse é o segundo tema do projeto Winter Challenge, que é fazer uma fic inspirada em uma música que te faça lembrar uma estação de sua preferência.
A música é: Spring Day — BTS.
Espero que gostem:3

Capítulo 1 - Capítulo Único


 Duas semanas. Apenas isso e eu já me sentia completamente acabado, como se algo em minha vida estivesse faltando. As flores pareciam sem vida, o ar quente cada vez mais frio, e o tempo tão parado quanto o relacionamento que tivera. O vento gélido batia em meu rosto, fazendo com que minhas memórias se tornassem mais fortes. Jaebum fora embora, e só retornaria anos depois. Era tempo demais. E só sete dias se passaram.

Eu estava enlouquecendo.

Os rostos na rua lembravam-me do quanto ele gostava de observar tudo ao seu redor, assim como quando tentava adivinhar a vida de outras pessoas. Seu sorriso bobo ao dizer "aposto que ele é mais rico que eu e você juntos", seu beiço fraco nos momentos em que era contrariado. Seu cheiro forte que me deixava louco. Tudo em si era anestesiante, era intenso o suficiente para me causar abstinência. E eu o odiava por isso. Eu precisava me esquecer dele, antes que minha sanidade se esvaísse por completo. Tudo, absolutamente tudo ao meu redor, trazia à tona os olhos dóceis sobre mim; aqueles malditos olhos. Aquele maldito corpo. Aquele maldito homem. Eu não aguentava mais. Meu peito ardia com força, assim como minha respiração que teimava em se desregular. Eu o queria de volta, porém sabia que era inútil sofrer diariamente por tal motivo. E era exatamente isso que me obrigava a tentar esquecê-lo. Portanto joguei suas roupas, pelo menos as poucas que ele esquecera, fora. Enterrei o anel de namoro no jardim, e tive que me segurar muito para não desenterrá-lo com as mãos nuas. Queimei todas as nossas fotos, e apaguei as que havia no celular e computador. Excluí todas as minhas redes sociais, rasguei todos os livros que ele me recomendara. Resumindo, eu precisava tirar o mal pela raiz. Nenhum detalhe poderia sobrar. Nenhum.

A ideia psicótica ainda passava pela minha cabeça em flashes. Não, o que eu estava cogitando nunca seria uma resposta. Nunca era e nunca será. Acabar comigo mesmo só seria uma fuga, e eu precisava encarar aquilo. Superar. Porém como superar algo que acabava com você só quando pensava-se naquilo? Ele foi o primeiro homem que amei e, definitivamente, o último. Se não fosse ele, não seria mais ninguém.

Lembro-me perfeitamente do dia em que se aproximou de mim, relativamente feliz. O papel que segurava em suas mãos, definindo seu destino. A notícia fora um choque. Ele iria se mudar para a Inglaterra, onde faria faculdade. E eu não podia ir junto, afinal, não possuía dinheiro para tal. Meus olhos arderam quando a antiga cena se passou pelos meus olhos.

"Eu voltarei, Jinyoung." A voz ainda ecoava em minha cabeça. "Quatro anos é muita coisa, mas eu voltarei."

E eu não aguentaria esperar tanto assim. Não porque não o amava o bastante, mas sim porque o amava demais. Um dia sem estar ao seu lado era frustrante. Passar quatro anos sem ele estava fora de cogitação.

E, em meio ao caos que minha mente estava, em meio à todas as minhas dúvidas, um sentimento de clareza percorreu por todo o meu ser. Ele estava lá do outro lado, me esperando. Eu o amava, e odiava isso. Mas nada disso importava. Porque ele estava lá do outro lado.

  Ele iria voltar.


Notas Finais


Ksksksksk sei nem o q dizer. Se quiserem link do projeto podem ir lá no meu primeiro tema:3 (Eu Odeio O Verão).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...