1. Spirit Fanfics >
  2. Eu sou o caos, conseguirá me amar? >
  3. Cap desnecessário

História Eu sou o caos, conseguirá me amar? - Capítulo 20


Escrita por:


Capítulo 20 - Cap desnecessário


No outro dia eu acordo um pouco cansada. 

- Não devia ter dormido tão tarde - Digo sentando na cama 

- Você aproveitou a noite pelo menos - Dabi diz sentando na cama e beijando meu pescoço 

- Realmente - Digo me virando para ele e o beijando 

- Por que a gente não fica o dia inteiro na cama hoje? - Ele diz me puxando pra perto, assim fazendo a gente deitar novamente. 

- É uma proposta interessante foguinho - Digo deitando em cima dele - Mas será que o nosso querido Midorya deixaria eu faltar aula? - Digo erguendo uma sobrancelha. 

- Desde quando tu segue as regras do Deku? - Dabi ergue uma sobrancelha e beija o meu pescoço. 

- Você tem um bom ponto foguinho - Digo sorrindo e beijando seus lábios. 

 

Nós passamos o dia inteiro no quarto, vendo séries abraçados, rindo das minhas piadas idiotas e nos beijando. Nós só saiamos do quarto para pegar comida, e por sorte, nenhuma das vezes que saímos o Midorya estava no bar. 

 

O Dabi era legal, ele fazia eu rir, transava bem pra caralho e parece que ele me entende. Mas mesmo assim eu não consigo confiar nele, eu não consigo gostar dele e não consigo vê-lo como algo a mais do que só um corpo, pra eu usar quando estou afim de me divertir. 

Não sei se isso é bom ou ruim, mas pelo menos eu não me apego a ele. 

 

 

 

 

No outro dia eu acordo, tomo banho e me visto. 

- Boa aula - Dabi diz enquanto eu saio do quarto 

Eu sorrio e saio do bar 

 

/Quebra de tempo/ 

 

A hora do almoço tinha chegado e as meninas me chamaram pra almoçar com elas. 

Eu recusei, não estava muito afim de socializar hoje. 

- Ah, tudo bem - Uraraka diz meio decepcionada. 

- Desculpa - Digo percebendo a tristeza nos olhos da garota - Amanhã eu almoço com vocês ok? - Digo sorrindo 

- Ok então - Ela diz sorrindo e logo se afasta. 

 

Eu saio da sala e vou caminhar um pouco. Eu precisava pensar em como não deixar o Midorya desconfiado de mim. 

Eu sento na mesma árvore que tinha sentado a alguns dias atrás. 

- Como volto a ter a confiança do Midorya? - Penso enquanto fecho os meus olhos para raciocinar melhor. 

 

- Kira? - Uma voz rouca e agradável faz eu sair do meus pensamentos 

- Sim? - Digo abrindo os olhos

- Você esta bem? - Todoroki pergunta enquanto se ajoelha em minha frente. 

- Sim - Digo o olhando um pouco confusa - Por que está aqui? - Pergunto com um olhar sério. 

- Ontem você não veio a aula - Ele continua com a expressão séria de sempre - E como você desmaiou na nossa luta, eu achei que você pudesse estar mal 

Eu sorrio e o olho intrigada 

- Não sabia que se preocupava com o meu bem estar Todoroki - Digo com um sorriso malicioso nos lábios

- N-Não é isso - Ele parece envergonhado - Eu só não quero que fique machucada por causa do meu poder - Ele diz sério 

Eu rio com o fato dele tentar se explicar. 

- Não se preocupe Meio a meio - Digo rindo - Eu estou bem, só faltei ontem porque estava um pouco cansada - Digo com um olhar sério. 

- Ok então - Ele diz se levantando - Desculpe por tomar o seu tempo - Ele se vira e começa a andar. 

- Espera! - Digo me imaginando em sua frente. 

- O que foi? - Ele diz um pouco assustado pelo fato de eu ter acabado de aparecer na frente dele 

- Por que esta tão curioso sobre mim? - Digo erguendo uma sobrancelha. 

- Você me intriga Kira - Ele diz enquanto passa ao meu lado. 

Eu fico o olhando por um tempo, tentando entender as coisas que ele fala. 

- Você é estranho Todoroki - Falo pra mim mesma, enquanto volto para o lugar que estava sentada. 

 

 

As aulas acabaram e eu voltei para o bar. 

 

- Eai gen... - Não termino minha fala, pois uma faca é apontada pra mim. 

Fico um momento em choque, até que vejo quem estava apontando a faca pra mim. 

- O assassino de heróis? - Penso enquanto dou um sorriso 

- Ela faz parte da liga? - Ele pergunta olhando para Midorya 

- Sim - Respondo imaginando sua mão quebrar. 

Ele da um gemido de dor e se vira pra mim. 

- Sua... - Ele diz vindo pra cima de mim. Porém eu me teletransporto para o bar. 

- Não estou afim de brigar queridão - Digo sentando no bar - Então não vem pra cima - Imagino a mão dele voltando ao normal - Se não eu te mato 

Ele me olha irritado e fala: 

- Nunca pensei que uma estudante da U.A estaria na Liga dos Vilões 

Eu o olho e sorrio. 

- Vou deixar vocês conversando sobre os seus planos de merda - Digo pegando uma maçã que está em cima do balcão - Boa tarde assassino de heróis - Digo subindo as escadas. 

 

Ele e Midorya ficam me observando subir as escadas. 

 

Eu chego no quarto e deito na cama. 

- Não tenho um minuto de descanso nessa porra. - Penso comigo mesma. 


Notas Finais


esse cap ficou uma bosta, sorry


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...