1. Spirit Fanfics >
  2. Eu só sei que te amo (wico - solangelo) >
  3. Lazy Day

História Eu só sei que te amo (wico - solangelo) - Capítulo 43


Escrita por: Quarentenada

Capítulo 43 - Lazy Day


Fanfic / Fanfiction Eu só sei que te amo (wico - solangelo) - Capítulo 43 - Lazy Day

Will 

— Pai? — uma vozinha suave me despertou — Pai, acorda. 

Abri os olhos com dificuldade por conta da claridade, mas assim que me acostumei, conseguir ver Noah parado ao pé do sofá. Ele estava de pijamas e segurava um boneco em suas mãos. Seu pequeno pé batia sem parar no chão e ele tinha um bico nos lábios. 

— Hey, carinha. Bom dia. — sorri para ele, mas seu bico só aumentou. 

— O que você ainda ta fazendo aqui? E por que você o papai estão dormindo juntos? 

— Bem, eu e o papai estávamos conversando e acabamos dormindo. Não é um problema, certo? 

— É sim. Eu não gosto de você. 

Ele não precisava me dizer. Era meio que óbvio.  

— Bem, eu acho que podemos dar um jeito nisso. O que acha da gente fazer um lanche bem legal e assistir desenhos, uh? 

— Eu ainda não gosto de você, mas estou com fome. — ele bufou e marchou para a cozinha.  

Deuses, ele realmente era filho do Nico. 

Determinado a conquistar o pestinha, fui para a cozinha determinado a fazer as melhores panquecas da vida dele. Eu ia ser tão legal, que a criança não ia ter outra opção, se não gostar de mim. 

Comecei a fuçar os armários e a geladeira de Nico em busca de tudo que precisava e felizmente encontrei tudo que queria facilmente. Noah ia ter a melhor panqueca da vida dele! Ia ser tão boa que o garoto ia me adorar.  

— Você quer me ajudar? —perguntei animado pra ele.  

— Eu tenho 4 anos. Não posso ficar perto do fogão, bobão. —ele revirou os olhos pra mim, mas em seguida os arregalou. — Desculpe. Isso não foi legal. Papai disse que é uma palavra feia e que eu não devo chamar as pessoas assim. Você não é bobão.  

— Tudo bem, pirralho. — ri de sua fofura. 

— Eu não sou um pirralho! —ele falou extremamente ofendido. 

— É claro que é. — implico com ele enquanto quebro os ovos em uma vasilha. 

— Retiro minhas desculpas. Você é um bobão.  

— Desculpe, eu não aceito ofensa de alguém do seu tamanho. 

— Eu sou grande! — ele briga e eu apenas rio. 

Comecei a mexer a massa das panquecas e pude perceber suas mãos inquietas e seus olhos vidrados no que eu fazia.  

Ora, ora. Parece que alguém mudou de ideia quanto a me ajudar. 

— Você quer mexer pra mim? 

— Não. — ele respondeu, mas era claramente apenas teimosia sua.  

— Vamos, vamos. Mexa pra mim. Tenho outras coisas pra fazer. —falei e em seguida o agarrei e o coloquei no banquinho que tinha na cozinha, de forma que ele conseguisse alcançar o balcão para mexer a mistura.  

Embora ele tivesse dito não, Noah pareceu bastante contente em ajudar a preparar a panqueca. 

Não demorou realmente para eu ter panquecas prontas e frutas cortadas para o café da manhã. Chocantemente, Nico tinha uma infinidade de frutas e outras coisas saudáveis em sua casa. Sei que muito disso deve ser por ele querer alimentar Noah de forma saudável, mas ainda é estranho ter frutas na casa do Nico. Tipo... É o Nico!  

— Vamos, pirralho. Vamos comer e assistir desenhos!  

Eu não sou um pirralho! —ele brigou enquanto me acompanhava para a sala.  

Sentamos no tapete da sala com pratos de panquecas na nossa frente e ligamos a televisão. Noah começou a procurar um canal que gostasse, enquanto eu apenas o esperava escolher algo. Ele finalmente parou em um desenho e nós começamos a comer. 

— Hey. — Nico, que ainda estava deitado no sofá, acordou — O que vocês dois estão fazendo? 

— Tomando café da manhã. — explico — E Noah está assistindo alguma coisa ai que eu nunca vi. 

— Ah, sim. Ele é apaixonado nesse desenho. Eu acho bem sem graça pra falar a verdade. 

— Não é ruim! — Noah defende seu desenho — Miracolous é muito bom! 

— Sinto muito, pirralho, não é. — provoco só porque é divertido. 

— É bom sim! 

— Ah, qual é. — rio dele — Marinette e Adrien são os personagens mais lerdos que existem! Mais de 50 episódios e eles ainda não se revelaram pro outro e acabaram com essa enrolação no romance.— rio ainda mais da sua cara de ódio. 

