História Eu Te Amo, não percebe? - O Início - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Personagens Originais
Tags Chariel, Frans, Friskriel, Soriel, Undertale
Visualizações 84
Palavras 1.254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


~No capítulo anterior~

Frisk se ajoelhou e entregou o punhado de flores para Sans

Frisk -Sans....E-eu te....eu t-te a-amo!!!

Diz a menor corada.
Sans fica surpreedido com aquilo, e decepcionado consigo mesmo, pois já sabia que isso aconteceria, que ele acabaria magoando a melhor amiga.

Sans - Droga.....
Frisk - Hm?

~Continue com o capitulo de hoje~

Capítulo 5 - Não se preocupe, eu estou aqui


Fanfic / Fanfiction Eu Te Amo, não percebe? - O Início - Capítulo 5 - Não se preocupe, eu estou aqui

Sans fica sem jeito e assim suspira, Frisk se levanta esperando ansiosa pela resposta do Sans

 

Pov’s Sans

 

....droga.... ela é fofa mas.... e a Tori, eu amo a Tori... não sinto o mesmo por ela...

 

Pensa Sans.... o que fazer......

 

*Suspira* Não tenho escolha....

 

Sans – Frisk...

 

Frisk – Sim?

 

Ela perguntou ainda sorrindo para mim, isso está doendo no meu peito.... mas como disse antes, não tenho escolha, ela iria descobrir de qualquer forma....

Sans – Frisk... eu não te.... eu não te amo... desculpe... mas você é muito nova para mim.....

 

O sorriso dela se desfez no mesmo momento em que falei, seus olhos estavam começando a lacrimejar, isso está doendo  cada vez mais...

 

Sans - ... eu serei seu.... padrasto pois... amo a Tori...

 

Naquele mesmo instante, ela solta o  punhado de fores que ela havia trago para mim, e assim abaixou a cabeça tentando esconder as suas lágrimas de mim...

 

Sans – Frisk.... e-eu...

 

Frisk continuou calada , ela só pode estar me ignorando....

Tentei tocar nela para acalma-la, mas ela se afastou e no mesmo momento, Chara apareceu do lado de Frisk me olhando de cara feia.

 

Chara – Eu sabia que isso iria acontecer..... Frisk... vamos para aquele lugar....

Frisk - .... v-vamos....

 

Chara desapareceu e Frisk caiu no chão inconsciente, fiquei desesperado e a coloquei no um colo nos teletransportando para a minha casa.

Coloquei ela no sofá, Papyrus não estava em casa, embora estivesse inconsciente, ela ainda soltava lágrimas, minha alma não queria isso pra ela...

Não vou metir que senti algo por ela... mas ela é nova demais para mim... e Toriel havia me pedido em namoro antes de Frisk... eu achava que ela não me amava e agora.... não sinto mais nada por ela... e sim pela Tori... mesmo assim, minha alma aperta e começo a lacrimejar... talvez ela nunca mais fale ou brinque comigo como antes.... o que eu fiz para merecer isso?

 

Pov’s Frisk

 

Chara estava na minha mente que, de branca ficou escura, por causa do ódio e da tristeza que eu adquiri naquela praça inútil...

 

Chara – Frisk.... pare de chorar, eu sei que doi, mas pode melhorar e..

Frisk – Você não sabe não! Você acha que me entende, mas assim como o Sans, você machuca as almas de quem te amaria.

Chara – hm.... Frisk? Do que está falando?

Frisk – DO ASRIEL!

Chara - .....

Frisk - ... desculpa.... mas... você não é a melhor pessoa para me entender e me ajudar nesse momento...

 

Chara ficou quieta e eu voltei ao meu eu.

Quando acordei, eu estava no sofá , e novamente escutei aqueles cochichos, e assim percebi que estava na casa do Sans, e que Tori estava lá também

Papyrus estava junto deles, estavam conversando algo sobre mim, mas ignorei e sai da casa de Sans normalmente, tentando ignorar que eles me viram e que estavam chamando meu nome para que eu parasse meus passos e os ouvisse...

 

Cheguei em casa e vi Asriel sentado no sofá de casa, ele estava abalado, e quando me viu, se levantou de cara feia.

 

Asriel – FRISK! O QUE SANS FEZ PRA VOCÊ???

Frisk - ... apenas.... apenas foi sincero....

 

Do nada Asriel me abraçou, e seu abraço foi acalmante para mim, o abracei de volta e ambos acabamos chorando num abraço apertado.

Logo percebi que Sans se teletransportou com Toriel para nossa casa de volta... me separo de Asriel e encaro Toriel, agora não vejo ela mais como minha mãe... ela agora.... é inimiga....

