História Eu sou um Demônio não posso mudar isso - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance, Tortura, Yaoi, Yurio
Visualizações 18
Palavras 1.551
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Magia, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá turo bom Bolinho? Espero que sim bom nesse Cap Otsuki vai comprir a promessa com Horoshi, mais ele acaba ficando doente e como tudo pode ficar pior os pais de Horoshi vai aparecer oq será de Otsuki agora?

Capítulo 25 - É minha primeira vez


Fanfic / Fanfiction Eu sou um Demônio não posso mudar isso - Capítulo 25 - É minha primeira vez

Acordo de manhã tomo banho coloco uma roupa saio de casa começo a andar pelas ruas até ver uma loja fofa de ursinhos de pelúcia entro na msm é compro um ursinho vou andando até a casa de Horoshi me telesporto para seu quarto deito na cama ela sai do banheiro. 

-  Aí que susto - Sorrio secando meu cabelo - 

- Feliz Aniversário amor - Dou o presente para ele é o beijo - Surpresa pat 1 

- Obrigado - Vejo o ursinho •Ele e tão fofo• o abraço - Como assim pat 1? 

- Tem a parte dois arruma suas malas que vamos viajar - Sorrio e sento na cama - 

- Ok... - Arrumo minha mala - pronto 

- Vamos - Nos telesporto para Paris em um hotel sento na cama vendo ele olhar pela janela - 

- Daddy aqui e muito caro - Falo olhando para todo - 

- Relaxa e seu dia especial - O abraço por trás - Vamos passear  

- Tá bom 

Passamos o dia passeando, comendo coisas diferentes e fazendo piquenique volta para o hotel ele vai tomar banho eu fico deitado vejo ele voltar só de box •Nossa que sexy...•. 

- Pq está sem roupa? 

- Pq está calor - Sento do seu lado na cama - 

- Calor ? Vou mostrar o que é calor Baby - Agarro sua cintura fixo encima do mesmo o beijo intensamente mordendo seu lábio devagar puxo seu cabelo dando chupões em seu pescoço - 

- N-não - Falo manhoso tentando não gemer - Daddy eu ainda sou virgem... - Falo corado - 

- Vc é virgem Baby - Olho para seu rosto e o beijo - Relaxa eu vou ser carinhoso 

- O-ok - Tento relaxar respiro fundo - 

- Só relaxa - Vou dando beijos e chupões em seu corpo até chegar em seu pé assim que beijo o msm o vejo arrepiar - Seu pé e sensível Baby? 

- Sim... - Falo com vergonha solto um gemido manhoso ao sentir ele chupar meus dedos - Aaaawhhh  

- Fofooooo - Chupo a ponta de seus dedos vou dando chupões em suas coxas - 

- Aí não Daddy... - Gemo manhoso - 

- Relaxa Baby 

Tiro seu box começo a chupa-lo rápido coloco dois dedos na frente de sua boca ele começa a chupar os msm •Que língua quente Baby• assim que sinto que meus dedos estão bem molhados. 

- Isso pode doer um pouco então me abraça forte se doer - envio os dedos em sua entrada começo a mexer os msm - 

- Aaaaaa - O abraço ele forte •Issso doi um pouco...• minha respira começo a ficar ofegante - 

O beijo intensamente continuo mexendo meus dedos volto a chupa-lo estipulando seu mamilo •O corpo dele e tão quente• sinto alguma coisa tocar em meu membro. 

- Ei - Vejo seu pé em meu membro - 

- O que fui? - Começo a mexer meu pé rápido -  

- Ohhh - Solto um gemido manhoso - 

- E ruim? - Continuo mexendo meu pé - 

- N-não - Falo tentando não gemer - 

- Daddy eu quero vc dentro de mim - Peço manhoso - 

- Ok Baby - Tiro minhas roupas seguro suas coxas e o penetro suavemente começo a estoca-lo devagar para não machuca-lo •Ele é tão apertado•.  

- Daddy vai mais rápido - Seguro seus ombros -  

Sorrio continuo a estoca-lo rápido e fundo desço meu rosto e o beijo intensamente brincando com sua lingua chupo a msm paramos de nós beijar por falta de ar. 

- Daddy eu te amo - Falo e agarro seu pescoço  - 

- Eu também te amo - Continuo a estoca-lo até achar seu ponto de prazer acerto o msm várias vezes o fazendo gemer e gozar em minha mão - 

- Eu quero seu leitinho também Daddy - Sinto ele gozar dentro de mim •Isso é tão quente• tento levantar mais sinto dor na perna sinto ele agarrar minha cintura - 

- Calma Baby - Levo ele pro banheiro dou banho no msm é levo para a cama ele dorme volto pro banheiro tomo banho coloco uma calça  deito na cama e o abraço - Boa Noite Baby 

No dia seguinte... 

Acordo senta na ponta da cama •O que aconteceu?• coloco a mao no cabelo e lembro da noite passada vejo o msm saio do banheiro e o abraço.  

