História Eu vou te proteger para sempre - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Chris Argent, Cora Hale, Corey Bryant, Decaulion, Derek Hale, Erica Reyes, Hayden Romero, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jordan Parrish, Liam Dunbar, Lydia Martin, Mason Hewitt, Melissa McCall, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Scott McCall, Stiles Stilinski, Vernon Boyd
Tags Magia, Sciles, Scott Mccall, Stiles, Teen Wolf
Visualizações 86
Palavras 650
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu sei que sempre prometo escrever a historia , e para depois mas desta vez eu juro que tento.

Capítulo 2 - Câncer ?


P.O.V  SCOTT

 

Estávamos hipnotizados um pelo outro, o mundo parou e tudo que eu via era ele.

Mas tudo acabou com o som do seu celular tocando, ele fez uma careta e  levantou o braço para pegar o aparelho que estava sobre a cabeceira da cama.

 

Alô Detetive Stilinski - disse ele , “ como ele ficava sexy se fazendo de pessoa imponente” “ agora não Scott”.

 

Ele ficou mudo e ouviu tudo que alguém lhe falava , seu rosto ficou esbranquiçado e seu corpo ficou arrepiado, coração batia rápido e o ar começou a lhe fazer falta . Neste momento eu fiquei preocupado e usei minha audição lupina pra ouvir a conversa.

 

.. Ele está no hospital central de Sacramento - disse um homem , que pela voz, tinha uma idade avançada “ não gostei disso” - Ele está em estado grave , parece que seu câncer se espalhou mais e infelizmente - escuto uma pausa , tanto para falar quanto para ter coragem de dizer - receio que ele não passe de domingo

 

Tu... tudo bem eu vou para aí - Sti disse nervoso, sua pulsação estava acelerada - me manda o endereço chego aí em 60horas.

 

Ele desliga o celular e com pressa vai atrás de suas coisas. Levo alguns segundos até começar a segui-lo e a questiona-lo:

 

Sti espera - disse vendo colocando tudo em sua única mala com pressa e tudo desajeitado - o que tá acontecendo???

 

SCOTT VOCÊ NÃO OUVIU ? - grita ele .

 

Só ouvi o final, me controlo a tanto tempo que às vezes esqueço o que sou - explico a ele o porquê de não saber o que estava acontecendo.

 

Meu pai está no hospital - disse ele , seu coração acelerou e uma lágrima escorreu pelo seu rosto , que carregava uma expressão abalada - O médico disse que o câncer atacou o que restava do cérebro dele , e disse que ele não passa de domingo- disse ele , com seu modo rápido de falar , e com sua voz agora anasalada e trêmula - O pior que eu nem sabia que ele estava com câncer.

 

Eu não disse nada , apenas me aproximei dele e o abracei apertado sentindo seu corpo se colar ao meu , como se ele precisasse de minha ajuda para continuar de pé.

 

Calma - digo afagando seus cabelos com uma mão enquanto a outra rodeia sua cintura com força - Eu tô aqui , vamos dar um jeito .

 

Não posso perder ele Scotty - diz ele transparecendo o medo em sua voz - Você e ele são tudo que eu tenho.

 

Ouvir aquilo fez meu coração apertar, e ao mesmo tempo, pular de alegria. Ouvir que eu era tão importante quanto o seu pai era um som divino para mim.

 

Eu estou aqui  - falei baixinho em seu ouvido - Vai dar tudo certo.

 

Ele não disse mais nada, ficamos ali, em pé , abraçados , Sti tentando se acalmar e eu o confortando.

 

Parece que vamos ter que adiar um pouco as nossas férias - disse ele, contra meu peito , me fazendo lembrar que o nosso plano era ele vir pra Los Angeles e passar esse mês inteiro em casa .

 

Agora vamos até Sacramento, depois vemos o que iremos fazer - afirmei a ele, me soltando o bastante para o encarar , mas não o bastante para ficar distante de mim - Arruma suas coisas , tenho que fazer minha mala , e vamos colocar tudo no carro e partimos pra lá.

 

De carro ? não é mais fácil pegar um avião ? - pergunta ele.

 

você consegue duas passagens agora ?  - rebato já que era loucura esperar um avião nessa situação.

 

Espera - disse ele , pegando o seu celular e se afastando de mim para ligar para alguém , será mesmo que vai conseguir ?


 


Notas Finais


comente o que gostaram e o que não gostaram, feedback é importante.
vlw fui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...