História Eu te amo, mais que tudo - Imagine Taehyung - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags 1º Temporada, Alien, Bts, Taehyung
Visualizações 23
Palavras 916
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


LEGENDA

** pensamento

S/n - seu nome

Sf - Sophie (sua amiga)

rcp - recepcionista

Capítulo 7 - O pedido - 1 temporada


-------------2 semanas depois-------------

Desde que voltou da turnê, eu e o Taehyung saimos bastante. Nos viamos ou nos falavamos todos os dias e o que eu sentia por ele é muito mais forte do que eu sentia antes. Estou completamente apaixonada por ele. Nós não nos falamos ontem pois ele estava muito ocupado e hoje ele ainda não apareceu, não atendeu as minhas ligações e nem respondeu as minhas mensagens.

*Não vou incomoda-lo ele pode estar ocupado... Mas eu queria que ele pelo menos dissesse que está vivo.*

Olho o relógio. 12:35. Me levanto, visto uma roupa e desço para o saguão do hotel almoçar. 

Após o almoço subo novamente. As horas vão passando e eu não tenho nenhuma notícia dele o que está me deixando preocupada. Mandei mensagem pro Jin, pra ver se descobria alguma coisa mas o mesmo me respondeu com frases curtas e vagas. Isso não faz o tipo do Jin, por isso fico um pouco desconfiada, mas não o incomodo pois disse que estava ocupado.

Umas horas depois sinto o meu celular vibrar. O pego e abro a mensagem.

-------------Msg Jin on-------------

- Se arruma passo pra te buscar em 30 min.

- O QUÊ? Por quê????

- Coloca uma roupa bem bonita.

-------------Msg Jin off-------------

Foi a última coisa que ele disse. Olhei o relógio. 19 horas. Entrei para um banho rápido, saí e me vesti. 

Peguei o celular. 19:33. O mesmo virou.

-------------Msg Jin on-------------

- Estou aqui.

- Tô descendo.

-------------Msg Jin off-------------

Guardo o celular na bolsinha que estou usando, saio do quarto e desço. Quando chego na recepção, o vejo, assim que ele nota a minha presença vem em minha direção.

Jin: vamos logo ou vai se atrasar. (disse enquanto puxava a minha mão em direção ao carro)

S/n: atrasar? Pra quê? Como assim Jin? (falo entrando no carro sendo apressada por ele)

Jin: vai saber quando chegar.

S/n: vocês estão impossíveis hoje, não falaram comigo o dia todo e quando tu falou foi seco e grosso. Agora quer que eu me apresse pra fazer sei lá o que. (ele prestava atenção no trânsito) dá pra explicar?

Ele responde com um sorriso fraco. Eu entendo que não importe o quando eu insista eu não vai dizer nada. Me ajeito no banco, e seguimos o caminho todo em silêncio. Chegamos em um praça, a mesma que o Taehyung tinha me trazido outro dia. Desço do carro já com um sorriso bobo, vou andando e encontro o Taehyung de costas para mim, olhando o lago do mesmo jeito que estava da outra vez. Não evito sorrir mais ainda. Me aproximo e ele vira notando a minha presença.

Ele está usando um terno. Vem em minha direção e segura as minhas mãos com um sorriso no rosto. Noto que a praça está toda enfeitada, havia luzes de natal pelos galhos das árvores próximas. Olhei novamente para ele.

S/n: o que está acontecendo? (o olho um pouco desconfiada)

V: nada de mais.

Fala com um sorriso no rosto e faz um sinal com a mão, eu olho na direção em que aponta. Vejo os meninos saindo de trás de uma árvore e começam a cantar uma música à capela.

"Tudo isso não é coincidência

Apenas - apenas eu podia sentir isso

O mundo inteiro é diferente de ontem

Apenas - apenas com sua alegria

Quando você me chamou

Eu me tornei sua flor

Como se estivéssemos esperando

Nós florescemos até que nós soframos

Talvez seja a providência do universo

Tinha que ser isso

Você sabe, eu sei

Você sou eu, eu sou você..."

Eu coloco as mãos no rosto para conter as lágrimas, volto a olhar para o Taehyung que também está com os olhos marejados e um enorme sorriso nos lábios. Ele vai até um banco que tinha perto de nós, que eu não havia percebido, e pega um buquê de acácias. Volta a ficar a minha frente, com uma de suas mãos pega a minha, olha nos meus olhos.

V: s/n, eu me apaixonei por você desde o primeiro momento que te vi. E quando te disse isso, você disse para nos conhecermos melhor antes de tomar qualquer tipo de decisão... (algumas lágrimas já escorriam pelo meu rosto) e, pra falar a verdade, essa foi a melhor decisão que tomamos pois a cada dia que te via, a cada dia que te conhecia esse sentimento só aumentava dentro de mim. E ele aumentou tanto que eu não posso mais senti-lo em silêncio. Não posso senti-lo sem te abraçar, te beijar... Então... A pergunta que eu te faço é... (eu o olhava atentamente com um brilho nos olhos) quer namorar comigo? (ele perguntou esperançoso)

S/n: sabe que os meus sentimentos por você também aumentaram e muito desde aquele dia. (falei sorrindo)

V: isso quer dizer que...?

S/n: sim, Kim Taehyung. Eu aceito namorar com você.

Ele me beijou com ternura mas com um pouco de urgência. Após nos separarmos eu peguei o buquê de suas mãos, ele aproveitou e pegou algo no bolso de sua calça. Era uma caixinha, a abriu e pegou as alianças que lá haviam. Colocou uma no meu dedo e eu coloquei a outra em seu dedo. Nos beijamos novamente e nos separamos com sons de palmas vindo dos meninos que haviam parado de cantar.

Fomos para a casa deles, onde Jin havia preparado um jantar delicioso. Jantamos, assistimos um filme. E após Tae insistiu para que eu dormisse lá, eu acabei aceitamos. Dormimos de conchinha.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...