— Ai meus deuses! — Nico gargalha — Você assiste Miracolous! — ele aponta pra mim. 

O que?! Não assisto não!  — Minha voz saiu um pouco mais aguda do que o planejado.

— Ah, é? Então como você sabe o nome dos personagens e a trama do desenho, Will?  

Merda.  

— Okay, com o resto de dignidade que eu tenho, eu vou falar pra você não falar um “a” sobre isso. 

— Por que você quer silêncio pra assistir o seu desenho? — ele ri de mim. 

— Sim. Me respeite. — ignoro suas risadas e foco no desenho que passava na televisão, embora eu já tenha visto esse episódio.  

------------ 

— Aham, eu já vou. — Nico fala pra Noah que estava insistindo para que o pai brincasse com ele — Dá só um minutinho pro pai.  

Fiquei com dó do pirralho. Era meio óbvio que Nico estava mentindo já que o moreno se acomodou ainda mais no sofá ao invés de levantar como Noah tinha pedido. 

Nós tínhamos acabo de almoçar e Nico estava com aquela preguiça pós almoço, onde ele só queria tirar um cochilo de 5 horas no sofá. 

— Vamos, pirralho. Eu brinco com você. — falei, desistindo da minha própria soneca. 

— Não, você não. — ele geme insatisfeito.  

— Bem, parece que seu pai não vai levantar daí tão cedo, então eu sou o melhor que você pode conseguir.  

— Tudo bem. — ele não parecia muito contente, mas aceitou mesmo assim. 

Bem, acabou que eu sou a melhor companhia do mundo e o pirralho não teve chances: em duas horas, ele já me adorava! Chupa essa, Noah! Tudo bem que eu acabei me apaixonando pela criança também, mas vamos fingir que não pra eu sair como vencedor. Mas não tinha como eu não gostar ele. Quando ele não estava falando que eu era um saco, Noah era completamente adorável.  

Já estava no fim da tarde quando Nico finalmente acordou. Sua cara estava amaçada e seu cabelo era um ninho de passarinho e tudo que eu queria fazer era distribuir vários beijinhos no seu rosto, mas como Noah estava ao meu lado, eu me controlei. 

— Parece que vocês dois se divertiram. — ele dá um sorriso preguiçoso.  

— E você parece que teve uma soneca muito boa. São cinco e meia já. 

— Sim, pai. Você dormiu um bocado. — Noah fala. 

— Desculpa coisinha. Prometo que amanhã eu brinco com você! — ele se aproxima da gente e dá um beijinho na cabeça de Noah — Eca, você tá todo suado. 

— A gente estava brincando de lutinha! — ele fala animado. 

— Que pena que eu perdi isso. — Nico faz uma cara triste pra Noah — E desculpa te deixar sozinho com ele. — ele fala pra mim — Juro que achei que só ia dormir uns dez minutinhos. Os remédios me baquearam de verdade. 

— Remédios?  

— É. Eu não preciso deles mais na maior parte do tempo, mas quando fico muito chateado, eu prefiro tomar do que ficar ruim na frente do Noah. 

— Entendi. Mas aconteceu alguma coisa ruim pra você tomar eles? Quer conversar sobre isso? Eu sou todo ouvidos. — falo e ele me olha meio confuso. 

— Ahn... Você aconteceu, Will. — ele ri fraco — O lance do “estou noivo” e tudo mais, lembra? 

— Ah, é. Droga, desculpa por isso. 

— Droga! —Noah repete feliz. 

— Noah! — Nico briga — Palavra feia! 

— Desculpa. — ele não parecia realmente arrependido. 

— Como castigo, vai já pro banheiro. Hora do banho. 

— Mas pai... 

— Nada de “mas”. Está na hora e você sabe. —Nico fala decidido e na mesma hora Noah murxa. 

— Tudo bem. —ele faz um bico — Tchau tio Will. —ele fala antes de subir as escadas. 

— Ai meus deuses! —eu praticamente grito feliz — Você ouviu? Eu virei o tio Will! 


Notas Finais


Volteiiiiii
Em minha defesa: Eu demorei pq to trabalhando e —rufem os tambores— EU TO FAZENDO FACULDADE EM UMA FEDERAL!!!!!!!!!
SIM! EU PASSEIIIIIIIIIIII. To surtando até hj =D
Ta consumindo todo o meu tempo e a minha alma, mas to feliz.
Ah, só pra vcs saberem: é possível passar na federal sem saber exatas (eu sou a prova viva disso)

Acho que agora consegui me acertar com horários e tudo mais, então vou voltar a atualizar com frequência! Heee!
Então até semana que vem :)
Bem... Isso se ainda tiver alguém lendo kkkkkk

Pra motivar vcs: Se tiver muitos comentários, prometo voltar antes do que vcs imaginam <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...