1. Spirit Fanfics >
  2. Eu Sou Um Android - 1 Temporada. >
  3. As paredes tem ouvidos.

História Eu Sou Um Android - 1 Temporada. - Capítulo 25



Notas do Autor


Sei que a capa do capítulo tá nada haver mas depois eu coloco outra.

Desculpe custar tanto, fiquem com o capítulo...

Capítulo 25 - As paredes tem ouvidos.


Fanfic / Fanfiction Eu Sou Um Android - 1 Temporada. - Capítulo 25 - As paredes tem ouvidos.


*ULTIMOS CAPÍTULOS*


THOMAZ NARRANDO...

Sai de casa totalmente pertubando, o que será que esse sonho significa? Eu ainda amo muito o João, mas se ele me ama eu não tenho certeza, primeiro porque ele é um robô e segundo porque ele não tem coração o que quer dizer que não tem emoções. Mas quer saber? Que se dane o mundo, vou pedir pra voltar com ele hoje. Enfim, andei descendo a rua e vi o João com a Maitê, provavelmente estavam indo para a minha casa, parei na frente dos dois, pedi para falar com João e ele concordou, Maitê foi na frente me deixando a sós com ele...


- O quê você quer? - João me perguntou com cara fechada.

- Preciso falar com você... Sobre a gente - eu disse olhando nos olhos dele.

- Sobre a Gente? Não existe mais a gente Thomaz, você deixou bem claro isso.

- Eu sei, fui um idioma com você - falei.

- é você foi, mas você ainda não me disse o que queria.

- É que... Eu sonhei com você - eu disse segurando sua mão.

- você... Sonhou comigo também? - ele disse.

- Também? Como assim? - perguntei sorrindo.

- Eu disse também? O que eu queria dizer éra que.. que bom. - ele me respondeu todo atrapalhado.

- tá sei - eu falei rindo.

- Quer saber? Sim é verdade sonhei com você, sonhei que você se declarava pra mim e...

- Eu também - eu o interrompi - sonhei.. com a mesma coisa.

- Que estranho.

- Eu não diria estranho - o puxei pra mais perto de mim ficando colado nele - eu diria que era o destino.


Eu olhei no fundo dos seus olhos deixando claro o que eu queria fazer, percebi que ele entendeu o recado e cedeu, fui aproximando do seu rosto...


- Eu te amo João, você quer voltar comigo? - eu perguntei colado nele.


Ele não disse nada, apenas me deu um beijo, um beijo que esperei muito para sentir de novo, nossas línguas estavam em perfeita sintonia, sua boca era muito maçia e gostosa de se beijar (para um robo).


- isso foi um sim? - eu perguntei parando o beijo.

- O quê você acha? - ele me perguntou sorrindo.


Eu sorri de volta e lhe dei mais um beijo demorado, nesse momento me senti feliz, toda a raiva que sentia por ele havia passado...


- Eu também te amo muito Thomaz - ele disse parando o beijo e sorrindo.

- Eu te amo mais - respondi com um sorriso e o abraçando.


6 MESES DEPOIS...

JOTTAPÊ NARRANDO...

Seis meses se passaram, e durante todo esse tempo estive protegendo o João dá Miley, evitando que ela o levasse, proteger o João não foi (e não é) uma tarefa fácil, estou ficando sem forças para protegê-lo, hoje é o aniversário de namoro deles e Thomaz está preparando uma surpresa no parque a noite, e eu preciso estar lá. Pois tenho serteza que a Miley vai tentar alguma coisa.


JOÃO NARRANDO...

É isso mesmo se passaram 6 meses, e nesses seis meses aconteceu muita coisa, eu conheci a mãe do Thomaz e oficializamos nosso namoro para todos da escola. Falando em escola estamos quase terminando o ano escolar, e isso quer dizer que logo após eu vou para a faculdade e Thomaz vai voltar a viajar para fora do país, Eu sei, vamos ficar mais tempo longe, mas não importa, quero que ele siga o sonho dele.


MAIS TARDE NO COLÉGIO...

NARRADOR...

Na sala, o professor iria dar um aviso para os alunos...

- Bom gente, como vocês sabem está chegando o final do ano e eu sempre gosto de passar um trabalho em dupla para a nota final.

- Professor podemos escolher as duplas? - perguntou a Ana.

- Não minha querida, eu vou fazer o sorteio para decidir as duplas - respondeu o professor.

- O senhor não pode fazer isso, como filha do diretor eu exijo que o senhor deixe a gente escolher as duplas - Ana disse em um alto tom de voz.

- Fale baixo comigo senhorita Zimerman e sente-se, ser filha do diretor não te dá nenhum direito de ordenar nada - o professor respondeu.