 

Olhei para Asriel dando um sorriso para disfarçar, e fui para o meu quarto os ignorando

 

Toriel – Frisk minha criança voc-

Frisk – Não diga mais meu nome.... - retruquei

Segui para meu quarto e tranquei a porta, sentando na beira de minha cama, agora... meu coração está partido... e agora duvido que volte a ser como antes...

Olhei para a minha cômoda e nela havia um porta-retrato com uma foto de mim com o Sans e a Toriel, peguei o retrato e arranquei aquela foto de lá.

Fiquei uns segundos olhando para aquela foto... lembrei de cada momento com o Sans... e agora vejo esses momentos como ilusão.... e Toriel.... uma inimiga, uma mulher que namora o amor de minha vida.... *começa a chorar*.. não importa com quem ele esteja... eu ainda o amo....e odeio ele ao mesmo tempo.....

 

Pov’s Asriel

 

Frisk foi para o quarto dela ignorando a mamãe... que estranho, tudo bem que ela está triste por causa do Sans, mas a mamãe não teria algo a ver com isso... teria?

 

Asriel – Mãe... o que houve?

Toriel – Eu e Sans estamos.... namorando... e Frisk-

Asriel – entendi....

Toriel - Asriel?

Asriel - Eu preferia você com o Asgore, como antes...melhor que um cara irresponsável como... esse saco de ossos!

Toriel - ASRIEL!

Fui para o meu quarto mas antes, olhei para Sans o desafiando com os olhos. Maldito... ele sabia que Frisk poderia gostar dele... mas a ignorou... e pegou a MINHA mãe... grrr

Entrei no meu quarto e Chara estava sentada na beira da cama, e quando viu que cheguei ela me abraçou estranhamente

 

Chara – desculpe Asriel! E-eu não sabia que gostava de mim, e-eu devia ter-

 

Empurrei Chara a encarando

 

Asriel – Desculpe... isso foi passado e... esse não é o melhor momento agora....

 

Chara tentou dizer algo mas apontei para a porta, pedindo para que me deixa-se sozinho, e assim se fez... sei que estou sendo cruel com ela, mas isso não se compara a todos os montros que a mesma namorou, ou as vezes em que tive que fingir que ela me fazia bem, quando na verdade ela me magoava na maioria das vezes...

O que quero agora é.... apoiar a Frisk...

Decido ir até o quarto dela, e ali, na porta do quarto dela estava o Sans e a mamãe, tomo coragem e entro na má educação deles de estar tentando escutar algo do quarto de Frisk

 

Asriel - Porque os dois não se mancam, e deixam a Frisk em paz um pouco?

Toriel - Asriel? Porque age assim? O que foi meu peque-

Asriel - Grrrr... não vem com essa agora TORIEL, saiam e deêm um momento para que Frisk se acostume com essa desgraça!

Toriel - GRR, Asriel Dreemurr, olhe como fala comig-

Sans - Deixa ele Tori... ele tem razão... não podemos fazer nada no momento, nós iriamos apenas piorar a situação...

 

Os dois foram para a sala de estar juntos, o que sinto de ambos é nojo, bem, foco Asriel, alguém precisa de você, e esse alguém é aquela que quer proteger...

 

Tento entrat no quarto de Frisk, mas infelizmente ela trancou a porta... *suspiro*

Asriel - Frisk?

 

Ela não responde mas escuto algo se sentar do chão do outro lado da porta, não demorou muito pra que ela me respondesse

Frisk – O-oi Asriel....

Asriel – He He, não vai abrir?

Frisk – Não... não quero ninguém aqui....

Asriel – hmm....

 

Me sento no chão encostado na porta

 

Asriel – Bem, você vai perder o meu abraço.... e eu sou fofo demais pra ser ignorado

Frisk – H-he He, seu bobo...

 

Bem, consegui fazer ela rir m pouco, sua voz estava com um tom de choro, é.. ela estava com certeza chorando....

 

Asriel – Abre logo Frisk....

 

Quando menos espero, caio no chão de dentro do quarto da Frisk, ela havia aberto a porta do quarto. Me levantei e sorri para ela,em seu rosto estavam algumas lágrimas, mas nem por isso ela deixou de sorrir para mim, e ali eu a abracei novamente

 

Asriel – Não se preocupe, eu estou aqui...


Notas Finais


Bem, sinto que o time Frans ficou surpreso, porem esperavam por isso não é?
E o time Friskriel deve está sorrindo que eu sei

Mas ok né, eu sou do time Frans, não se preocupem he he

hmm... pessoas, 6 são de que time?
Na opinião de vcs, que time deverá sobreviver aqui nesta fic?
Soriel? Frans? Friskriel? ou Chariel?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...