História Eu sou apenas uma "PUTA" pra você? -Park Jimin- (18) - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Park Jimin (Jimin)
Visualizações 89
Palavras 674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa Pela A Demora Pra Postar Os Capítulos E Se O Capítulo Sair Uma Merda Me Desculpem É Que Eu Não Tô Me Sentindo Muito Bem Esses Dias!

I Love U ❤

Capítulo 18 - Eu não suporto mais isso Jimin!


Me deito na cama e me cubro com o lençol e fico chorando mais ainda...




Resumindo minha manhã,eu chorei,cuidei dos bebês,ajudei Yumi em algumas coisas pra ver se eu melhorasse um pouco e deu certo.


Chegou meio dia e o Jimin chegou em casa para almoçar,eu havia acabado de dar banho nos bebês,comida e colocado eles para dormirem,então eu estava no quarto mexendo no celular para me distrair mas essa distração se foi quando Jimin entrou no quarto e o perfume feminino tomou conta do local.


"AGORA EU TENHO CERTEZA!"


Ele se vira para colocar seu sobretudo na poltrona e pude ver um chupão no pescoço dele e com certeza aquilo não foi deixado por mim.


Com pequenas gotículas de lágrimas caindo pelo meu rosto eu saio do quarto e vou pra sala de jantar,chegando lá encontro tudo já na mesa,apenas me sirvo e me sento para comer.

Ym:Não vai esperar o Senhor Park? 

Yumi diz enquanto serve meu suco.

- Não! 

Respondo friamente e começo a comer,Jimin logo se senta na mesa.

Jm:Por que não me esperou?

- Não quis!

Respondi sem olhar pra ele que logo escutei um suspiro vindo do mesmo.

Jm:Podemos conversar lá no quarto?

- Tanto faz.

Me levanto e vou pro quarto e Jimin vem logo atrás,ele fecha a porta e eu fico virada para a janela observando os carros que passavam na rua da frente.

Jm:Por que está assim comigo?

- Você ainda tem coragem de perguntar por que Jimin?Acho que você deveria tomar cuidado com seu celular.

Jm:O que você viu nele?

- Uma mensagem...De uma garota chamada Sana e nessa mensagem dizia o seguinte..."Eu quero aquilo de novo daddy!"

As lágrimas já estavam caindo pelo meu rosto.

- E hoje você chega aqui em casa com um cheiro de perfume feminino e um chupão no pescoço.

Ele apenas observava calado.

- Você realmente me ama?

Jm:Claro que sim!

- ENTÃO POR QUE FEZ ISSO?

Jm:Se acalma...

- Não me peça pra ficar calma Jimin,eu não suporto mais Jimin,se não me ama mais me deixa ir embora com os bebês pelo menos me liberta,não me prenda ao teu lado se não for me fazer feliz.

Digo chorando ainda mais e ele começa a chorar também.

Jm:Eu não posso...

- Como assim você não pode?

Jm:Eu não posso deixar as pessoas que mais amo irem embora.

- Você me traiu!E quem ama não trai.

Jm:Eu não te traí.

- ENTÃO ME EXPLICA POR QUE VOCÊ APARECEU COM ESSE CHUPÃO AQUI HOJE!ISSO NÃO SURGIU DO NADA.

Jm:Foi a Sana,ela é minha secretária e ex-namorada e acontece que ela me drogou e eu não lembro do que aconteceu no escritório hoje,apenas lembro que ela foi deixar o café que eu havia pedido,e aquela mensagem foi de algo a anos atrás quando eu e ela namorávamos.Eu te juro S/n que eu não te traí.

-  Quem jura mente,Jimin.

Jm:Eu não estou mentindo,você não acredita em mim?

-  Depois de tudo que aconteceu eu não confio é em mais ninguém.

Me viro de frente pra ele.

Jm:Eu tô te dizendo a verdade,eu não mentiria pra você.

- Então se eu te perguntar uma coisa você vai me dizer a verdade?

O mesmo vem até mim e segura minhas duas mãos.

Jm:Sim.

- Você me abandonaria por alguém melhor do que eu?

Ele olha nos meus olhos.

Jm:Não,eu não te abandonaria por alguém melhor que você aliás ninguém é melhor que você,eu nunca pensei que uma das minhas submissas seria a mulher da minha vida,eu não eu esperaria encontrar o amor da minha vida por que eu não acreditava mais no amor mas você apareceu e me mostrou realmente o que é o amor.

Eu estava chorando com aquelas palavras.

O mesmo me dá um selinho mas esse selinho virou um beijo cheio de desejo.

Jm:Depois de uma briga sempre tem uma reconciliação.

Dito isso ele me pega no colo e me bota deitada na cama e vai até o guarda roupa pegando um chicote de couro.

Jm:Hoje será um pouquinho diferente mas gente gemer baixo para não acordar os bebês.

Continua...🌚







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...