1. Spirit Fanfics >
  2. Eu te desenhei; jullan >
  3. Desenhos

História Eu te desenhei; jullan - Capítulo 4


Escrita por: _MaZyz_

Notas do Autor


Oioi pessoas...desculpa ter entrado em hiatos, anda acontecendo muitas coisas na minha vida, as atividades não colaboravam, e eu fiquei insegura com essa fic...desculpa.

Capítulo 4 - Desenhos


Fanfic / Fanfiction Eu te desenhei; jullan - Capítulo 4 - Desenhos



– Uai...- ricardo falou olhando o mesmo petrificado.

– Meu deus. - daniel falou rindo.

– E agora...? - começou a rir.

– Allan! Você ta bem?! - Daniel pergunta.

– Putz, morreu. - Ricardo falou se segurando para não rir.

– Nossa gente, sai por um segundo e já ta rolando esse-- Eita Noís! oque aconteceu com o allan? - thomy pergunta com os olhos arregalados.

– Ele morreu. - daniel fala fingindo limpar lágrimas falsas.

– Allan? Oi?? - ricardo passou a mão no rosto do mesmo e nada.

– Oque a gente faz?? - Daniel pergunta.

– Não sei, só sei que ele ta parecendo um pimentão. - ricardo respondeu risonho.

– Haha, não tem graça! - allan deu um susto tão grande nos meninos que eles quase infartaram e o allan quase morreu de rir.

– Não faz mais isso. - thomy disse rindo por não ter levado susto.

– Eu quase morri. - ricardo disse dando um tapa no allan.

– Quem mandou ficar rindo de mim.

– Então, mudando de assunto, oque aconteceu? - thomy pergunta.

– Ele ficou assim por conta do julio, uiii - daniel disse rindo da cara de tacho que o mesmo fez.

– Que julio oque palhaço.

– Ficou sim, até chamou ele de-- ricardo disse.

– Cala a boca!

– calma amigo..

– Amigo é o caralho!

....

(Tati)

– Então ficou sabendo que o allan ta gostando do julio??

– Oi? Como sabes, quem te disse, conte-me. - mizzi falou.

– O daniel, quem mais seria?

– Ala, vazou você e ele cupidos.

– não so ele e eu, como você também.

– Eu? - arquio as sobrancelhas.

– Não o sapo cururu.

– "Sapo cururu"..- começou a rir tanto mais tanto que quase infartou.

– Num vi  a graça.

– Meu nome não é graça e sim mizzi - Voltou a rir.

– Ah..pelo amor de deus! - disse sorrindo também.

– T-ta, t-ta E-eu 'tive u-uma idéia. - disse ainda rindo.

– Qual? 

– Que tal postar a foto do desenho que o julio disse que ia desenhar hoje??

– Que desenho..? - perguntou.

– Tu é lerda, lerda?? O do allan uai.

– Ahh, oque o julio desenhou...não acho que seja uma boa idéia.

– Ah, qual é? Você disse que queria ser cupido. - disse tacando um traviseiro na mesma.

– Mais não faz sentido. Não podemos simplismente pegar e postar a foto do desenho sendo que ele nem é nosso.

– Ava, podemos sim. Se o julio não fazer isso ele não vai fazer mais.

– Mais a gente obrigou ele a desenhar, podemos obrigar ele a postar.

– Certo, certo. Mais já vou avisando que vai ser impossível.

– Precisamos falar com o dani.

– Você sabia que o teri gosta do dani..?

– Mentira! - se jogou em cima da barriga da garota que estava deitada. - É serio?

– É, como eles crescem rápido ai..- fingio linpar uma lágrima.

– Ta pior que o dani, meu deus.

(Julio)

–  Nada pra fazer. - disse suspirando e voltando a rolar os vídeos do tik tok. - acho que vou convidar o teddy e o teri pra fazer uma festinha aqui, tipo uma de pijama. - começou a rir de si mesmo, achava essa idéia infantil de mais, mais conhecendo seus amigos bem, eles concerteza não recusariam. - acho que vou chamar as meninas também. Não acredito que to fazendo isso mesmo. - disse sorrindo - acho melhor eu ir desenhar, isso vai ser patético.

– Esse desenho... - falou olhando pro desenho do allan em cima da escrivaninha. - não sei se foi uma boa idéia desenhar. - mordeu o enferior, e abriu a janela pra tomar um pouco de ar fresco e desenharde boa.

(Mizzi)

– Hummm, to com fome.

– Me diz um dia que se não fica com fome.

– Não sei, quero chocolate.

– Ai, posso fazer nada, aliás também to com fome.

– Uai...alguém ta me chamando pra uma festa. - mizzi disse confussa.

– Festa..? Furando a quarentena, que horror. - falou rindo.

– Bora..? - perguntou.

– Bora- espera, me mandou também. Mais não tem nome de ninguém aqui.

– Amas, vai ser divertido. Aliás eu amo um perigo.

– Ta doida?! Nem conhecemos esta pessoa.

– Vamo por favor, qualquer coisa a gente liga pros meninos.

– Não sei não viu..

– Vamo logo! - saiu do quarto.

– Ei! Espera! 









Notas Finais


Desculpa se ficou curto :((...

Desculpa pelos erros também.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...