História Eu só faço merda, mano - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jimin, Jin, Jungkook, Min Yoongi, Namjoon, Romance, Suga, Taehyung, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 603
Palavras 1.216
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei !
Me desculpem pelo capítulo pequeno, mas, sabem, no próximo tem uma surpresinha pra vocês.
Ah ! Vou tentar postar amanhã o capítulo cinco de JT, então fiquem atentos !
Deixarei o link da fanfic nas notas finais.

Boa leitura.

Capítulo 28 - Maçã


-Ele não é meu namorado. - Falei indiferente.

-Sério ?! - Perguntou incrédulo. - Desse roxão horrível na minha cara, você ligou só pra essa parte ?!

-Bom, ficar calado sobre isso eu não ia. - Dei de ombros.

-Mas é claro que vocês são nam... - Ele parou de falar quando percebeu meu semblante ainda de entediado, se dando conta do que falávamos. - Que se dane ! - Ditou, irritado. - Eu não o vi hoje no colégio, por acaso ele faltou ?

-Eu não sei, Jackson, já falei que ele não é meu namorado. Por que eu saberia ? - Confesso que tô me sentindo levemente irritado por ele insistir nisso.

-Vocês vivem grudados ! - Bufou, batendo os braços nas laterais das coxas, mostrando estar impaciente. - O foco é: ele pode ter faltado hoje pra se livrar da surra de hoje, mas ele não pode faltar o ano inteiro.

Pra falar a verdade, provavelmente ele tenha faltado hoje por causa das dores no corpo, e não por medo de você, idiota.

Querem saber de uma coisa ? Meu mau humor está grande o suficiente pra fazer eu simplesmente jogar o lindo foda-se pra isso, não é problema meu. O Yoongi quem quis dar uma de herói obsessivo ciumento pra cima dele, por quê diabos isso seria problema meu ? Certo que ele causou tudo isso por uma coisa que eu não queria, mas, tipo, ele não precisava ter feito algo, ou pelo menos necessariamente ter brigado com o Jackson. Foi meio que burrice da parte dele, entendem ? Quem diabos em plena consciência lutaria com alguém que faz caratê e outras coisas relacionadas à luta que eu não dou a mínima ?

Exatamente, Min Yoongi.

-Tá, tá. - Revirei os olhos, impaciente. - Terminou ? - O loiro assentiu, assim o vi pôr uma das mãos sobre um dos lados dos braços. Continuei parado à sua frente com o semblante irritado, quando ele me olhou. - Dá pra me devolver minha maçã ?! - Bufei. - Estou com fome, sabe.

-Perdeu. - Ele disse após dar uma mordida na linda maçã avermelhada feito meus cabelos, assim me sorrir travesso.

-Eu juro que se você fizer isso comigo algum outro dia, a última coisa que você vai ver é a cor vermelha. - Quando ele ouviu minha frase, levantou uma das sobrancelhas, sugestivo. - E não vai ser o vermelho da maçã ou do meu cabelo, e sim do teu sangue, seu idiota. - Falei irritado, apontando o dedo em sua cara, enquanto mantinha as narinas infladas, respirando firme e procurando não meter minha mão na cara dele.

Tô começando a me sentir burro, pra ser mais preciso, um Yoongi. Sinto que a qualquer momento eu vou brigar com esse cara.

-Uou, calma princesa. - Ele disse divertido, levantando as mãos em rendição. - Pega, não quero mais. - Deu de ombros.

-Eu não quero pegar herpes, obrigado. - Fiz careta ao fitar a maçã em sua mão, assim ouvi uma gargalhada sair da boca do mais alto, me fazendo olhá-lo sarcasticamente.

-Tudo bem, não sabe o que está perdendo. - Voltou a morder a maçã.

-Há, sei sim. - Soltei uma risada sem humor enquanto cruzava meus braços. - Uma grande escapatória de pegar alguma doença grave de você. - Falei e saí de perto dele antes que o tal retrucasse de forma irritante e eu devolver, nos fazendo ficar em um loop eterno.

Me direcionei à cantina e procurei com os olhos cerrados a mesa dos meninos, que dessa vez não estava ocupada por eles, e sim por alguns nerd's esquisitões do terceiro ano. Franzi minha testa e andei à mesa onde, até me conheço por gente, era essa na qual sentávamos.

