1. Spirit Fanfics >
  2. Eu te desejo em segredo (DRARRY) >
  3. A surpresa na segunda tarefa

História Eu te desejo em segredo (DRARRY) - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Eu tive que reler esse cap do livro várias e várias vezes. Tive que voltar as páginas, anotar ideias, ler e reler o que eu escrevia, mudar os personagens de lugar, parar em uma determinada página e resumir ela em uma única linha só pra n ficar longo demais pra ler, tive que mudar alguns momentos da história, apaguei e reescrevi diversas linhas, eu fiquei um tempão nesse capítulo.
De todos os capítulos da fic, esse foi o mais complicado, o que eu mais me fudi escrevendo, então, pfvr, comentem.
Se vc n favoritou a fic ainda, na moral, olha o trabalho que eu passo escrevendo sapoha.
Se ainda não me segue, faça esse favor pq é bem chato ver a fic com cem favoritos e ter metade desse número de seguidores.

Bom, sem mais delongas, bora pro cap

Capítulo 20 - A surpresa na segunda tarefa


POV Harry

"Procure onde nossas vozes parecem estar,

Não podemos cantar na superfície,

E enquanto procura, pense bem:

Levamos o que lhe fará muita falta.

Uma hora inteira você deverá buscar

Para recuperar o que lhe tiramos.

Mas passada a hora - Adeus esperança de achar

Tarde demais, foi-se, ele jamais voltará."

Era a mensagem que Harry descobriu que o ovo escondia dentro de si. Era algo sobre os sereianos no lago de Hogwarts. E algo valioso que ele precisava recuperar.

Harry não dormiu na noite anterior à segunda tarefa enquanto pensava no que fazer para respirar embaixo d'água. Ele não se sentiu melhor quando Fred e Jorge vieram avisar Ron e Mione que a professora Minerva os esperava na sala dela.

Ele foi até de madrugada passando o olho na maior quantidade de livros que o cérebro dele o permitia. Em um delírio sonolento, Harry se perguntou como Hermione fazia aquilo sem ter dores de cabeça.

Quando percebeu que já havia lido todos os livros que pegara na biblioteca, apanhou sua varinha e a capa da invisibilidade que fora de seu pai, e voltou para lá estudar os outros livros que havia na estante. Parte dele queria ter seguido o conselho de Hermione e trabalhado no ovo mais cedo. Então não precisaria estar daquele jeito no meio da noite.

Página após página, livro após livro; Harry perdia a noção do tempo, mas ele sabia que os minutos estava se tornando horas e a segunda tarefa se aproximava de chegar cada vez mais.

Até que Harry não aguentou o sono, e acabou adormecendo tendo o pesadelo esquisito de uma sereia roubando sua Firebolt e usando a ponta do cabo para o cutucar.

- Pare de me cutucar! - Ele murmurou aonda dormindo

- Dobby tem que cutucar Harry Potter, meu senhor. Ele tem qie acordar!

Harry levantou a cabeça do livro que adormeceu lendo, e se espantou com a luz do dia entrando pelas janelas.

Dobby, o elfo doméstico, ainda o cutucava para que prestasse atenção nele.

- Meu senhor, a segunda tarefa começa em dez minutos. Harry Potter deve se apressar, meu senhor.

Aquilo foi mais do que suficiente para despertar Harry cem por cento.

- Dez minutos? - Harry perguntou sem esperança nenhuma - Não vou ir, Dobby. Prefiro que me chamem de covarde do que ser humilhado na frente da escola inteira. Eu não encontrei nada que...

- Dobby encontrou meu senhor - Guinchou o eldo - Agora Harry Potter pode salvar seu Escolhido e seu "Wheezy", meu senhor.

- Escolhido? Wheezy? - Harry questionou coçando a cabeça confuso.

- É! os que foram roubados, meu senhor.

- PESSOAS FORAM ROUBADAS?? - Harry exclamou chamando a atenção de Madame Pince, a bibliotecária

Dobby fez que sim.

- Quem? - Harry perguntou.

- Seu Escolhido e o seu Wheezy, meu senhor

- Do que diabos você está falando? - Harry perguntou impaciente

- Seu escolhido, meu senhor - Dobby disse gesticulando desesperadamente - O que ama e beija Harry Potter. O caro filho de meu ex-senhor.

Harry só conseguia pensar: "Que droga!"

Eles haviam levado Draco. Foi como um tijolo atingindo-o no estômago. "Levamos o que lhe fará muita falta"

- E o que é um Wheezy?

- Aquele bom amigo de Harry Potter, meu senhor, que deu a Dobby o suéter.

Harry não pôde acreditar. Haviam levado Rony também.

- Tome - Disse Dobby entregando a Harry um cipó feio, cinza e borrachudo - É um guelricho,senhor. Vai ajudar você, meu senhor, a respirar embaixo da água.

Sem ter tempo para dizer, perguntar ou questionar absolutamente nada. Harry percebeu que havia perdido tempo o suficiente. Pegou o guelricho e saiu desembestado pelos corredores. Ele corria e empurrava qualquer um que passasse na sua frente deixando um "foi mal" para trás na esperança de que a pessoa tivesse ouvido. Pulava uns cinco degraus sempre que chegava no fim de uma escadaria.

Em pouco tempo, já de juntava aos outros e havia respingado lama no traje de Fleur sem querer.

- Muito bem - Ribombou a voz de Ludo Bagman - Todos se colocaram em seus lugares. Os campeões vão começar ao meu apito. Um... Dois... Três

Harry enfiou o enfiou o guelricho na boca assim que o apitou terminou de soar. A medida que andava na água fria no mago,  pior ficava algumas dores que eu começara a servir,

Quando encostou no pescolo, ele havia ganhou o guerlaz.

Finalmente, o guelricho teria de fazer efeito. Ele se jogou na água e sentiu as guerlas transformando água em oxigênio puro. Membranas cresceram entre os dedos das mãos e os pés haviam se torando nadadeiras.

Sem mais esperar, começou a nadar o mais rápido que podia. Precisava salvar Rony e Draco.

Nenhum sinal dps amigos. Quanto mais passava o tempo, maior se tornava o medo crescente dentro de Harry. Ele estava assustado demais. E se Harry não chegasse a tempo de salvar eles? 

Em dado momento, se encontrou com Murta que apontou para um lado e sugeriu que ele prosseguisse. Finalmente, chegou ao lugar onde estavam os sereianos. Junto deles, os reféns.

Draco, Rony, Hermione, uma garotinha parecida com Fleur Delacour e Cho Chang.

Mas... Eles eram quatro competidores. Por que havia cinco reféns?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...