1. Spirit Fanfics >
  2. Eu sou um Uchiha >
  3. Capitulo 2

História Eu sou um Uchiha - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Eu que lute para sair desse tedio!

Capítulo 3 - Capitulo 2


Ele pensou ter ouvido errado, ele queria ter ouvido errado.

Não era possível, ou seria?

Naruto esperava uma reação dele assim como Sakura que estava ainda mais abalada pela noticia.

Mais Sasuke não sabia o que pensar ou falar. Estava sem reação.

- Como isso é possível Naruto? Explica isso direito! – Sakura pediu ao amigo.

Era o que Sasuke queria dizer mas não conseguia verbalizar.

- Também não sei Sakura-chan, é por isso que estou aqui. – ele olha para Sasuke. – Já pensei em várias teorias como Shin de um ano atrás, em alguém ter roubado os olhos de Itachi, até na volta do louco do Madara, experimentos do Orochimaru e varias outras. -  Naruto dizia andando de um lado pro outro. – Estou enlouquecendo..!

Todos sabem que o sharingan sempre foi desejado por muitos e em mãos erradas podem fazer um estrago muito grande.

- Calma Naruto, tem certeza que essa informação é verdadeira? – perguntou Sakura.

- Tudo indica que sim, no pergaminho diz que um garoto usou o mangekyou sharingan para atacar um grupo de ninjas. Muitas pessoas estão dizendo que foi você teme, mais um ninja que sobreviveu disse que ele aparentava uns 16 anos, mais mesmo assim seu nome está envolvido. -  Naruto concluiu.

- Só pode ser brincadeira. – Sasuke finalmente disse. – Não é possível ter mais um portador do sharingan além de Sarada e eu.

- A não ser que você tivesse mais um filho. -  a voz de Sakura fez que com os dois ali presentes olhassem ela assustados. – É o único jeito, pois ninguém conseguiria copiar um mangekyou perfeitamente.

- Espera, o que? – Sasuke não estava acreditando no que sua esposa estava falando. – O que você está falando Sakura? – mesmo não querendo sua voz saiu alterada.

- Mesmo não querendo assumir, eu também pensei nessa hipótese, é a mais convincente. – Naruto disse e Sasuke explodiu.

- ESPERA AI! – ele respirou fundo tentando se acalmar e não acordar a filha que dormia no andar de cima. – Vocês acham que eu tenho um filho bastardo que anda matando ninjas por aí? – perguntou desacreditado – Eu não acredito nisso... Sakura... -  olhou para a esposa que abaixou a cabeça com os olhos marejados.

Isso cortou o coração do Uchiha, jamais pensou que sua esposa desconfiasse dele a esse ponto.

- Calma gente, ainda não sabemos o suficiente para tirarmos conclusões. É apenas uma hipótese! – Naruto se intrometeu por não gostar de ver os amigos brigarem. – Shikamaru já está investigando e logo teremos a verdade, só não briguem por isso.

Sasuke sentou no sofá e passou as mãos nos cabelos, era nítido que estava muito irritado.

Já Sakura estava confusa demais para dizer algo, apenas subiu as escadas em direção ao quarto do casal.

Naruto sentou ao lado do amigo, sabia que ele ia ter que ser paciente com toda essa confusão.

- Teme fica calmo, tudo vai se resolver. Espero você amanhã na torre, Shikamaru terá novas informações. -  Naruto deu dois tapinhas em suas costas e saiu.

Sasuke nada respondeu, estava com a cabeça a mil e sua prioridade agora era conversar e esclarecer algumas coisas com sua esposa.

E assim que entrou no quarto viu Sakura sentada na cama como se estivesse o esperando, e ela estava.

Seus olhos verdes estavam vermelhos e o rosto corado, ela estava chorando.

E Sasuke preferia lutar dezenas de vezes na guerra do que ver sua esposa chorar.

Ele se sentia a pior pessoa do mundo.

- Me diz a verdade Sasuke, prometo que vou tentar entender. – ela sussurrou.

Ela estava mal, só de pensar o amor de sua vida com outra mulher a deixava enlouquecida de ciúmes.

