História Eu te amo ( Lay ) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Drama, Romance
Visualizações 194
Palavras 663
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Who said that?


Fanfic / Fanfiction Eu te amo ( Lay ) - Capítulo 9 - Who said that?

Ainda estava atônita meu corpo continuava febril e acho que só piorava a cada segundo que o beijo se intensificava. Não sabia o que fazer, apenas esperei tudo havia sumido naquela hora, aquelas orbes escuras me levaram para um caminho que jamais conhecia.

Lay me instigava com pequenas mordidas e sugadas em meu lábio inferior, já não estava mais caída no chão e sim em cima da sua mesa enquanto ele estava no meio das minhas pernas.

Suas mãos alternavam em fazer carícias e apertar as minhas coxas arrancando pequenos gemidos baixos meus o que só o instigou mais há fazer isso.

Eu sabia que tinha que parar pois isso não era certo ele era meu chefe e e eu estava num lugar de trabalho, mas, ele beijava tão bem e seu perfume amadeirado me deixava tão desconcertada.

ㅡ Lay, por favor é melhor pararmos por aqui ㅡ Disse me afastando

Seus labios estavam vermelhos com meu batom vinho.

ㅡ Lay: Me desculpe.. e-eu ㅡ Ele tentou dizer mais o interrompi ㅡ Tudo bem, isso é culpa minha, prometo que não irá mais acontecer ㅡ Disse e desci da mesa mais assim que me virei de costas ele segurou meu pulso e me virou de frente pra ele.

ㅡ Lay: É quem disse que eu não quero que aconteça novamente? ㅡ Perguntou ele me olhando e antes que eu pudesse pensar e responder ele me beijou novamente.

Não conseguia pensar em nada só naquele momento sua pergunta me deu um frio na espinha e toda nossa reaproximação causou mais sintomas estranhos no meu corpo.

O beijo não foi como o primeiro estava mais romântico e calmo fazendo eu me perder ainda mais.

Nos separamos rapidamente quando escutamos batidas na porta, ele pediu pra que esperasse.

[...]

Já estava se passava das quatro da tarde e eu estava em minha mesa digitando e digitando, queria ocupar minha mente de algum jeito, já que se eu não fizesse nada acabaria pensando nos beijos que meu chefe havia me dado.

Me sentia feliz e frustada ao mesmo tempo, feliz porque havia gostado e frustada por que não queria que ele pensasse que eu fosse qualquer uma que beija ou faz "horas extras" por dinheiro.

ㅡ Kris: Buh ㅡ Gritou me assustando.

ㅡ (s/n): Aish seu idiota! ㅡ Exclamei ㅡ O que você quer ? ㅡ Perguntei quando ele se sentou na minha mesa.

ㅡ Kris: Eu e você, naquela cafeteria onde tem um delicioso donut de chocolate ㅡ Disse estalando a língua ㅡ O que você acha? ㅡ Perguntou sério.

ㅡ (s/n): Não sei Yifan ㅡ Respondi pensativa.

A idéia de sair me parecia uma boa mais eu estava cansada também ficar sentada o dia inteiro nesse computador me deixou um pouco com dor de cabeça.

ㅡ Kris: Vamos (s/n), por favor ㅡ Disse com uma carinha fofa

Kris nunca foi de ser fofo ou demonstrar muitos sentimentos, ele sempre foi sério e fechado mais agora que eu estava vendo esse lado dele não sabia como recusar.

ㅡ (s/n): Tudo bem, eu aceito ㅡ Disse e um sorriso brotou em seus lábios carnudos.

ㅡ Kris: Então vamos ? ㅡ Perguntou se levantando da mesa animado.

ㅡ (s/n): Mais agora? ㅡ Perguntei surpresa ㅡ Sim, vamos logo, larga isso ai você termina amanhã ㅡ Disse arrastando minha cadeira para trás e desligando o meu computador.

Juntei minhas coisas e peguei minha bolsa desligamos tudo e saímos ja estava na hora de ir embora mesmo.

Caminhamos até o elevador e esperamos, quando ele chegou nos estramos e logo em seguida ele apareceu entrando também. Lay estava sério fiquei no meio dos dois, ora um ou outro me olhava de soslaio.

O clima estava meio desconfortável só se ouvia suspiros pesados e o barulho que o elevador fazia quando parava em algum andar para entrar mais pessoas.

Assim que o elevador parou as pessoas começaram a sair, sai normalmente com Kris ao meu lado é tentei esquecer que Lay estava lá mais foi impossível pois quando eu estava prestes há sair do prédio alguém me segurou pelo pulso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...