História EU TE ODEIO! Será mesmo?-Jikook,Vhope,Taeyoonseok , Namjin - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook)
Visualizações 17
Palavras 1.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom oi gente , espero que gostem dessa fic , e...... APROVEITE . KISS.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction EU TE ODEIO! Será mesmo?-Jikook,Vhope,Taeyoonseok , Namjin - Capítulo 1 - Prólogo

                                                                    ..... PROLOGO.....

Familia de JUNGKOOK JIMIN são muito ricas , mais essas familia já foram rivais vc acredita ? bom vamos la explicar .

A muitos anos mais ou menos 5 anos essas duas familia não se suportava , vivia brigando por qual empresa era mais rica , qual produazia mais , e assim por diante , mais em um inesperada noite , o senhor park teve uma tentativa de assasinato mais por um muito pouco mesmo , ele não morreu , pois o senhor jeon também foi informada dessa tal reunião , mais antes de ele botar o pé na rua da '' reunião '' , acabou vendo um atirador da sexta janela de um predio na esquina , bom nessa mesmo  hora foi aque o senhor park entrou na rua , ele esperou esperou quando deu mais ou menos 17:00 da noite ( não da manhã kkk ) ele recebeu uma mensagem dizendo '' SUA HORA CHEGOU OPPA ''  bom ele achou que era brincadeira de alguém , e acabou virando para e embora até a hora que o atirador atirou na direcão do park mais velho , nessa mesma hora o senhor jeon viu o que iria acontecer e entrou na frente , mais vc me pergunta POR QUE ? 

 Pois lenbre por mais que vc odei aquela pessoa , nas horas mais dificeis é ela a sua salvação , nem todas as pessoas que são seu amigos , são realmente , o inimigo pode até ser uma pessoa má , mais se deus te botou lá naquela hora , naquele essato momento é por que , vc é a escolha certa .

 Depois do senhor park ser atentido em um dos hospitais de busan,pois ainda não levando o tiro ,na impacto acabou caindo e batendo a cabeça no chão duro  , ele acabou ficando em coma , mais ou menos 2 meses , a familia park ficou muito triste por saber do ocorrido , muito  mais ainda seu filho de apenas 5 anos PARK JIMIN , mais com o consolo da sua mãe,  a senhora park seulguina  acabou ficando mais calmo , com todo mais calmo , senhor park acordando do coma , a familia dele mais calma , ele acabou tendo alta e voltando para casa . 

Mais nem tudo estava bem , a bala que o senhor jeon levou acabou pefurando um dos orgãos mais inportantes do corpo o CORACÃO , ele estava mal de saúde abeira da morte so estava vivo ainda pois os médicos estavam fazendo de tudo para isso acontecer , mais nem sempre tudo é possivél , em uma noite a senhora jeon foi avisada que o senhor jeon acordou muito mal e que daquela noite ele não passaria , ela saiu correndo para o hospital , pediu para os empregados cuida do filho de apenas 5 anos , JEON JUNGKOOK , assim que ela chegou no hospital foi encaminhada para o quarto onde estava seu amado , quando entrou emcontrou ele com a mão no peito rezando ., naquela hora ela não aguentou e começou a chora , foi chegando perto do marido .

SEULGUINA; Meu amor vc vai ficar bem . passou a mão no rosto do marido , e depois deu um beijo nos labios do esposo , que estava gelicos demais.

SENHOR JEON; Meu a..amo...r   e..u vou m..orre . estava muito mal ,estava muito dificil de respira , e mais ainda de falar .

SEULGUINA; Se poupe meu amor , não fale nada , descanse não se esforce . Falou para o marido  fazendo carinho no rosto dele.

SENHOR JEON ; Seulguina , chame o senhor park , por...fav..or . Se esforçou muito dessa vez para falar.

A senhora jeon iria falar alguma coisa , mais olhando o estado do marido achou melhor atender ao pedido , caminhou para fora do quarto , mais antes deu o beijo na buchecha do marido , assim que chegou ao lado de fora , pediu para seu motorista e até a casa dos senhores park para da o recado , não demorou muito só 20 minutos e o sennhor park já estava no hospital .

SENHOR PARK; Como ele está ? O senhor park já sabia que o seu '' inimigo ''  tinha o sauvado , pois assim que soube , conversou com a senhora jeon para pagar os gastos , mais que não era para contar para se marido , a senhora jeon não queria no começo mais acabou aceitando .

SEULGUINA; Eu não sei mais acho melhor o senhor e la conversa com ele antes que seja ..... Começou a chora em pensa na hipotese .

Mais nada o senhor park falou , foi direto para o quarto do aduentado ,quando chegou viu que realmente ele estava mal , foi chegando perto do senhor jeon esse que estava tossindo muito , ele estava realmente mal pensou o senhor park , 

SENHOR JEON ; Que bom .......... que já chegou ... Parou para tossir  . Eu tenhor uma coisa muito inportante para te pedir . Começou a sentir falta de ar . Por .... f..avor  xxxxxxxxxxx..

SENHOR PARK ;  O que ? . Ficou confuso.

SENHOR JEON ; P....or   ...fa...vor . Já estava na hora , de finelmente ele descansar em paz.

Senhor park sabia que estava em divida , por te salvado a sua vida , e tomou a decisão certa .

SENHOR PARK ; Sim . Assim que o senhor park respondeu o aparelho respiratorio a pitou , pi , pi ,pi piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii , a hora dele chegou e ele foi com toda a paz no seu coração . nessa mesma o hora a senhora jeon entra no quarto e começa a grita .'' POR FAVOR ACORDA , NÃOOOOO , NÃO ME DEIXA , MEU AMOR . 

                                                             2 SEMENAS DEPOIS

Muita gente chorando , era tão dificil acredita que ela foi capaz de nem pensar no filho dela . No cemitério nesse momento  uma criancinha chega perto do tumulo e começou a chora .

SENHORA SEULGUINA 13/10/ xxx -  10/05/ xxx +

SENHOR JEON 12 / 05 / xxx - 18/05/ xxx +

Ele estava prestando bastando atenção , até que um senhor chega perto dele e abaixa para ficar da sua altura .

xxxxx ; Jungkook .... vamos ainda temos que enbora para seul vamos nos atrasa . Falou 

JK; Vamos senhor park , pera . falou o menino e tirou uma flor rosa e amarela , a rosa deixou no tumulo da mãe e a amarela no do pai . Vamos ?

SP; Lenbra que  eu falei que o seu pai tinha falado uma coisa quando foi para o céu de algodão doce . Imitou o jeito como jungkook se referia ao céu , o menino acentiu . bom vou dizer o que ele disse ..... ele falou , cuida da minha família , e eu aceitei , eu já tenho um futura para vc e para meu filho. senhor park estendeu a mão na direcão do pequeno de 5 anos , que logo foi preemchida pela mãozinha pequena do menino fofo e sairam daquele lugar horroso que trazia calafrios ao pequeno .

As vezes as coisas de ruim seja para que muitas outras coisas boas aconteça no futuro , mais para isso acontecer tenha paciência .

                                                     O FIM PARA O NOVO COMEÇO .

no proximo capitulo .

JK; Aiiiii park jimin vc está testando minha paciêNCIA . Diz gritando . 

JM; TO NEM AI , TO NEM AI . Cantarola 

                                                

 

 


Notas Finais


o que acharam espero poder interagir com vc nos comentarios , tanto sendo eles para coisas que eu tenho que melhora , tanto para dizer que eu fiz um bom trabalhos , kiss.
AAAA e me deculpe pelos erros ortográficos .
E....... y love you leitores .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...