Ana se sentou calada, mas com cara de ódio.

- Bom vou escolher as duplas - o professor disse tirando dois papéis da caixa. - a primeira dupla vai ser... Maísa e Maitê.

- Eba!! Bati aqui amiga - Maitê levantou a mão e Maísa bateu.

- A segunda dupla é... Thomaz e Rafael.

- Professor posso trocar? - Thomaz perguntou.

- Não senhor Costa porque isso seria injusto com os seus colegas agora sente-se.

- Está bem senhor - Thomaz se senta.


O professor fez o resto das duplas até que sobrou a Ana, Larissa e o João.


- Bem, a última dupla será formada de três, A terceira dupla é.... Larissa, João e Ana.

- O QUÊ?!!!! - Os três disseram em coro.

- Professor eu me recuso a fazer o trabalho com esses dois LOSERS - Ana disse fazendo um "L" Com os dedos.

- Você não é a única querida, eu também não gosto dessa idéia. - Larissa disse fazendo cara de raiva.

- Meninas não briguem por favor - João disse tentando acalmar as meninas.

- Cala a boca João - Ana disse - Professor não quero fazer com eles.

- Sinto muito senhorita Zimerman, mas se não fizer com eles ficará sem nota - disse o professor.

- Que droga!! - Ana se vira para João e Larissa - Eu também não estou feliz com isso, mas já que somos obrigados, vamos fazer-lo hoje e acabar logo com isso.

- O que acham de ser na minha casa? - João perguntou.

- Eu acho perfeito - Ana e Larissa falaram juntas.

- Vocês três se sentem agora - o professor falou.


Rapidamente os três se sentaram nos seus lugares sem falar mais nada. As aulas seguiram normalmente e logo chegou o intervalo, todos saíram da sala menos o João, o Thomaz e a Maísa. Maísa olhou pro João fazendo um sinal de que queria falar com ele, logo após ela saiu deixando Thomaz e ele sozinhos...


JOÃO NARRANDO...

Eu estava saindo ao encontro da Maísa que me esperava do lado de fora, mas Thomaz me chamou e fiz sinal para que ela esperasse. Thomaz veio sorrindo pra mim...


- Oi amor!! - Thomaz me disse sorrindo para mim.

- Oi amor - Eu lhe dou um beijo e um abraço.

- Eu tenho uma coisa pra você, fecha os olhos - Thomaz me disse.

- Porquê? O que tá escondendo? - perguntei tentando olhar atrás dele.

- Ei nada de espiar fecha os olhos e estende a mão - ele disse rindo.

- tá bom.


Eu fechei os olhos e estendi a mão, logo senti um peso sobre minhas mãos...


- Tá legal pode abrir.

- Eu abri os olhos e vejo um lindo pingente com o nome do nosso shipp "JOMAZ" - Thomaz.... É lindo - eu disse sorrindo.

- Você gostou mesmo?

- Se eu gostei? Thomaz eu adorei, me ajuda a colocar?

- Claro - Thomaz respondeu docemente.


Fiquei de Costas pro Thomaz e ele colocou o colar...


- Será que você poderia ir ao parque hoje? Tenho outra surpresa pra você.

- Outra? Estou ansioso, estarei lá.

- Então nos vemos lá - Thomaz disse me dando um beijo e saindo da sala.


Fiquei um tempo lá fantasiando na sala, logo depois fui ao encontro da Maísa que me esperava do lado de fora...


MAISA NARRANDO...

- Oi amiga o que você quer me contar? - João me perguntou.

- Vamos entrar na sala, falar aqui no corredor têm muitos fofoqueiros.

- Ok vamos - ele disse e entramos na sala. - Bom me conta.

- João o que eu vou te contar agora ninguém pode saber, tem que ficar entre eu e você - Eu disse me sentando em uma cadeira.


NARRADOR...

Ana passava pela corredor e escuta João e Maísa conversando na sala, ela se aproxima da porta e escuta a conversa...


- João... Eu acho que tô gostando do Rafa - Maísa falou.

- Do Rafa? Sério? Que boa notícia Maísa - João disse muito feliz por sua amiga.

- shiiiu... Fala baixo ninguém pode ouvir - Maísa cochicha.

- desculpa me empolguei... Mas porque você não fala pra ele?

- Porque eu acho que estou gostando dele, eu estou muito confusa. - Ela disse colocando as mãos sobre o rosto.

- Eu vou te ajudar com isso, não se esqueça que eu estou aqui pro que você precisar.

- Obrigado amigo - Maísa diz abraçando João.


enquanto isso Ana escutava toda a conversa...


- Eu não acredito nisso, a Maísa gosta do Rafael, a escola toda precisa saber disso - Ana sai de fininho em direção ao pátio






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...