- Desculpa - O abraço forte - 

- Pelo que? - Faço carinho em seu cabelo - 

- Eu machuquei vc ontem - Aperto com força sua camiseta - 

- Não machucou amor - O beijo suave -

- Sério? - Falo animado - 

 - Sim - Aperto suas bochechas - 

- Vem aqui Baby - Sento no cama faço ele sentar do meu lado - Baby vc é a luz da minha vida, minha salvação eu te amo muito Baby quer namorar comigo? - Olho para ele é vejo que está chorando- Pq está chorando? 

- Como assim pq? Vc é super romântico e fofo faz um declaração linda e eu não consigo resistir - Seco minhas lágrimas - Eu aceito 

 - Estou feliz - O beijo - Vamos ficar aqui até quando? 

- Só até amanhã segunda tenho escola 

- Escola? Espera quantos anos tem? 

- Tenho 16 pq?  

- ESPERA AÍ VC TEM 16?! - •Isso é crime no mundo dos humanos e crime ele é só uma criança• - 

- Que fui? Quantos vc tem? 

- Tenho 24... 

- Vc parece ser mais novo tipo 18 

- Só cara msm 

- Relaxa amor 

- Quando posso conhecer seus pais? 

- Meus pais?! - O olho - 

- Sim algum problema 

- E que eles são exorcista vai matar vc 

- Ok não quero conhece-los então 

- Obgd Daddy 

Em casa.... 

- Faz dois dias que o Otsuki sumiu - Haru 

- Que merda cadê aquele menino ~Rin 

- Eu quero o Appa de volta - Kwang 

- MERDA CADÊ VC PORRA - YoungJae 

Sento no sofá tento lembrar do que conversar •Aniversário de quem? • jogo um vaso de flor na parede. 

- FILHO DA PUTA EU VOU MATAR VC DESGRAÇADO ~Rin 

Em Paris... 

Passamos o dia nos divertindo do parque voltamos para o hotel arrumo minhas malas término ele nos telesporto para cada assim que chegamos escuto um barulho olho pra trás e vejo Otsuki caído no chão solto minhas coisas coloco ele na cama •Vc está queimando isso é febre de demônio• escuto a  campainha. 

- Eu já volto amor - desço as escadas abro a porta e vejo meus pais Mintira justo agora• minha Omma me abraça - Olá  

- filho viemos ficar com vc ~Omma 

- Feliz Aniversário ~ Appa 

- Entrem - Eles entram eu fecho a porta vamos para a sala - 

- Vamos cozinhar ~Omma 

- Ta.... - Vamos para a cozinha deixando meu pai sozinho - 

- Que sensação estranha e essa ~Appa 

Saio do sofá subo as escadas a véi a porta do quarto vejo um demônio deitado na cama •Vou matar vc• o jogo na parede o fazendo cuspir sangue começo a chutar sua costela. 

- Para - •Não não ele não pfvr •

- Pq? Ele é só um demônio nojento ~Appa 

- Cala a boca ele é meu namorado - Falo e fecho os olhos - 

- Namorado? - Vou em sua frente e dou um tapa em sua cara - 

- Espera... - Abro os olhos e vejo Otsuki na minha frente •Ele levou o tapa por mim...• Meus olhos enchem de lágrimas - 

- Vc está bem? - viro para ele é sorrio - 

- Sim mais.... - Olho para seu lábio sangrando - Vc está san..... - Antes de terminar meu Appa da um chute em sua costela - Para pfvr 

- Vc deve estar louco para amar ele! ~Appa 

- Não eu estou bem 

- Eu vou bater em você ~Appa 

- Não vc me odeia - Me levanta coloco a mao em minha costela fico em sua frente- Então me bate 

-   Vc eu de odeio - Dou tapas em suas caras várias vezes quando dou o último tapa vejo minha mão cheia de sangue - 

- Acabou? - Sorrio olhando seu rosto - 

- Sim... - •Pq ele está sorrindo? Pq esse sorriso me faz me sentir tão em paz ? Ele é um demônio mais seu sorriso é o mais lindo que já vi...•

- Que Bo.... - Não consigo terminar e caio encima dele - 

-Saio saio de cima de mim - Olho sei rosto cheio de machucados e marcas vermelhas •Ele está tudo machucado e mesmo assim sorrindo tão lindo... Espera o que estou pensando? •

- Otsuki - Tiro ele de cima dele - A febre aumento 

- Pq ele.... ~Appa 

- CALA A BOCA A CULPA É SUA SEU MOSTRO APPA DE MERDA 

- Amor relaxa eu vou ficar bem prometo - Sorrio - 

- Eu vou com vc 

- Não vc tem que conversar com seus pais -O beijo suave me telesporto para a frente de casa abro a porta e caio no chão •Será que ele vai ficar bem? Espero que sim eu acho que vou...• Antes de terminar de pensar acabo desmaiando. 




Notas Finais


Pq acharam?
Beijos meus bolinhos de arroz 🍙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...