Ele caminhou até ela e sentou ao seu lado, segurou seu rosto com ambas as mãos e olhou dentro dos olhos verdes dela.

- Mesmo eu estando muito magoado pela sua desconfiança eu digo, eu nunca em toda a minha vida tive outra mulher além de você Sakura. – ele disse e ela chorou ainda mais. – mais eu entendo porque eu também estou confuso com tudo isso, mais nunca meu amor duvide da minha fidelidade a você.

- Mais antes de nos casarmos você viajou por dois anos sozinho e depois ficou dez anos longe de mim Sasuke, você é homem e eu sei que é difícil ficar tanto tempo.. – Sasuke a interrompeu.

- Por favor pare. Não diga mais nada! – ele respirou fundo. – Você sabe que eu era virgem quando nos casamos assim como você, o quanto ficamos sem saber o que fazer na lua de mel. E mesmo que eu passasse o resto da minha vida longe de você eu jamais a trairia porque eu te amo, e quando um Uchiha ama, é para sempre. – Sasuke a abraçou e deitou com ela na cama.

Sakura chorou até pegar no sono, e Sasuke ficou o resto da noite acordado. Estava com medo de toda essa historia acabar com seu casamento, não viveria sem Sakura e se fosse preciso ele sairia atrás desse garoto e resolveria isso de uma vez por todas.

 

(***)

 

- Infelizmente não temos nada de novo, quem quer que seja sabe esconder seus passos. – Shikmaru disse. – Mandei uma anbu investigar as vilas do pais da agua em busca de informações ou suspeitos. Tudo indica que o usuário do sharingan vivia lá.

Sasuke respirou fundo e Naruto encarou o amigo que estava muito perturbado.

- Sasuke, você acha possível que alguém possa ter roubado os olhos de seu irmão? – Sai que estava ali também perguntou.

A pergunta de Sai fez todos os pelos do Uchiha se arrepiar.

- Isso não é possível, Itachi já está morto a dezesseis anos e eu mesmo trouxe o corpo dele para o cemitério do distrito Uchiha. -  disse Kakashi entrando no escritório.

Sasuke encarou seu antigo sensei, soube depois da guerra que Kakashi deu um jeito de trazer o corpo do seu irmão até Konoha. E ele era muito agradecido por isso.

- Não tem como alguém ter roubado os olhos dele porque Obito implantou eles em mim depois da nossa luta – Sasuke falou.

Enquanto conversavam e tentavam entender o que estaria por trás de tudo isso, uma das invocações de Sai chega com mais informações.

Depois de ler todos na sala olham para o Uchiha, que está ainda mais nervoso.

- Sasuke, tem certeza que não tem nenhum filho perdido no mundo? – a pergunta veio de Naruto.

- Quantas vezes eu tenho que dizer que eu nunca trai a Sakura e não tenho nenhum outro filho além de Sarada? – ele estava a ponto de explodir.

- Mais aqui diz que o garoto está vindo para Konoha atrás de você -  Shikamaru disse com cara de tedio.

- Eu não quero saber, se ele garoto aparecer na minha frente eu mato ele. -  Sasuke disse e saiu do escritório batendo a porta com força.

Ele estava muito preocupado com tudo isso, mais o que o deixava mais apavorado era o fato de seu casamento estar abalado. E com certeza tudo iria piorar se Sakura soubesse que esse garoto estava vindo até ele.

(***)

Entrou em casa louco para ver sua família, mas encontrou o silencio. Depois e um dia terrível de trabalho a única coisa que queria eram as mulheres de sua vida.

Passou pela cozinha e não encontrou ninguém, subiu as escadas foi até o quarto de Sarada e não encontrou ninguém.

Já estava começando a ficar apavorado quando entrou em seu quarto e encontrou a esposa sentada na cama com sua filha deitada em seu colo. Ambas sorriam mais o sorriso de Sakura não chegava ao seus olhos.

Ela ainda estava triste e ele se culpava muito por isso.

Mesmo não tendo culpa nenhuma.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...