1. Spirit Fanfics >
  2. Eu, Você e um Bebê autista - (Uma nova chance) >
  3. Adeus Anna.

História Eu, Você e um Bebê autista - (Uma nova chance) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa Leiturinha.

Capítulo 3 - Adeus Anna.


Fanfic / Fanfiction Eu, Você e um Bebê autista - (Uma nova chance) - Capítulo 3 - Adeus Anna.

@No Capítulo [email protected]

 

Layla - Ah se você descobrisse do por que dele ser teu namorado.

 

Wander - Layla não, Não fala nada.

 

- Solto o braço dele no mesmo instante, - Por que não?

 

Layla - Desculpa Wander mais tenho que mostrar a gravação da nossa ligação pra ela.

 

- Escuto uma gravação do Wander em uma conversa com a Layla e fico chocada.

 

Gravação - 

 

Layla - Wander?

 

Wander - oi?

 

Layla - não sei se você reparou mais a aluna novata gosta de você.

 

Wander - Tá e oque eu tenho a ver com isso.

 

Layla - Você não gostaria de brincar com ela não ?

 

Wander - Ela não faz meu tipo cara.

 

Layla - Aposto 10 dólares  com você, Se você beijar ela e namora-la.

 

Wander - Eu quero o dinheiro em.

 

Ligação encerrada.

 

Wander - A segura e fico a encarando. - Anna olha pra mim, Não escuta isso, Eu mudei e realmente sinto algo por você agora.

 

- Você só estava me usando?

 

Wander - Não ...(Começo a chorar).. Isso foi uma coisa de adolescente imaturo, Eu gosto de você.

 

- olha nos meus olhos e diz que esse aqui no áudio não era você? E que você não apostou meus sentimentos por 10 dólares? Você acha mesmo que eu valho 10 dólares?

 

Wander - É...

 

- A verdade Wander.

 

Wander - Sim é verdade.

 

- Pois ótimo, - Seco as lágrimas que estavam escorrendo do meu rosto - Vamos terminar.

 

Wander - Não Anna.

 

- Eu me sinto trouxa por isso, Por favor não me procure mais. - Saio da sala e vou pra casa, estava chovendo muito e eu estava encharcada e chorando.

 

Juliana - Filha oque houve.

 

- Tento disfarçar mais ao olhar pra minha mãe a cara de chora já aparece.

 

- Você estava certa, Eu nunca deveria confiar em garotos, Eles não ligam pra o sentimentos de ninguém.

 

Juliana - Oh minha filha, - abro os braços para ela - vem cá na mamãe.

 

- Fiquei trancada no quarto a dias, Foi muito difícil superar ele, Eu estava quase ficando Depre, Não conseguia parar de pensar no fato de ter sido usada pelo garoto que eu amava.

 

Juliana - Tok Tok - Bato na porta - Se tá bem? Melhorou?

olha, As vezes isso acontece, Nem tudo que queremos da certo, Olha eu por exemplo acha que eu queria morar nessas cidade? não, eu queria estar agora em Los Angeles, correndo atrasada pro escritório, Com um coque e um sobre tudo, e acabando de sair da cafeteria com um café  expresso na mão, Só eu e meu trabalho, Porém a vida me presenteou de outra forma e eu não me arrependo, Olha oque eu tenho agora, Uma família.

 

- Mais isso é muito difícil de aceitar mãe.

 

Juliana - Com o tempo a superação vem minha filha, Só espere.

 

- Depois que Terminei com o Wander ele não parava de me ligar, Só que eu tenho orgulho e ainda estava chateada e não atendi as ligações, Ele não descansou e veio batendo na minha porta, Eu falei pra minha mãe dizer que eu não estava em casa.

 

Wander - Anna eu sei que você tá aí, Por favor não podemos terminar assim.

 

Juliana - Abro a porta - Olha Wander, Não sei oque aconteceu com vocês, Porém acho melhor você ir embora, é a quinta vez em dois dias, Ela realmente não quer tiver nunca mais.

 

Wander - Fala pra ela que eu a amo.

 

- E foi ali que eu percebi que deveria mudar de escola, Dias se passou e Wander finalmente desistiu, Vou que eu não suportava mais olhar na cara dele, Eu me mudei de escola um pouco longe da minha casa, Mais ainda mantinha contato com meu amigo Zaak, o Wander? Eu nunca mais o vi, já tinha se passado meses, Eu sentia saudades dele, Mais minha mágoa era maior, Até que Um certo dia minha mãe atendeu a ligação e uma grande notícia chegou, Eu fui aceita pra fazer intercâmbio no Brasil, Estudar Medicina, Em são Paulo, Essa era uma grande oportunidade pra mim reerguer minha vida, Não pensei duas vezes e comprei passagem e esperei passar 3 meses, faltava uma semana ainda pro dia da viagem, E eu já tinha organizado minhas mudanças e transporte.

só faltava me despedir do Meu mais belo amigo Zaak.

 

Zaak - Sério mesmo que você vai me deixar?

 

- é só por dois anos, Vou me formar em medicina e vou ser muito mais sociável quando eu voltar, Olha quero que você se cuide,  E por favor...(Choro)...Não sinta minha falta.

 

Zaak - Vou sentir saudades amiga.

 

- É foi muito dolosa a minha partida e minha despedida com o Zaak.

 

- Mais finalmente chegou o dia da minha viagem, E lá estava eu de pé as seis da manhã, Me despedi do meu quarto e dos meus pais.

 

- Adeus quartinho que eu nem gostava tanto assim.

 

Caio - Minha filha cresceu, E já está indo embora.

 

- Credo ali eu só vou ficar fora por dois anos, Não é como se eu fosse ficar lá pra sempre.

 

Caio - Mesmo assim, Vai fazer muita falta aqui minha pequena. - A abraço.

 

Juliana - Minha filha se cuida lá ta, Não vai pro Rio de janeiro tá eu ouvi que lá é muito perigoso, E me liga em todos os dias.

 

- pode deixar mãe vou ligar todos os dias.

 

- Me despedir dos meu país e peguei um táxi, dei adeus a "salem" e estava a caminho do aeroporto.

 

- Tava tudo indo bem quase na hora de pegar o avião até que.

 

Wander - Anna?

 

- Wander?

 

Wander - O Zaak me ligou e disse que você tá indo embora?

 

- Vou ficar fora no Brasil por uns anos.

 

Wander - Se for por minha causa não vai.

 

- Não é por sua causa, Eu só quero tocar minha vida, E pelo jeito você tá tocando a sua mãe sua, A Layla me mandou o convite de casamento de vocês.

 

Wander - Não pense nada de errado, Meu coração ainda é seu, Ela está grávida de um filho meu, Por isso estou me casando com ela.

 

- Mais um motivo pra não ficarmos juntos.

 

Wander - Me desculpa.

 

- O Destino não quis assim, Porém obrigada por me fazer feliz mesmo que doeu depois, Agora está quase na hora do meu voou, Tchau Wander.

 

Wander - Adeus Anna. - Digo vendo seu avião partir pelo vídro do aeroporto.


Notas Finais


Continua.
Desculpa Pelos Erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...