História "Eu te proíbo!" - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Agustín Bernasconi, Ana Jara Martínez, Carolina Kopelioff, Karol Sevilla, Michael Ronda, Ruggero Pasquarelli, Valentina Zenere
Personagens Agustín Bernasconi, Carolina Kopelioff
Visualizações 53
Palavras 658
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pessoinhas ,turu bom?
Espero que sim!😊
Espero que estejam gostando da fanfic❤
Beijinhos😘
Boa leitura♥♥♥

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction "Eu te proíbo!" - Capítulo 2 - Capítulo 2

Pov.Caro

CARO : Estava sentada na cama , chorando que nem uma louca , por que? Por quê meu melhor amigo me abandonou, não atende mais minha ligações, não responde mais minhas mensagens, não faz video chamada , não sigo ele em mais nada , estou tentando esquecer ele,mas toda noite eu lembro , e o ursinho de pelúcia que ele tinha deixado comigo .



-Amor? -Enxugo as lágrimas com presa pra minha mãe(Fátima) não ver.

-Oi...oi...mãe! -Digo ainda virada. 

-Temos que ver seu vestido,sua tia já está lá embaixo -Respiro fundo, seco um pouco mais as lágrimas, lembrando que daqui a uma semana e meu aniversário de 15 anos .

-Ok...-Solto o ursinho que está abraçando fortemente -Eu já vou descer! -Coloco as pantufas e amarro o cabelo em um rabo de cavalo . Me olho no espelho , arrumo a minha blusa de frio que estava amassada  .

-Você vai esquecer o Agustín...de algum jeito ,Agustín Bernasconi faz parte do meu passado! -Digo firme e forte, mas por dentro estava mais mole que maria mole .



Desco as escadas com um sorriso falso nos lábios ,  respiro fundo e olho pro meus pais e pra minha tia Mora .

-Então está pronta? -Olho pra umas vinte caixas enormes atrás da minha tia .

-Bora tem que ver seu vestido do último ano na escola e pra sua festa -Minha mãe escolhendo uma das caixas .

-Eu acho melhor so um! -Meu pai me dá um sorriso .Ele sabe que eu simplesmente odeio usar vestido e se eu for usar tem que ser de cor escura .

-Manuel não começa!  A gente tem que ir pra empresa -Minha mãe me dá um beijo na bochecha. 

Meu pai se aproxima de mim e sussura  -Escolha o vestido mais escuro, vai ficar linda! - Ele me dá um beijo na testa -Papai te ama! 

Eu estava pressentindo algo ruim , mas ignorei aquele sentimento .


Já avia se passado meia hora, estava em cima de um branquinho e minha tia tirando minhas medidas .

O celular da Mora toca , eu estava parada , ainda com os alfinetes no meu corpo. 

-Oi...que?-A expressão dela muda -Como assim?Fátima calma!Relaxa! Respira...ligaram pra eemergência? -Eu não podia me mexer mas a expressão da Mora ja dizia tudo .

-O que houve? -Pergunta desesperada tirando o vestido. 

-A gente tem que ir pro hospital! -Eu não ia aguentar .

Subo correndo coloco correndo o meu  blusão correndo,pego o fone e o celular. Olho pro ursinho que estava me encarando .

-Eu não vou te levar! -Olho pro ursinho  -Affz te odeio! -Pego ele e fui correndo pra sala . 


Hospital


Vejo minha mãe chorando, corro até ela .

-Cadê o papai? -Pergunta olhando que ele não estava do lado dela .

-La dentro! -Ela aponta pro uma sala enorme .

Saiu correndo, invadindo tudo passando por médicos e pessoas feridas .

Entro em várias salas , até achar meu pai , deitado na cama , totalmente queimado com pouco respiração  .

-Pai...-Entro e um médico inpidiu -Por favor!  -Olho pro médico. 

Pego na mão dele , com dificuldade ele abre os olhos .

-Eu ti amo! Prometa...prometa a mim que vai fazer de tudo pra achar seu amor verdadeiro...prometo a mim! -Ele diz com dificuldade. 

-Prometo...eu vou fazer de tudo ! 

-Prometa que vai ser uma mulher incrivel - Olho pro eletrocardiograma(N//A:Minha mãe disse que é assim!😂)

-Prometo! -As lágrimas já caiam como se fossem fazer uma nova cachoeira no mundo .

-Eu ti amo! -Ele tira uma mecha do meu cabelo. 

-Ti amo mais! -Do um beijo na sua bochecha queimada .

Escuto o eletrocardiograma fazendo barulho, as lágrimas cai mais e mais .

-Eu te proíbo de me abandonar! -Do outro beijo na sua testa .



Lembro do Berna , saio correndo da sala e pego o meu celular digito o numero dele .

-Agus...oi...oi! Eu preciso de você , preciso de verdade...por favor volta pra cá...!Por favor! - Desligo e mando a caixa postal .

Olho pro chão, perdi os dois...dois ,os dois homens mais importantes pra mim...perdi eles!



Notas Finais


Amores , que triste a Caro perdeu o papai e o Agus...!
Eita!😢
Beijinhos😘
Desculpas se errei algo😊
Até o próximo capítulo😁
Beijos♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...