História Eu vou te conquistar - NoRenMin - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jaemin, Jeno, RenJun
Tags Escolar, Fluffy, Nct Dream, Nomin, Noren, Norenmin, Renmin, Yaio
Visualizações 94
Palavras 1.062
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


voltei ~
espero que estejam entendendo a história, hm?

Capítulo 2 - Insistentes e encontro a três


Renjun estava mantendo a calma e tudo estava indo bem. Conversou com algumas pessoas e Haechan teve paciência para lhe explicar a grade de horários. 

 

Mas o que estava lhe incomodando eram os olhares de Jeno e os sorrisos de Jaemin, ambos não paravam de o encarar. Renjun começou a achar que estava sujo ou com algum cheiro estranho. Talvez devesse tomar banho após acordar, com certeza faria isso no dia seguinte.

 

— Renjun? — o chinês se desviou de seus pensamentos e ergueu seu olhar, aquente devia ser o professor — levante-se e apresente-se, por favor.

 

Olhou para Haechan e ele o encorajou brevemente, se levantou e foi até a lousa. Respirou fundo e abaixou a cabeça, seus pés estavam inquietos e então ele começou a se tremer todo. Eram, no mínimo, 34 pares de olhos o encarando, aquilo estava apavorante. Renjun nunca foi alguém tímido, reservado sim, mas ser um novato nunca é fácil.

 

— M-meu nome é Renjun, tenho dezessete anos e vim transferido da... China — todos o olhavam atentos — É um prazer conhecê-los. 

 

Um silêncio se fez presente e o chinês já estava esperando as piadas sem graças ou os olhares tortos, mas tudo o que conseguiu foi aplausos vindos de Jaemin e Jeno. Eles o aplaudiram animados e Renjun não conseguiu conter um sorriso.

 

— Bem vindo! — disse Jeno enquanto piscava para o novato.

 

— Seja muito bem vindo! — Jaemin tinha um sorriso super largo e brilhante.

 

Eles se olharam rapidamente e Renjun pode sentir a tensão, foi algo realmente estanho.

 

— Tá bom, tá bom — o possível professor pediu para ele sentar e foi o que fez — já chega, vamos começar a aula, abram seus livro no capítulo três.

 

No intervalo, o que em sua cabeça demorou um eternidade para chegar, Renjun desceu com Haechan, mas logo o perdeu de vista e assim seguiu até o refeitório. Não muito longe avistou Jisung, ele conversava com um garoto muito fofo. Se aproximou deles e os dois riam de algum acontecimento da aula passada.

 

— Oi Renjun — Jisung o cumprimentou sorrindo — Chenle, esse é meu melhor amigo Renjun. Ele também é Chinês.

 

— Muito prazer, o Jisung não parou de falar em você, já me sinto próximo — ele gargalhou alto.

 

— O prazer é meu, é muito bom saber que não sou o único chinês por aqui. 

 

— Na verdade... 

 

— Hey, Chenle, estão te chamando ali — Jisung apontou para longe e Renjun pode ver Jaemin se escondendo atrás de uma pilastra, ele lhe pareceu um tanto envergonhado. 

 

— Renjun-hyung, você se importa se eu te deixar sozinho por um instante? — Jisung perguntou inseguro e logo o amigo negou — preciso passar na diretoria rapidinho.

 

Logo Renjun se encontrou sozinho naquele banco, todos conversavam alto e riam. Começou a se acostumar com o novo ambiente, afinal, mudanças são boas. O chinês quis isso, ele quis se mudar para a Coreia e agora precisava se adaptar.

 

Logo caminhou até a biblioteca, era um pouco estanho ficar sozinho em meio a tanta gente.

 

— Oi anjinho — Renjun olhou para o lado e viu Jaemin lhe acompanhando, estavam ambos muito próximos.

 

— O-oi. 

 

— Gosta de ler? — perguntou realmente interessado, pelo menos parecia interessado.

 

— As vezes, gosto de ler quando estou entediado — adentraram a pequena sala e ela era repleta de livros.

 

— Está entediado nesse momento? — acenou simples em resposta e ele sorriu como se tivesse tido uma ideia — eu posso te-

 

— Oi Renjun. 

 

O nomeado se virou e pode ver Jeno encostado no batente da porta, parecia aqueles entregadores de pizza que tentam flertar com os clientes, mas ele não estaria tentando isso com Renjun, estaria? Jeno mantinha o olhar fixo ao do novato e Renjun sentiu cada parte sua se arrepiar. Jaemin, por outro lado, revirou os olhos e bufou baixo.

 

— Que coincidência nos encontrarmos aqui, não? — disse Jeno, enquanto ia ao encontro dos garotos.

 

— Coincidência? Achei que você tivesse visto nós dois entrarmos aqui e veio logo em seguida para estragar o ambiente — Jaemin usou um tom sarcástico e sorriu debochado — não foi?

 

— Quieto Jaemin! — Jeno se virou para Renjun com aquele olhar penetrante e o mais novo estava confuso — vim lhe convidar para conhecer o colégio, como você é novo isso pode ajudar.

 

— Tarde de mais. Renjun eu vim te chamar para passarmos as matérias que você perdeu — sorriu abertamente.

 

Eram dois convites tão distintos, Renjun não soube o que responder, não queria magoar nenhum deles e muito menos parecer um mal agradecido. Se virou de supetão e começou a olhar os títulos dos livros, talvez estivesse pensando em alguma desculpa ou qualquer ideia que se encaixasse naquele momento. 

 

— Revisar matéria? Esse é seu plano? — Jeno tinha um olhar de puro tédio, quem em sã consciência gostaria de passar seu tempo assim?

 

— Passear pelo colégio com o garoto novo? Clichê é bem a sua cara — Renjun segurou o riso, eles falavam como se ele não estivesse ali.

 

— Eu agradeço imensamente pelos dois convites, mas terei de recusar.

 

Ele não queria parecer grosseiro, mas lhe pareceu estanho que em seu primeiro dia de aula, dois garotos bonitos se aproximaram dele e logo em seguida lhe ofereceram ajuda. Poderia não ser, mas para Renjun aquilo lhe parecia bobagem, não fazia sentido.

 

Mas os dois, agora, tinham um olhar triste, talvez Renjun tenha os decepcionado. 

 

Pegou um livro qualquer para se distrair e se sentou em uma das mesas para começar a ler. Ambos os garotos se sentaram também, um em cada lado seu. Era uma cena bem engraçada de se ver de fora.

 

— Por que terá de recusar? — Jeno perguntou o encarando meio chateado.

 

— Quieto ignorante, ele está tentando ler, não está vendo? — Jaemin tentou soar intimidador e falhou.

 

— Não aponte esse seu dedo na minha cara, perdeu o juízo? 

 

— Tudo bem! — disse por fim, Renjun sempre odiou discussões e esses dois não podiam brigar no meio de uma biblioteca — eu aceitarei um convite de cada um, felizes?

 

Eles sorriram grandemente, ficaram até mais fofos aos olhos do chinês, que logo quis se derreter ali mesmo.

 

— Mas como amigos, e vamos os três juntos! — se levantou e guardou o livro no lugar.

 

Não quis ficar para ver outra discussão se iniciar, ainda mais por sua culpa. Esses dois eram engraçados, mas talvez devesse ter cometido um erro.

 

Jeno e Jaemin se levantaram e, sem ao menos se olharem, passaram pela porta e seguiram até a sala de aula por caminhos diferentes. Esses dois não se suportavam.


Notas Finais


eu amo muito meu norenmin 💕 é isso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...