-Vocês viram os meninos ? - Perguntei, assim os tais me olharam confusos. - Jeon Jungkook, Kim Taehyung... - Falei alguns nomes pra ver se eles reconheciam, porém manteram-se em silêncio. - Um bando de idiotas do qual alguns têm cabelos coloridos como os meus. - Revirei meus olhos quando eles finalmente demonstraram alguma reação ao meu comentário.

-Elex não extavam aqui hoxe. - Um garoto gordinho cheio de sardas e com um aparelho enorme na boca falou, dando de ombros.

-Como assim não estavam aqui hoje ? - Perguntei confuso.

Será que eles morreram em algum acidente ? Se sim, FINALMENTE ESTOU LIVRE.

-Não xei, chegamox aqui e não tinha ninguém.

-Tá. - Devirei os olhos, dando as costas. Imediatamente meus olhos se arregalaram ao ver que os idiotas estavam bem na mesa às minhas costas, rindo silenciosamente de mim. Quando Hoseok e Jin soltaram suas risadas horrivelmente altas, explodindo em gargalhadas todos da mesa, me fazendo bufar. - Eu realmente não sei porquê diabos eu ando com vocês.

Namjoon até a abriu a boca pra falar algo, mas não aconteceu quando o sinal da escola soou para voltarmos para as salas para assistir o segundo tempo. Sem nem mesmo esperar por eles, dei minhas costas novamente, voltando pra minha bendita sala, morgar o dia inteiro dentro dela enquanto não entendia absolutamente nada do que o professor dizia.

 

-E por que você não pegou a maçã dele, Jimin ?! - O tom do idiota à minha frente saiu irritantemente alta, fazendo minha cabeça latejar.

-Credo, Yoongi, claro que eu não iria fazer isso. - Sentei-me em seu sofá de couro, tirando um pedaço da maçã que eu tanto almejada desde cedo comer.

-Por que não ? Você praticamente deu o gostinho dele ter algo seu ! - Cruzou os braços em minha frente, me impedindo de assistir televisão. Bufei e joguei meu tronco sobre o sofá, cansado.

-As vezes você é absolutamente mais insuportável que o Jungkook. - Ele franziu a testa e me olhou incrédulo. - E olha que ele é insuportável pra caralho.

-Caralho, vai se foder, sério. - Ditou, inacreditado e saindo da minha frente, voltando pro próprio quarto.

-O quê ? - Perguntei. - Vai ficar com raiva agora ? - Sentei-me sobre o sofá e ouvindo o silêncio como resposta. -Aish. - Levantei-me do imóvel e andei até o quarto, que agora tinha a porta fechada, da qual fora quase despedaçada quando o Yoongi bateu ela com toda raiva do mundo. - Yoongi, para de cu doce vai. - Revirei meus olhos, mantendo minha testa colada à porta. Instantes calado, silêncio. - Ah, qual é, você deveria estar feliz por eu ter recusado. - Nada. - Yoongi. - Bati fracamente na porta pra logo depois ouvir um estrondo enorme do outro lado, como se ele tivesse jogado algo. Franzi minha testa irritado ainda fitando a porta, incrédulo. - Quer saber ?! - Gritei. - Você é um ciumento orgulhoso do caralho ! Vai à merda ! - Lhe gritei, pegando minha maçã do sofá, assim andando até a porta.

Dei outra mordida na fruta, saboreando o gosto adocicado na boca e botando a outra mão livre na maçaneta. Quando de repente em questão de segundos, sinto o calor em minhas costas e meu corpo ser fortemente imprensado contra a porta. Derrubei minha maçã como reação, assim tentei fitá-lo de soslaio.

-O que voc...

-Sim, eu sou ciumento. - Sua voz rouca ecoou perto de minha orelha esquerda, arrupiando-me. - Você é meu.


Notas Finais


Desculpa, mas eu precisava parar aqui.
beijo beijo beijo beijo NÃO beijo ME beijo MATEM beijo

Fanfic JT: https://www.spiritfanfiction.com/historia/jogo-traicoeiro-13225603


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...